back to top

17 histórias de terror envolvendo cocô

Moral destas histórias: Nunca confie em um peido.

publicado

Recentemente, pedimos aos membros do BuzzFeed Community para nos contar sobre algumas vez em que eles tivessem se cagado. Aqui estão as histórias cheias de cocô.

1. A cagada presidencial de US$ 20.000.

Quando eu tinha sete anos, meu amigo e eu estávamos aterrorizados com uma pintura de George Washington que meus pais tinham pendurado na nossa sala de estar. Então, uma noite, enquanto minha mãe estava dormindo, eu decidi que deveríamos sair sorrateiramente do meu quarto e ensinar uma lição a George. Eu subi na parte de trás do sofá e abaixei minhas calças, me preparando para lançar um peido, mas meu amigo e eu estávamos rindo tanto que eu acabei cagando em todo o rosto do nosso primeiro presidente. Nós acordamos meus pais e descobrimos que aquela era uma pintura avaliada em mais de US$ 20 mil, que precisou ser limpa por profissionais.

Nota adicional: alguns anos atrás minha mãe foi se mudar e furou a tela, o que arruinou a pintura.

Enviado por dakotad460ba6538

Publicidade

2. O campista cagão.

Eu era conselheiro num acampamento de igreja e estava levando meus campistas da terceira série para passear no mato quando senti um movimento esquisito no meu cólon. Querendo compartilhar a experiência, eu inocentemente acreditei que fosse apenas um peido, me inclinei e gritei "escutem isso!" e então simplesmente sujei as calças na frente de todos os meus campistas e do meu melhor amigo. Eu tive que andar igual a um pato até o banheiro das mulheres para jogar minha bermuda suja fora.

Enviado por coleb45633b85c

3. Cagada santa

Eu fui estudar no exterior, em Florença, na Itália, e decidi fazer uma rápida viagem até Roma. Eu tinha ouvido falar que a água das fontes públicas era muito boa para beber, então eu bebi. Estávamos quase terminando uma visita à Cidade do Vaticano quando fui atingido: eu caguei nas calças dentro da loja de presentes da Cidade do Vaticano. Tive que passar 20 minutos no metrô até chegar ao albergue em que estava hospedado, e depois foram mais duas horas de trem até Florença.

Enviado por lexyd3

4. A ressaca.

Tebe uma manhã em que eu estava com tanta ressaca que esqueci de abaixar a calça do pijama e a calcinha antes de usar a privada. Então, sim... eu caguei nas calças. Dentro do banheiro. Sério, eu mal consigo entender o que aconteceu. Foi terrível.

Enviado por jenniferf4ccbdda88

5. A caminhada da vergonha com o cachorro.

No verão, gosto de levar meu cão para longas caminhadas depois do jantar. Uma noite, eu tinha andado uns seis quilômetros quando a coisa começou. Eu sabia que minhas entranhas estavam descontentes com o que eu tinha comido. A única coisa que eu podia fazer era andar o mais rápido possível para casa. Eu cheguei na minha rua, mas o cocô estava pronto para sair, então decidi sair correndo. Era tarde demais, porém: como eu corri, acabei cagando nas calças. Corri para dentro de casa e gritei para os meus pais: "ESTOU CAGANDO NAS CALÇAS!". Minha família e o cachorro não falam sobre isso até hoje.

Enviado por saddiek

Publicidade

6. O mistério do cão contrabandeado.

Eu fui a um jogo de basquete com meu noivo e, no caminho para casa, assim que entramos na estrada principal, eu comecei a sentir aquele estrondo na minha barriga. Nós paramos em um posto de gasolina e não havia NENHUM BANHEIRO PÚBLICO! Tentamos outro posto de gasolina. NENHUM BANHEIRO PÚBLICO! Eu finalmente decidi que poderíamos fazer isso em casa, mas comecei a ter as piores dores da minha vida. Nós paramos em um supermercado e saí tirando as calças, mas antes que meu noivo pudesse me levar ao banheiro, eu perdi o controle e comecei a deixar cocôs pelo chão. Ele finalmente me empurrou para o banheiro onde eu explodi por uns bons cinco minutos. Quando saí, meu noivo apenas segurou meu braço e me levou para fora correndo. Quando entramos no carro, ele disse: "Que bom que você saiu, porque uma senhora pisou no cocô e o gerente da loja estava começando a seguir a trilha para encontrar o cão que alguém contrabandeou para dentro".

Enviado por hollyr4beb8d1a4

7. O beijo que liberou a torrente de bosta.

Eu estava no shopping com meu namorado e precisava cagar, mas não podia ir. Ele me acompanhou até meu carro e me deu um beijo. Assim que ele fechou a porta, eu caguei nas calças. Então eu sentei em uma sacola e acelerei para casa, que ficava a cerca de 45 minutos de carro. No caminho de casa, eu fui parada por um policial. Eu estava humilhada e não podia contar para ele por que eu estava correndo daquele jeito, então acabei recebendo uma multa.

Enviado por kellyh4bd842ba2

8. A atrevida.

Quando eu tinha uns oito anos de idade, estava no porão da casa da minha melhor amiga, e ela simplesmente olha para mim e, com uma expressão extremamente séria, disse:

"Duvida que eu cago nas calças?" E eu, tipo, "Sim". E ela cagou.

Enviado por dakotad460ba6538

9. O bode expiatório.

Eu estava grávida e tomei alguns laxantes porque eu não cagava havia semanas. Eles não surtiram efeito por dois dias até o momento em que eu estava em pé na fila para passar pela segurança no Aeroporto de Los Angeles. Foi quando eu senti o estrondo, mas não fui ao banheiro por medo de perder meu voo. Minha filha de dois anos estava fazendo bagunça e quando me abaixei para pegá-la no colo, a tensão causou uma explosão nas minhas calças. Eu passei andando como um pato pela segurança e por sorte eu não fui revistada. E culpei a minha filha pelo cheiro.

Enviado por gemmah4221cc48f

Publicidade

10. O Gary Lineker do Tinder.

Recentemente, fui dormir na casa de uma garota depois de um encontro muito agradável. Na manhã seguinte, me levantei e notei uma pequena mancha no lençol, onde a minha bunda tinha estado. No começo eu rejeitei a possibilidade de que aquilo fosse uma "freada de bicicleta", já que isso nunca tinha acontecido antes, então imaginei que minha bunda simplesmente tinha suado muito. Foi só depois de chegar na minha casa, quando fui dar a minha cagada pós-transa que eu percebi a mancha de merda na minha cueca. Naquele instante que eu soube que o jogo tinha acabado. Eu basicamente me tornei O Gary Lineker do Tinder. Nem preciso dizer que eu nunca mais ouvi falar da garota.

Enviado por Anônimo, Facebook

11. A viagem de toda uma vida.

Em minha lua de mel, fomos para a Jamaica e eu resolvi experimentar carne de cabra! Era a nossa primeira noite lá e eu não sabia onde os banheiros ficavam, então comecei a caminhar rápido para o nosso quarto de hotel. Cheguei até a porta, mas tropecei na soleira. Quando eu tropecei, foi como se um interruptor de liberação abrisse e eu caguei nas calças. Tomei banho, me troquei rápido e voltei para o meu novo marido. Ele me olhou bem nos olhos e disse: "Você cagou nas calças, não cagou?"

Enviado por laurabethf

12. A luz no fim de um túnel de merda.

Então eu estava com meu namorado num país famoso por seus vinhos comemorando nosso aniversário de três anos. Aí veio aquela sensação de "AI MEU DEUS, eu tenho que cagar agora". O local onde degustávamos vinhos tinha uma regra ridícula sobre não permitir que as pessoas de fora, mesmo clientes pagantes, usassem seu banheiro, então eu tive que caminhar até uma igreja a dois quarteirões de distância. Assim que entrei, aquilo aconteceu e eu tive que jogar minha calcinha fora dentro de uma igreja. Eu contei ao meu namorado e ele me propôs casamento naquela noite de qualquer maneira. Talvez eu seja a única pessoa que se cagou e ficou noiva no mesmo dia.

Enviado por megand4dba2064f

13. O brinde de casamento.

Me foi dada a tarefa de um brinde no casamento da minha irmã. Como eu morro de medo de falar em público, tentei tornar isso mais confortável contando algumas piadas. Chegou o momento do meu discurso, e a combinação da minha fobia e o riso nervoso das minhas próprias piadas ruins me fizeram cagar violentamente nas calças (ou vestido, neste caso). A pior parte é que eu estava tão nervosa que eu continuei falando e aquilo começou a escorrer pelas minhas pernas e meu público (horrorizado) assistiu a cena toda.

Enviado por morgank4df643d6d

Publicidade

14. O cocô de protesto.

A aeromoça não me deixava levantar para usar o banheiro, então eu fiquei com tanta raiva que me caguei só para fazer com que ela se sentisse mal.

Enviado por suzyj44fdf08d5

15. A esguichada de mangueira.

Eu estava tomando café da manhã na casa dos pais da minha amiga e tenho alguns problemas com leite. Eu estava sentada na parede de tijolos da frente com minha amiga e senti um peido chegando. Eu pensei que fosse apenas um peido, mas eu estava errada. Virei-me para a minha amiga com um olhar de medo e disse: "Eu me caguei". Ela pensou que eu estivesse brincando, mas olhou e viu que a coisa estava escorrendo pela parede de tijolos. Ela, claro, gritou para sua mãe: "A Michele acabou de cagar nas calças!!". E a mãe gritou: "Ela não vai entrar em casa assim, lave a bunda dela com a mangueira!!". Então eu acabei do lado de fora da casa dela, sem short e sem calcinha enquanto minha amiga ria descontroladamente e esguichava água da mangueira em mim. Para completar, o cocker spaniel roubou minha calcinha suja e saiu correndo pelo quintal muito orgulhoso.

Enviado por michelek11

16. A camisa, não a merda.

Eu estava em uma festa de fraternidade e comecei a enjoar, então corri para a fila do banheiro. O pânico começou a se instalar quando eu percebi que não ia conseguir segurar. No momento em que o cocô estava saindo na minha calcinha, a menina na fila atrás de mim bate no meu ombro e diz: "Adorei sua camisa". Eu respondi "obrigada" com um sorriso fraco e ela continuou perguntando onde eu a comprei e blá blá blá. Esse negócio de estar tendo uma conversa com uma estranha enquanto você está se cagando não é algo que aconteça muitas vezes na vida.

Enviado por meganv4fde50e09

17. A cagona.

Uma das minhas melhores amigas estava dando uma festa em casa e estávamos fazendo aqueles jogos com bebida. Várias rodadas mais tarde, quando eu já deveria ter parado, um cachimbo feito com uma garrafa de Powerade apareceu e várias pessoas, inclusive eu, demos algumas tragadas. Pouco tempo depois, eu lembro de me sentir muito mal e fui para o banheiro para vomitar. Minha amiga me jogou na cama do cara que dividia a casa com ela (ocasionalmente, eu saía com ele) usando apenas minha calcinha porque eu me recusei a colocar qualquer outra peça de roupa. Passaram-se alguns minutos e eu percebi que precisava cagar. Infelizmente eu estava tão bêbada que não conseguia me mexer, então eu estava lá na cama do cara me cagando. Na manhã seguinte, eu acordei morrendo de vergonha porque tinha cagado na cama dele. Quando eu perguntei se eu podia ajudar a limpar depois da festa, já que eu estava me sentindo muito mal, tudo o que ele pode murmurar para mim foi "Merda acontece".

Enviado por Anônimo

Nota: Os depoimentos foram editados por questões de comprimento e/ou clareza.

Em parceria com

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss