back to top

Uma menininha pediu uma festa de aniversário do "Homem de Ferro" para os pais e foi incrível

Os pais de Marina ainda criaram um livro com a menina como heroína para mostrar que uma menina pode se identificar com personagens além das Princesas da Disney.

publicado

Esta garotinha sorridente é Marina. No final de março, ela comemorou quatro anos de idade e pediu para os pais uma festinha com o tema do "Homem de Ferro".

Facebook: repalmeira

Em entrevista ao BuzzFeed Brasil, Renata Braga, a mãe da Marina, contou que "desde o primeiro aniversário, os temas foram escolhidos pelo gosto dela". "Sempre escolhemos pelo tema que ela mais amava em cada época", disse.

Marcelo Batista

Renata conta que é apaixonada por festas e se empolga sempre que ajuda a construir uma festa, seja para a filha ou para amigos. E aí, logo após a festa do terceiro aniversário de Marina perguntou a ela qual seria a próxima. A pequena não hesitou a escolher o Homem de Ferro.

"Minha surpresa foi porque na época ela estava descobrindo os super-heróis, não costumava ficar vendo desenho deles, nem queria brinquedos... a única semente que já havia ali era a paixão por 'salvar o dia', como ela mesma falava", diz Renata.

A mãe conta que a festa foi pequena e apenas para alguns amigos, mas Marina adorou e estava radiante.

Marcelo Batista

"Eu nunca a vi tão radiante e acredito que isso se deva, também, à toda aquela representatividade ao redor... ela conseguiu realmente se ver naquele mundo de heróis, o que antes não acontecia", diz.

Publicidade

Sobre a construção e decoração da festa, Renata conta que decidiram optar por algo mais lúdico e infantil, com poucas imagens do "Homem de Ferro" em si e misturando figuras femininas junto as dele.

Marcelo Batista

"A animação também foi toda pensada na mesma linha do restante da festa, brincadeiras lúdicas, figuras relacionadas ao tema e muita alegria", diz.

Renata conta que tem uma marca de produtos de crochê e como não encontrava um bolo que conseguisse ilustrar o espírito da festa, resolveu fazer ela mesma fazer a decoração do bolo. "Levou um bom tempo, mas foi um tempo maravilhoso de reflexão sobre como essa experiência poderia ser maior que uma simples festa".

Ela conta que desde os três anos, Marina queria os brinquedos e fantasias do Homem de Ferro e, apesar dos amigos mais próximos entenderem o gosto da menina, algumas vezes ela ainda causava estranhamento nas outras pessoas.

Bruno Monteiru

Renata acredita que as outras crianças agiam assim apenas por não terem sido ensinados que não tem problema algum uma menina se identificar com um personagem masculino. "Acredito que pela ausência de problematização daquele tema nas famílias e deficiência de representatividade da mulher/menina no mundo fora dos reinos encantados", diz.

Renata então pediu ajuda à irmã para escrever uma história e assim levar essa informação às crianças (e a muitas famílias por tabela) "de uma forma que eles entendessem".

O livro ainda ajudou os pais de Marina, que agora conseguem mostrar que ela, no alto dos seus 4 anos, é capaz de fazer tudo. "Quando ela duvida de si ou do que pode ou não gostar, ela para e lembra: 'Aaaah, é igual o livro da Super Marina!", conta.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss