back to top

A conversa embaixo desta notícia mostra que estamos vivendo tempos de muita grosseria

Mas é aquela coisa: quem fala o que quer, ouve o que não quer.

publicado

No último sábado (11) uma notícia foi compartilhada no Twitter do Estadão sobre uma serpente encontrada no Brasil, possivelmente produto de contrabando. Quem poderia imaginar que isso iria se transformar em uma calorosa discussão?

É pra isso q eu leios os comentarios de noticias

A nota mostra a pobre cobra e a chamada. Algo bem simples. Nada demais.

E a pobre cobra ficou em segundo plano.
Twitter: @gatobigorninha

E a pobre cobra ficou em segundo plano.

Mas imediatamente o Ronnie foi taxativo ao comentar e como toda ação gera uma reação, veio o o Bruno e não deixou por menos.

Reprodução

Com termos bem pouco educados e falados em um português bastante rebuscado, o que era uma notícia se transformou em uma tradicional briga de internet.

Esse "belo" diálogo ainda está online, aqui, aqui e aqui.
Reprodução

Esse "belo" diálogo ainda está online, aqui, aqui e aqui.

Houve quem saísse em defesa do Bruno dizendo para ele simplesmente não ligar.

@ronnieamerotto @BrunoSuba @Estadao Bruno não perde seu tempo não. Esse asno não sabe nem o que e animal. Só quando ele olha no espelho kkk

O que gerou mais um pouco de discussão.

@BrunoSuba @Freakonaleashme @Estadao perdeu o tempo porque é trouxa e não sabe que tudo na internet é zueira kkkkkkkkk

E, claro, rolou quem estivesse na turma do "deixa disso", pedindo decoro aos coleguinhas.

@ronnieamerotto @BrunoSuba @Estadao crianças por favor

@doraiki @ronnieamerotto @Estadao O bicho é burro véi

E quem apenas quisesse ver o circo pegar fogo.

@BrunoSuba @ronnieamerotto @Freakonaleashme @Estadao

O Bruno explicou o que aconteceu.

@deusnoob @ronnieamerotto @Estadao Nunca mais acesso a Internet bêbado

Tipo isso:

Veja também:

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.