back to top

Loja Choix demite funcionário que acusou injustamente jovens negros de roubo

Antes disso, a loja registrou um Boletim de Ocorrência contra os jovens por calúnia. A Choix pediu desculpas, mas não admitiu que foi racista.

publicado

Na última sexta-feira, dia 23, o BuzzFeed Brasil contou a história de três jovens negros que foram vítimas de racismo na loja Choix, localizada na região dos Jardins, em São Paulo. Eles foram acusados por um funcionário de roubar o sabonete do banheiro durante o lançamento de uma coleção.

Loja acusa jovens negros de roubar sabonete e faz BO por ter sido chamada de racista https://t.co/JnBe9aFiR4

Na madrugada de sábado, dia 25, a loja publicou uma nota de esclarecimento e informou o afastamento do funcionário que acusou os jovens injustamente. Mas não reconheceram que foram racistas.

Facebook: choixloja

Antes disso, a Choix chegou a publicar uma outra nota, mas depois apagou a publicação. O texto afirmava que loja foi "vítima de criminosos que invadiram um de nossos eventos". Porém, como mostramos, o lançamento foi divulgado inclusive pelo Instagram da Choix: ou seja, era aberto.

Publicidade

Após o ocorrido, um dos proprietários da Choix também registrou um Boletim de Ocorrência por calúnia porque os jovens fizeram posts no Facebook acusando a loja de racismo. No BO, ele diz que foi agredido verbalmente pelo grupo após solicitar que liberassem a passagem dos veículos. Não é o que vemos no vídeo:

Facebook: video.php

Procurada pelo BuzzFeed Brasil, a Choix se posicionou por meio de nota em que abandona o termo "invadiram" e diz que os jovens "não tiveram comportamento respeitoso recíproco" e "foram reativos". Após a nossa publicação, a loja fechou as avaliações de sua página e apagou os posts dos últimos meses.

Publicidade

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.