8 vezes em que o Felipão ficou muito puto e xingou todo mundo

Hexacampeão do palavrão.

publicado
Irritado com o assédio da imprensa na manhã desta quinta-feira no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, o técnico Luiz Felipe Scolari disse um palavrão ao repórter fotográfico da Folha que registrava o desembarque do Palmeiras."Fotografe o meu pau", disse ao profissional, antes de entrar no ônibus do clube.
Eu já disse uma vez para todo mundo: se um dia acontecer alguma coisa, vou buscar quem escreveu essas coisas no inferno. Que fique bem claro de novo. Falem de mim por ser bom treinador ou não, mas deixem o que eu ganho ou não de lado. Eu aviso que vou buscar quem escreveu lá do inferno. É uma ameaça? É, ok? Vou tomar minhas providências. Esse daí tem que descer dos tamancos holandeses que ele usa.
"Que saco vocês, hein, tchê? Jogou bem, e 18 (minutos) pra mim está ótimo. Se amanhã for 10 está melhor ainda. Vocês estão de palhaçada. Entrevistem o médico ali. Vocês estão de palhaçada, e tu é um dos mais palhaços."

4. Quando ele emendou um "bosta nenhuma" num "merda nenhuma".

"Quem disse que ele se machucou? O médico não confirmou bosta nenhuma. Não confirmou merda nenhuma, não venha aqui colocar palavras no médico que ele não falou coisa nenhuma. O que ele disse é que ele tem uma fibrose, que não o impede de jogar."

5. Quando ele falou que o juiz teve tesão de dar um pênalti.

"Ele estava tão convicto que escorregou e sentou no chão, de tanta vontade de dar o pênalti. Ah! Que tesão para dar aquele pênalti ele teve! E aí chegou a escorregar. Ixi, Maria. Pronto, tô satisfeito. Deve ter sido isso, o êxtase. Ele deve ter... gozado."

7. Quando entrou na súmula de um jogo que ele chamou o juiz de "árbitro de merda".

Segundo José Henrique de Carvalho, o assistente Emerson Augusto de Carvalho o informou que, aos 23 minutos do primeiro tempo, Felipão fez a seguinte reclamação: "Árbitro de m..., não consegue colocar a barreira no lugar".

Teve a história dos treinos no Palestra Itália, na sede do clube. A gente estava treinando lá porque ele queria que a gente se familiarizasse com o campo, com o clube, os sócios... Mas cada treino era cada palavrão mais cabeludo do que o outro. Até que chegou a reclamação dos sócios, porque as senhoras, as crianças estavam ouvindo tudo, dava para ouvir da piscina... Aí voltamos pra Academia de novo rapidinho.