back to top

30 fatos que talvez você não saiba sobre a Carreta Furacão

O Leandro Lehart ligou para eles para agradecer pela divulgação de sua música.

publicado

1. O Trenzinho Carreta Furacão é de Ribeirão Preto (SP), a capital brasileira dos trenzinhos.

2. Atualmente, ele faz parte da Dominium, empresa de trenzinhos comandada pelo casal Wellington Cardoni e Fabiana Cardoni.

3. Em 2010, a Dominium comprou a Carreta Furacão, hoje seu trenzinho mais famoso, por R$ 50 mil.

4. Depois do sucesso nas ruas de Ribeirão Preto e na internet, o antigo proprietário do trenzinho tentou comprá-lo de volta, mas a empresa não aceitou.

5. O primeiro vídeo da Carreta Furacão que bombou no YouTube foi filmado por um segurança do trenzinho.

6. Publicado em 2010, o vídeo mais famoso da trupe, em que os dançarinos sacolejam ao som de "Vem Dançar o Mestiço", de Leandro Lehart, já tem mais de 4 milhões de visualizações.

7. Segundo Wellington, Lehart ligou para a Dominium para agradecer pela divulgação de sua música.

8. O Rock in Rio anunciou o Trenzinho Carreta Furacão como uma de suas atrações da edição de 2017. Mas era piada de 1º de abril.

ADVERTISEMENT

9. Trenzinhos como os da Carreta Furacão são fabricados do zero com partes de caminhões e ônibus e custam cerca de R$ 80 mil.

10. Em Ribeirão Preto há uma loja especializada em fantasias de personagens de trenzinhos chamada Palhaçaria.

11. Os trenzinhos têm fã-clubes formados apenas por garotas, como as Trenzetes e as Dominiunzetts.

12. Em 2011, foi fundada a Associação de Trenzinhos de Ribeirão Preto, para defender os interesses de 14 empresas do ramo.

13. Em 2013, a prefeitura de Ribeirão Preto aprovou uma lei para regulamentar a atuação dos trenzinhos.

14. Ela proíbe o consumo de bebidas alcoólicas nos veículos e a reprodução de músicas de teor sexual quando há crianças, além de limitar o horário das apresentações até as 23h.

15. Depois da aprovação da lei, representantes da Associação de Trenzinhos foram a Brasília para apresentar ao deputado Tiririca (PR-SP) um pedido de regulamentação técnica para as cadeiras infantis dos trenzinhos.

16. Assumir o papel de Fofão é o auge na carreira dos dançarinos da Carreta Furacão e dos outros trenzinhos. "É como qualquer empresa: quer subir? Tem que fazer por merecer", afirmou Renan, o Palhaço do Trio Big Folia, ao site Risca Faca.

17. Segundo Orival Pessini, o criador do Fofão, a Carreta Furacão nunca pediu autorização para usar o personagem.

18. Pessini não gosta da versão genérica do Fofão da Carreta Furacão e de outros trenzinhos.

19. "Fazem coisas muito feias, não sei como o pessoal gosta, porque chega a dar medo. (...) Às vezes abusam, cometem coisas que eu jamais faria, mas não dá para controlar tudo", afirmou o criador do Fofão ao UOL.

20. Pessini proibiu que seu personagem fosse usado na manifestação e não aprova sua presença em qualquer tipo de protesto político.

21. O MBL (Movimento Brasil Livre) levantou R$14.393 de 229 doadores para levar a Carreta Furacão ao protesto na avenida Paulista durante a votação do impeachment de Dilma na Câmara dos Deputados.

22. Em entrevista ao "Pânico na Band" na véspera da apresentação na Paulista, André Jack Dancer, coreógrafo do trenzinho, afirmou: "Nós somos totalmente imparciais. Estamos indo só para trabalho, mesmo. Assim como estamos hoje em Camboriú fazendo este trabalho, amanhã estaremos em São Paulo fazendo outro trabalho".

23. Depois de tanta polêmica, a Carreta Furacão de fato se apresentou durante o protesto na Paulista. Mas sem Fofão.

24. Há um jogo para Android inspirado no trenzinho chamado Carreta Furacão: The Legend.

25. Desenvolvido pelo Ludus (Laboratório de Jogos e Entretenimento Digital da UEA - Universidade do Estado do Amazonas) e lançado em março de 2016, o game já tem mais de 100 mil downloads.

26. Um grupo de quatro estudantes de Audiovisual em São Paulo está finalizando o documentário "Rebolão, mas sua irmã gosta", um média-metragem sobre os trenzinhos de Ribeirão Preto, incluindo a Carreta Furacão.

27. O filme começou como trabalho de conclusão de curso. Uma versão mais curta foi apresentada à banca no Centro Universitário Senac e tirou nota 10.

28. O primeiro trailer do documentário tem mais de 350 mil visualizações no Facebook e 40 mil no YouTube.

29. Os cineastas pretendem exibir o filme pela primeira vez em Ribeirão Preto, numa sessão exclusiva para dançarinos dos trenzinhos, para depois inscrevê-lo em festivais de cinema e liberá-lo na íntegra gratuitamente, no YouTube.

30. A banda paulistana Quarup foi a Ribeirão Preto para gravar um videoclipe estrelado pelos dançarinos da Carreta Furacão.

ADVERTISEMENT

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss