back to top

É possível conferir as ocorrências judiciais de cada deputado que votou no impeachment

O levantamento da Agência Lupa informa o número de ocorrências dos parlamentares na Justiça e em Tribunais de Conta.

publicado

Entre domingo e segunda, a Agência Lupa tuitou o número de ocorrências na Justiça e em Tribunais de Contas de cada um dos parlamentares que votaram no processo de impeachment de Dilma Rousseff (PT) na Câmara dos Deputados, neste domingo (17).

facebook.com

O levantamento da Lupa, que se descreve como "a primeira agência de fact-checking do Brasil", é baseado em dados do site Excelências, da ONG Transparência Brasil, e do sistema de busca de ações penais do STF (Supremo Tribunal Federal).

Boa parte dos tuítes mais compartilhados da ação até agora são sobre deputados cujos votos estiveram entre os mais comentados no Twitter, como Tiririca (PR-SP), Jean Wyllys (PSOL-RJ) e Jair Bolsonaro (PSC-RJ).

O impeachment no Twitter: confira o volume de menções 📈 durante a votação na @CamaraDeputados.

Este é o tuíte sobre Jean Wyllys.

O @jeanwyllys_real votou não pelo #impeachment. Ele tem ocorrências judiciais? https://t.co/eurUoBXeex.

O tuíte sobre Bolsonaro, alvo de uma cusparada de Wyllys durante a votação, foi um dos mais retuitados.

O @DepBolsonaro votou sim pelo #impeachment. Checamos as ocorrências judiciais dele: https://t.co/eurUoBXeex.

Publicidade

Apesar de o voto de Tiririca ter sido o momento mais comentado da sessão no Twitter, a informação da Lupa de que ele não tem nenhuma ocorrência judicial não recebeu muitos RTs.

O @tiriricanaweb votou sim pelo #impeachment. Ele tem ocorrências judiciais? https://t.co/eurUoBXeex.

O tuíte sobre Beto Mansur (PRB-SP) foi um dos mais compartilhados, não por causa da popularidade do deputado — bem menos conhecido do que Bolsonaro e Wyllys, por exemplo —, mas pelo número alto de ocorrências judiciais.

O @betomansur10 votou sim pelo #impeachment. Checamos as ocorrências judiciais dele: https://t.co/eurUoBXeex

Segundo o levantamento divulgado pela Lupa, Bruno Araújo (PSDB-PE), autor do 342º voto, que selou a aprovação do impeachment na Câmara, não tem nenhuma ocorrência judicial.

O @BrunoAraujo4511 votou sim pelo #impeachment. Ele tem ocorrências judiciais? https://t.co/eurUoBXeex.

Araújo, porém, é um dos políticos citados na planilha da Odebrecht. Ele afirma que as doações que recebeu da empreiteira foram registradas oficialmente.

Publicidade