back to top

10 conselhos sobre casamento de uma repórter que já viu de tudo

A autora de The Real Thing: Lessons on Love and Life from a Wedding Reporter's Notebook compartilha seus melhores conselhos.

publicado

Ellen McCarthy entrevistou mais de 200 casais e dúzias de especialistas em relacionamentos durante os quatro anos que ela passou escrevendo sobre casamentos e relacionamentos para o The Washington Post. Aqui está o que ela disse ao BuzzFeed Life sobre o que faz os melhores relacionamentos darem certo.

1. Seja paciente.

Vários casais me falaram sobre as recompensas incríveis quando se mantêm firme. Leila e Tony têm estado juntos por mais de 30 anos — lutando juntos contra a infertilidade, mudanças na carreira e os desafios que vieram enquanto criavam uma filha com diversas deficiências. Mas, como Tony disse, "tivemos a noção de resolver tudo que aconteceu em nosso relacionamento". E Leila gosta de dizer às mulheres mais jovens para serem pacientes. "Porque, por outro lado, se você conseguir, o que você ganha é algo que não pode imaginar — é muito lindo".

2. Preste atenção.

Atenção real. Do tipo que se tem quando o seu smartphone escorrega da sua mão. O seu cônjuge muda todo o dia. Um noivo, que vem estado com sua noiva por cinco anos, ficou chocado — e instigado — em descobrir continuamente novos aspectos de sua personalidade. "Eu provavelmente vou continuar aprendendo sobre ela pelo resto da minha vida", disse ele. E, como John Tarrant, professor de Zen, disse, "a atenção é a forma mais básica de amor".

3. Confirme suas expectativas.

Quando você está solteiro, parece que achar a pessoa certa é difícil — depois disso, tudo parece acontecer magicamente. E talvez acontece. Pelo menos até descobrir que o seu príncipe encantado é incapaz de esvaziar o lava-louças. Ou que a mulher dos seus sonhos te deixa maluco com a indecisão constante dela. A escritora Iris Krasnow estava tentada a abandonar seu casamento até um amigo terapeuta do sexo dizer para ela três palavras como conselho: "Diminua suas expectativas". Significado: se você não está contando com o estado constante da glória do clima de recém-casados, é melhor estar preparada para lidar com os maus bocados que, inevitavelmente, atormentam até os melhores casamentos. Quase 30 anos depois, Iris está feliz por ter ouvido o conselho.

4. Expresse suas necessidades.

Presumidamente, seu parceiro não é um telepata. Se você quer uma coçada nas costas, um abraço ou um tempo sozinho — bem, em alto e bom som, DIGA! Uma noiva, Abby, pediu a seu noivo para escrever uma lista de expectativas antes de eles morarem juntos. "Foi uma coisa muito, muito detalhada", ela disse. "Do tipo 'se você vem pra casa do trabalho e teve um dia ruim, em que lugar da casa você vai ficar?'" É o mapa da mina do relacionamento.

5. Aprenda a se desculpar verdadeiramente.

Nós fazemos besteira um zilhão de vezes ao dia. Mas murmurar um resumido desculpe não vai te tirar fácil da cadeia. Pesquisadores descobriram que a felicidade no casamento não depende do número de mea culpas trocados entre casais, mas sim da sinceridade das desculpas. Como Ben Franklin disse, "nunca arruíne uma desculpa com uma escusa".

6. Atenção aos modos.

Bob e Henry se conheceram como recrutas durante a Segunda Guerra Mundial. Eles estiveram juntos por mais de 60 anos, desde a época em que o casamento entre pessoas do mesmo sexo tornou-se legal em Washington (D.C.). Quando eu perguntei o segredo da longevidade deles, pensei que eles diriam alguma coisa sobre ser persistente, apesar dos desafios de serem um casal secreto por décadas. O que eles me disseram foi bem mais simples: Seja educado. Sempre diga "por favor", "obrigado", e "com licença" e trate o seu parceiro pelo menos no mesmo nível de gentileza que você mostraria a uma garçonete ou balconista na hora do check out.

7. Não evite confrontar as dificuldades.

Problemas sempre estão prestes a acontecer — e ignorá-los apenas os dará espaço para aumentar. Uma mulher no meio de um divórcio doloroso me disse que a única coisa que ela queria ter feito diferente era "aprender a lidar com problemas. Não dá para simplesmente varrer as coisas para debaixo do tapete e fingir que elas não existem". E se um problema parece ser grande demais para ser resolvido por nós mesmos, busque ajuda com um conselheiro o mais breve possível. Conforme uma advogada de divórcio disse, a maioria dos casais a se separar com quem ela trabalhou visitaram um terapeuta, mas ainda assim acabaram no escritório dela. Por que? "A resposta é simples — eles esperaram tempo demais".

8. Aprenda o jeito certo de brigar com o seu parceiro.

Brigar é uma parte saudável do relacionamento. Jeremy e Domonique, um casal que se conheceu na Guarda Nacional, estavam profundamente apaixonados, mas o jeito com que ele ocasionalmente explodia, a ponto de descarrilhar o relacionamento, era preocupante. Ela tinha que o convencer de que estava tudo ok quando eles não se olhavam olho no olho e que nenhuma discussão levaria ao início do fim. "Então ele aprendeu a sentar e dizer: 'Ok, olha, estou irritado, mas depois vamos conversar sobre isso'", disse ela. O importante sobre conflito é ser capaz de passar por isso de um jeito que seja respeitoso e que permita aos dois se sentirem ouvidos e compreendidos.

9. Tente um pouco de ternura.

Um jovem casal que emigrou da Índia aos Estados Unidos e casou contra a vontade de suas famílias fez um acordo no início do relacionamento: toda vez que tiverem um desentendimento, eles seguram as mãos enquanto estiverem se resolvendo. O toque era um lembrete de que eles estavam no mesmo time, eles disseram. E um estudo feito por pesquisadores na Universidade da Virgínia concluiu que segurar as mãos pode reduzir significantemente o estresse. Qualquer contato físico — não apenas sexo — fará com que você se sinta ligado ao seu parceiro.

10. Não leve nada como verdade absoluta.

Nunca sabemos o que os próximos ventos trarão, então temos uma escolha: focar em tudo o que nos falta ou ser agradecido — todo dia — pelo imperfeito mas completamente miraculoso amor que existe em nossa vidas agora. Lori, uma mulher que perdeu o marido de pneumonia apenas dois anos depois de seu casamento, me disse que o seu marido Dan a ensinou "o que é realmente importante na vida e como o tempo é realmente precioso. Então, como e com quem você passa o tempo, é o que importa".

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss