back to top

13 metas para 2017 que não têm nada a ver com peso

E que farão você se sentir muito melhor.

publicado

1. Leia mais.

Jean-Etienne Minh-Duy Poirrier Follow / Via Flickr: jepoirrier

Livros, contos, reportagens, o que você preferir. Uma pesquisa já mostrou que as pessoas que leem ficção são mais empáticas. Textos de ficção nos divertem, e os de não ficção são cruciais para entender o mundo a nossa volta.

2. Mantenha o contato com as pessoas que ama.

The Academy of Motion Picture Arts & Sciences

"Ligue para sua mãe. Ligue para seu pai. Se você tiver a sorte de ter um ou os dois pais vivos, ligue para eles."

Seja com o seu pai, a sua mãe ou um velho amigo, é fácil perder o contato com as pessoas que importam quando estamos ocupados. A solução? Crie um evento semanal em seu calendário (ou um alarme no celular) que te lembre de ligar para alguém que você ama.

4. E retribua quando puder.

Parker Knight / Via Flickr: rocketboom

Se puder doar dinheiro, pesquise organizações confiáveis. Se tiver mais tempo livre do que dinheiro, pesquise sobre alguma organização que esteja precisando de uma mãozinha.

Publicidade

8. Expresse-se diariamente.

Rita Hutcheson Cobbs / Via Flickr: ritahcobbs

Se cozinhar não for o caminho para você, pode ser bom espantar as coisas ruins que às vezes sentimos desenhando ou escrevendo. Tenha contato novamente com a liberdade que sentia quando fazia essas coisas quando era criança. O objetivo não é criar uma obra de arte, é ocupar o cérebro de uma maneira gostosa e aliviar o estresse do dia.

Publicidade

9. Pratique a vulnerabilidade e humildade.

ABC

"Eu não sei" e "Eu estava errado" podem ser frases assustadoras. Mas, na verdade, é incrível a forma como é libertador colocá-las em prática. Tente — qual a pior coisa que pode acontecer?

10. Faça perguntas, mesmo se achar que são idiotas.

Véronique Debord-Lazaro / Via Flickr: debord

Da mesma forma, o que acontece é que você vê que aprender é bem mais satisfatório do que se prender apenas ao que sabe. Apresente sua questão com argumentos pessoais, se precisar, mas não deixe que seu medo de parecer bobo te impeça de adquirir todo o conhecimento possível.

13. Procure ajuda para a sua saúde mental.

FOX

Ficar com a saúde mental em dia é tão importante quanto cuidar do corpo. Não deixe que o preço te desanime — algumas associações de psicoterapeutas oferecem atendimento a preços acessíveis.

Este post foi traduzido do inglês.