back to top

Halsey falou sobre "se passar por branca" em uma nova entrevista para a "Playboy"

"Eu aparento ser uma garota branca, mas não me sinto como uma. Eu sou uma mulher negra."

publicado

A cantora Halsey se abriu na última edição americana da "Playboy".

@iamhalsey / Via instagram.com

Em uma longa entrevista, a cantora de 22 anos de Nova Jersey falou sobre como foi crescer sendo de duas etnias e "se passando" por branca.

@iamhalsey / Via instagram.com

"Consigo me passar por branca [I'm white-passing]. Aceitei isso sobre mim e nunca tentei controlar nada sobre a cultura negra que não fosse minha."

@iamhalsey / Via instagram.com

"Tenho orgulho por ser de uma família de duas etnias, eu tenho orgulho de quem eu sou e tenho orgulho do meu cabelo."

@iamhalsey / Via instagram.com
Publicidade

"Uma das piadas que eu fazia, muito tempo atrás, era que eu parecia branca, mas ainda tinha garotos brancos na minha vida me perguntando porque meus mamilos eram marrons."

@iamhalsey / Via instagram.com

"De vez em quando eu passo por essas situações. Eu aparento ser uma garota branca, mas não me sinto como uma. Eu sou uma mulher negra."

@iamhalsey / Via instagram.com

"Então é estranho passar por isso. Quando eu era pequena, eu não sabia se devia amar a banda TLC ou a Britney."

@iamhalsey / Via instagram.com

A cantora de "Now or Never" também se lembrou de pessoas que mudavam de comportamento quando viam que seu pai era negro.

@seviangrangipane / Via instagram.com
Publicidade

"Eu sou parte negra. Meu pai gerenciava uma concessionária de carros, usava terno no trabalho, tinha um bom relógio, sempre estava barbeado, bonito e jogava golfe aos finais de semana."

@iamhalsey / Via instagram.com

"E as pessoas chegavam nele tipo:
'E aí, mano! O que tá pegando!?'
E meu pai respondia:
'Oi'..."

Por último, Halsey deu sua opinião sobre o privilégio branco e o conceito de culpa branca.

@iamhalsey / Via instagram.com

"A culpa branca é engraçada, mas é uma época muito difícil para os brancos que são contra o racismo. As pessoas não querem fazer muito, mas querem fazer o suficiente."

@iamhalsey / Via instagram.com

"Na minha bolha de Los Angeles, estou cercada por muitas pessoas boas e com ótimas intenções. Mas, como eu descobri nessa última eleição [em que os EUA elegeram Donald Trump para a Presidência], minha bolha é só uma pequena fração de como esse país funciona."

@iamhalsey / Via instagram.com
Publicidade

"Essa é a minha maior frustração em relação à percepção do público a qualquer tipo de ativismo: a mentalidade do 'Bem, isso não me afeta'. Abram seus olhos, porra."

@iamhalsey / Via instagram.com

Para ler a entrevista de Halsey na íntegra com a Playboy (em inglês), clique aqui.

@iamhalsey / Via instagram.com

Este post foi traduzido do inglês.