back to top

Kesha lançou um novo single, e ela merece todo o nosso apoio

O movimento #SupportKesha começou.

publicado

Fato: Kesha é uma das estrelas pop mais bem-sucedidas e subestimadas dos últimos 10 anos.

Carlos Alvarez / Getty Images

Após sete sucessos solo no top 10 (e três top 10 com participações!), Kesha se ausentou do cenário pop.

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com

As pessoas começaram a perceber. E as pessoas queriam respostas. E essas respostas não foram tão boas.

“Gabriel Puerto
Eu sinto tanto a falta dela! sua música eletrônica pop é a melhor!!! o que aconteceu com ela?Echelon1000Eu amo a Kesha, esperando a volta delaOlivia WhiteEu amo a Kesha, por que ela parou de fazer música? Alguém me ajuda"
YouTube

Gabriel Puerto


Eu sinto tanto a falta dela! sua música eletrônica pop é a melhor!!! o que aconteceu com ela?

Echelon1000

Eu amo a Kesha, esperando a volta dela

Olivia White

Eu amo a Kesha, por que ela parou de fazer música? Alguém me ajuda"

Em outubro de 2014, Kesha processou seu empresário/produtor, Dr. Luke, por abuso sexual. Ele então também a processou e disse que ela o estava extorquindo.

Lucas Jackson / Reuters

Kesha disse que estava em um "caminho sem volta". Ela não podia lançar músicas novas, a não ser que colaborasse com o homem que acusava de abuso. Documentos judiciais revelaram:

Kesha está em um impasse... Sem música nova para cantar, Kesha não pode fazer turnês. Fora das rádios, dos palcos e longe dos holofotes, Kesha não consegue atrair a atenção da mídia. O valor de sua marca caiu e, a menos que o Tribunal emita liminar, Kesha sofrerá danos irreparáveis, colocando sua carreira em um caminho sem volta.

Foi... horrível.

"Dr. Luke briga com Kesha em e-mail por ela quebrar sua dieta bebendo uma Coca Diet"
buzzfeed.com

"Dr. Luke briga com Kesha em e-mail por ela quebrar sua dieta bebendo uma Coca Diet"

Os fãs se reuniram para ajudá-la e o movimento #FreedomForKesha [Liberdade para Kesha] nasceu.

Kesha disse que sua carreira dependia basicamente de uma decisão judicial. Sua carreira estava em modo de espera.

Lucas Jackson / Reuters

O processo judicial durou dois anos, até abril de 2016, quando a juíza que presidia o julgamento decidiu descartar todas as alegações de abuso feitas por Kesha. Seu caso foi basicamente aniquilado.

Ao descartar a maioria das alegações de abuso contra a Sony, Dr. Luke e suas gravadoras, a juíza Shirley Werner Kornreich, na quarta-feira, afirmou que mesmo que a alegação de Kesha fosse verdadeira, ou o abuso não aconteceu em Nova York ou já havia prescrito.

Sim...

New York Daily News Archive / Getty Images

... foi realmente horrível.

Getty Images

Mas isso não parou Kesha.

"Eu sou uma sobrevivente"
Kesha's insta

"Eu sou uma sobrevivente"

Enquanto todo esse processo estava acontecendo, a Sony prometeu à Kesha que permitiria que ela gravasse músicas novas sem seu antigo colaborador, Dr. Luke. E a Sony, aparentemente, manteve a promessa.

David Mcnew / Reuters

Em 2017, ela contou para a "Teen Vogue" que estava compondo um álbum:

"Atualmente, estou compondo um álbum que explora como minhas vulnerabilidades são uma força, não uma fraqueza."

Ela se abriu para a revista em relação ao seu transtorno alimentar e sua ansiedade, com tudo isso se juntando e levando a uma espiral inevitável.

Quando eu me comparava com os outros, eu lia mais comentários maldosos, o que apenas alimentava minha ansiedade e minha depressão. Ver as fotos que os paparazzi tiravam de mim e os comentários maliciosos que as acompanhavam contribuía para meu transtorno alimentar. A triste ironia foi que, quando eu vivia alguns dos piores momentos da minha vida, eu ouvia que estava mais bonita. Eu sabia que estava destruindo meu corpo com meu transtorno alimentar, mas a mensagem que estava recebendo era de que estava ótima.

Mas isso também não a parou!

Kesha encara a vida de forma diferente agora, disse à "Vogue": "Agora estou tentando abraçar a pele em que vivo. É difícil às vezes. Todos os dias eu tenho que olhar no espelho e fazer a escolha de ser gentil comigo mesma. Esta é quem eu sou — eu tenho que amar isso".

L.e. Baskow / Reuters

Na quinta (6), Kesha finalmente conseguiu lançar um novo single — seu primeiro desde 2013.

Praying is here 🙏 I hope this song reaches people who are in the midst of struggles Read my full Lenny Letter:… https://t.co/9MdRc8OmMa

"Praying chegou
Eu espero que esta música chegue a pessoas que estão enfrentando dificuldades."

A música se chama "Praying" [Oração]. Ela é linda, profunda e, sinceramente, pode fazer você chorar.

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com

Infelizmente para Kesha, Dr. Luke vai ganhar dinheiro com os próximos três álbuns da cantora, porque ela ainda tem contrato com a gravadora dele. Ela não precisa necessariamente colaborar com ele, mas, de qualquer forma, ele irá lucrar.

MAS VAMOS FOCAR NO LADO POSITIVO.

Durante anos, Kesha foi tratada como propriedade de outra pessoa e, pela primeira vez, ela está fazendo as coisas do seu próprio jeito.

L.e. Baskow / Reuters

Parece que, finalmente, Kesha está livre. Em "Praying", ela canta: "I'm proud of who I am / No more monsters, I can breathe again" [Tenho orgulho de quem eu sou / Sem mais monstros, posso respirar de novo].

classxclown.tumblr.com

É isso aí. Bem-vinda de volta.

Este post foi traduzido do inglês.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.