back to top

17 fatos históricos que parecem mentira mas são pura verdade

Sim, a Roma Antiga era um lugar bem doido.

publicado

1. A medicina canibal, realizada com sangue e ossos humanos, foi utilizada ao longo dos séculos 16 e 17.

Tuulimaa / Getty Images

Pessoas da classe alta da Europa acreditavam que ossos em pó podiam curar uma série de doenças e que o consumo de sangue humano fazia bem para a saúde. Uma múmia egípcia em farelos, por exemplo, seria ótima para estancar hemorragias internas.

2. Thomas Edison matou um elefante de circo por eletrocussão e filmou tudo em 1903.

YouTube / Via youtube.com

O elefante, chamado Topsy, tinha matado três pessoas e, como resultado, foi sentenciado à morte. Edison era conhecido por seus experimentos com eletrocussões de animais, então foi decidido que a forma "mais humana" de acabar com a vida de Topsy era com a eletrocussão, em vez de enforcá-lo. A morte de Topsy chegou até mesmo a ser filmada.

3. Cleópatra viveu mais próxima do lançamento do iPhone 7 do que da construção das pirâmides de Giza.

As Pirâmides de Giza foram erguidas entre 2550 e 2490 a.C. Já Cleópatra viveu entre 69 a.C. e 30 d.C. Como o iPhone 7 foi lançado em 2016, isso significa que Cleópatra viveu em um período que é cerca de 500 anos mais próximo do lançamento do iPhone do que da construção das pirâmides.

Publicidade

4. O czar russo Pedro, o Grande, supostamente obrigou sua esposa a manter a cabeça de seu amante em um frasco no quarto deles após ter tê-lo matado.

Sabe-se que William Mons foi degolado por fraude e que sua cabeça foi mantida em um frasco com álcool. Porém, também dizem que a esposa de Peter foi pega traindo-o com Mons, que seria o motivo pelo qual o julgamento e a execução do homem tenham ocorrido tão rapidamente.

5. O sarcófago de Tutancâmon não era novo nem foi feito para ele, mas era um artigo de segunda mão.

Mohamed El-shahed / Getty Images

Como o Rei Tut morreu muito jovem (aos 18/19 anos), acredita-se que toda sua tumba foi construída às pressas. Sabe-se que ela era significantemente menor e menos elaborada do que a de outros reis. Além disso, ao que tudo indica, seu sarcófago não foi feito para ele. Ele tinha inscrições e gravuras modificadas nos lados e foi feito com um material diferente dos seus outros dois caixões.

6. Um inundação de melaço matou 21 pessoas em Boston cerca de 100 anos atrás.

Boston Daily Globe

A lateral de um tanque industrial com cerca de 2,5 milhões de galões de melaço arrebentou em 1919. O material grudento foi despejado nas ruas formando uma onda com 7 metros de altura que se moveu a uma velocidade de 56 km/h, matando 21 pessoas e ferindo outras 150.

7. E duas pessoas morreram em 1986 como resultado de um evento que soltou mais de um milhão de balões no céu.

YouTube / Via youtube.com

A ideia era quebrar o recorde mundial com um pouco de diversão, mas a Balloonfest, de Cleveland (EUA), realizada em 1986, foi um evento mortal. Como os balões cobriram o céu, eles tornaram praticamente impossível o voo de aeronaves. Isso resultou no afogamento de dois homens que não puderam ser salvos pela Guarda Costeira, já que as autoridades não conseguiam enviar helicópteros para localizá-los e resgatá-los.

8. O rei Carlos II estava presente no quarto, bradando palavras de incentivo, enquanto seu sobrinho consumava o casamento com sua esposa.

Getty Images

Como Carlos II não possuía filhos legítimos, a sucessão do trono ficou nas mãos dos herdeiros de Guilherme de Orange. Então Carlos II permaneceu no quarto enquanto Guilherme consumava seu casamento, incentivando-o e dizendo: "Agora, sobrinho, mãos à obra."

Publicidade

9. Na época do Império Romano, era considerado um crime hediondo matar o pai, mas era aceitável perante a lei que um pai matasse o filho.

Victorass88 / Getty Images

Pater familias, ou os pais de família, tinham o poder absoluto sobre suas casas e seu filhos, então eles podiam fazer o que quisessem. Já a punição para o parricídio era terrível e envolvia ser enfiado em um saco com um cachorro e uma serpente e depois ser atirado em um rio.

10. E os romanos utilizavam xixi humano como enxaguante bucal e clareador dental.

Benchamat1234 / Getty Images

A urina era tão útil para os romanos que eles a coletavam nos banheiros públicos e a vendiam, chegando ao ponto de criarem um imposto para ela. Embora a urina fosse utilizada para remover manchas e como amaciante de couro, seu uso mais interessante era para a higiene dental. Acreditava-se que a amônia poderia remover as manchas nos dentes e ajudar a combater o mau hálito.

11. A escritora Mary Shelley manteve o coração de seu finado marido sobre sua mesa embrulhado em um de seus poemas por mais de 30 anos.

Percy Shelley morreu afogado em 1822 e, ao ser cremado, seu coração não pegou fogo (provavelmente devido à calcificação resultante da tuberculose). O coração foi entregue a Mary Shelley, que manteve-o até o dia de sua morte. O coração foi descoberto em 1852, após a morte de Mary, embrulhado em uma página de seu poema chamado "Adonais".

12. Pio II era um famoso romancista erótico antes de se tornar papa no século 15.

Antes de assumir o papel de papa, Enéas Sílvio Piccolomini, ou Pio II, escreveu "História de Dois Amantes", um conto erótico sobre um homem que se apaixonava por uma mulher casada.

13. Durante a Segunda Guerra Mundial, um dentista projetou uma bomba recheada com centenas de morcegos carregando pequenas bombas, e a ideia foi aprovada pelo governo norte-americano.

Milehightraveler / Getty Images

A "bomba-morcego" foi projetada por Lytle Adams e sua produção foi autorizada após testes comprovarem que a ideia era eficaz. Morcegos carregando pequenas bombas poderiam ser colocados dentro de uma bomba maior que seria detonada em pleno ar, deixando pequenos explosivos espalhados pela cidade. O motivo pelo qual a bomba-morcego não seguiu adiante foi que o tempo e os recursos acabaram destinados para a bomba atômica.

Publicidade

14. Uma partida de futebol causou literalmente o início de uma guerra entre Honduras e El Salvador em 1969.

Nicholas Kamm / Getty Images

A tensão entre os dois países chegou ao auge enquanto eles disputavam uma vaga para Copa do Mundo 1970. Após El Salvador ter levado a melhor na série de 3 jogos contra Honduras, o país cortou laços diplomáticos, atacou e invadiu Honduras. Quatro dias e 2.000 mortes depois, El Salvador decidiu que tudo estava certo e a "Guerra das 100 Horas" foi encerrada.

15. Sunandha Kumariratana, a Rainha da Tailândia, morreu afogada porque não era permitido que seus súditos a tocassem.

Kapook2981 / Getty Images

Em 1880, a rainha Sunandha e sua filha Kannabhorn estavam em um barco real que acabou virando. As pessoas comuns eram proibidas por lei de tocar em membros da família real, então nada puderam fazer a não ser assistir ao afogamento. Quebrar a lei era passível de punição com a morte.

16. As dentaduras eram produzidas com dentes de soldados mortos durante os séculos 18 e 19.

Asergieiev / Getty Images

As dentaduras por um tempo eram feitas de marfim, mas não tinham uma aparência natural, eram caras e costumavam quebrar rapidamente. Isso foi até escavadores começarem a arrancar quaisquer dentes frontais intactos das bocas dos soldados mortos no campo de batalha de Waterloo.

17. E vibradores só existem porque as mãos dos médicos ficavam cansadas de proporcionar orgasmos às mulheres para o tratamento da histeria.

Getty Images

Ninguém sabia o que era o orgasmo feminino durante o século 19. Mas alcançar o "paroxismo histérico" (ou orgasmo) era o tratamento para a histeria. Os médicos utilizavam suas mãos para alcançar isso, mas era uma tarefa bastante cansativa. Em 1880, então, Joseph Mortimer Granville criou o vibrador para auxiliar os médicos em seus tratamentos, e o resto virou história.

Este post foi traduzido do inglês.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss