back to top

Vídeo gordofóbico publicado por uma youtuber canadense tem incomodado as redes sociais

O vídeo de Nicole Arbour — uma sátira, segundo ela — despertou bastante polêmica.

publicado

A comediante Nicole Arbour publicou, na sexta-feira, um vídeo no YouTube intitulado "Prezadas Pessoas Gordas". O vídeo, que mostra Nicole ridicularizando pessoas obesas, gerou reações por parte de muitos na internet.

Facebook: video.php

Desde que foi publicado, o vídeo atingiu mais de 17 milhões de visualizações no Facebook e mais de meio milhão no YouTube.

No vídeo ela diz coisas como "quem criou o fat shamming deve ser parabenizado, pois é algo que foi criado que tem utilidade, já que você faz as pessoas se envergonharem de comer muito e elas param de comer" e que "pessoas gordas usam sua gordura para tirar vantagem".

Pouco depois da publicação do vídeo, o canal de Nicole Arbour e todos os vídeos que ela havia criado foram suspensos. Ela usou o Twitter para contar que havia sido censurada por causa de sua comédia.

We literally broke the Internet... With comedy. #censorship

O vídeo em questão tecnicamente não viola nenhuma regra do YouTube, por isso o canal de Nicole Arbour já voltou ao ar.

Wow, I'm the first comedian in the history of @YouTube to be #censored There are graphic videos about murder and torture, but satire is 🙊🙅🏼

"Uau, sou a primeira comediante da história do YouTube a ser #censurada. Há muitos vídeos com assassinatos e tortura, mas a sátira é proibida"

As críticas online da comediante geraram diversas reações — algumas a favor, outras contra o vídeo de Arbour, que ela afirma ser uma sátira.

instagram.com

Várias pessoas expressaram suas opiniões nas mídias sociais:

@NicoleArbour is an obnoxious, unfunny, wannabe jenna marbles :|

"Nicole Arbour é desagradável, sem graça e quer ser a jenna marbles :|"

Feel free to have your own opinion, but most of what you said in that video was completely incorrect and disrespectful @NicoleArbour

"Fique à vontade para ter sua opinião, mas a maioria das coisas que você disse naquele vídeo foram completamente incorretas e desrespeitosas"

@NicoleArbour you have a lot of people around the world viewing your videos. Say stuff that won't fucking lead bigger girls into depression.

"NicoleArbour você tem muita gente no mundo vendo seus vídeos. Diga coisas que não vão levar as garotas gordinhas à depressão"

Outros, como Whitney Way Thore — que aparece no programa da TLC My Big Fat Fabulous Life — publicaram vídeos em resposta ao vídeo original de Arbour, discutindo os efeitos do body-shaming (ridicularização de pessoas por causa de características de seus corpos).

Facebook: video.php

Thor, que tem síndrome do ovário policístico (SOP), diz no vídeo: "Você não pode adivinhar o estado de saúde (físico ou psicológico) de uma pessoa apenas olhando para ela."

Grace Helbig, que também tem um canal popular no YouTube, conseguiu resumir o assunto:

A resposta completa de Helbig pode ser vista aqui.

Embora vários internautas tenham criticado Nicole Arbour por suas opiniões sobre a obesidade, ainda existem muitos que a apoiam.

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com

O youtuber skagg 3 publicou, no domingo, um vídeo apoiando a comediante. No vídeo, ele argumenta: "Não podemos fazer piadas sobre obesidade, mas parece que podemos fazer piada sobre AIDS, câncer, dependência química e alcoolismo — a lista de coisas sobre as quais fazemos piadas diariamente é infinita."

Além dos vídeos defendendo as opiniões de Arbour, muitas pessoas no Facebook e no Twitter também concordaram com ela:

I support @NicoleArbour don't like her don't watch her. YouTube deleting her channel is insane.

"Eu apoio @NicoleArbour, se você não gosta dela, não a assista. YouTube deletar seu canal é insano"

Facebook

I don't think @NicoleArbour really deserves all this hate. She' makes some valid points. We shouldn't support things that destroy health.

"Eu não acho que a @NicoleArbour realmente merece todo esse ódio. Ela apresenta alguns pontos válidos. Nós não deveríamos apoiar coisas que destroem a saúde"

O BuzzFeed entrou em contato com Nicole Arbour para falar sobre o assunto.

Quando questionada sobre sua reação às críticas que vem recebendo online, Arbour respondeu: "Vou levar em consideração o que estranhos dizem na internet sobre mim? Não."

instagram.com

Ela continuou: "Porque o que eles andam dizendo é um ataque ridículo a um vídeo de comédia que contém verdades demais pra o gosto pessoal deles."

Arbour diz ainda que, em seus futuros vídeos, apresentará um aviso sobre o conteúdo do canal.

instagram.com

Ela também pediu desculpas às crianças que possam ter sido afetadas negativamente pelo vídeo. "Eu nunca tive a intenção de que crianças assistissem ao vídeo e peço desculpas se alguma criança que não entendeu que sou uma comediante ficou chocada ou insatisfeita."

Arbour diz que o incidente não irá "de modo algum" impedi-la de discutir temas sensíveis no futuro. Ela sente que esse caso em particular tem a ver com "a liberdade de expressão e a liberdade artística sendo reprimidas".

instagram.com

Arbour prosseguiu: "Isso só foi um problema porque esse grupo específico quer ficar imune à sátira enquanto ri de todas as outras pessoas. Todos nós precisamos relaxar, rir de todo mundo e aprender a ignorar aquilo que não gostamos, e não tentar apagar sua existência."

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.