back to top

Conheça as histórias por trás das fotos dos anos 70 e 80 recriadas por um fotógrafo amador

As mesmas poses, mas com décadas de diferença.

publicado

Um fotógrafo amador de Peterborough, cidade do Reino Unido, criou uma ponte de quatro décadas ao parear fotos de pessoas que ele tirou nos anos 70, 80 e 90 com retratos dos dias de hoje.

O paramédico Chris Porsz passava horas caminhando pela sua cidade natal, Peterborough, clicando desconhecidos. Décadas mais tarde, ele foi atrás das mesmas pessoas para recriar suas fotos.

Todas as imagens podem ser encontradas em seu novo livro "Reunions". Veja uma seleção de algumas das melhores fotos dessa viagem no tempo, com todas as originais à esquerda e as recriações à direita.

Os punks Tina Tarr e Dog, em 1985.

Chris Porsz/Bav Media

Tina (à direita) e Dog foram fotografados perto da catedral de Peterborough em 1985, quando Tina tinha 18 anos. O casal deixou a cidade em 1990 e foi viajar. Eles têm gêmeos, mas não estão mais juntos. Tina agora vive em Dorset e faz produtos com madeira de salgueiro, além de realizar oficinas de tecelagem, enquanto Dog trabalha com coberturas de cerca-viva e jardinagem e mora no sudeste do País de Gales. "Eu lembro dessa foto, foi uma época incrível", diz Tina. "Eu tive vários estilos de cabelo punk por uns anos." Dog disse: "Foram bons tempos, eu ainda tinha cabelo naquela época."

Chris Porsz/Bav Media

Tina (à direita) e Dog foram fotografados perto da catedral de Peterborough em 1985, quando Tina tinha 18 anos. O casal deixou a cidade em 1990 e foi viajar. Eles têm gêmeos, mas não estão mais juntos. Tina agora vive em Dorset e faz produtos com madeira de salgueiro, além de realizar oficinas de tecelagem, enquanto Dog trabalha com coberturas de cerca-viva e jardinagem e mora no sudeste do País de Gales. "Eu lembro dessa foto, foi uma época incrível", diz Tina. "Eu tive vários estilos de cabelo punk por uns anos." Dog disse: "Foram bons tempos, eu ainda tinha cabelo naquela época."

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Tina (à direita) e Dog foram fotografados perto da catedral de Peterborough em 1985, quando Tina tinha 18 anos. O casal deixou a cidade em 1990 e foi viajar. Eles têm gêmeos, mas não estão mais juntos. Tina agora vive em Dorset e faz produtos com madeira de salgueiro, além de realizar oficinas de tecelagem, enquanto Dog trabalha com coberturas de cerca-viva e jardinagem e mora no sudeste do País de Gales. "Eu lembro dessa foto, foi uma época incrível", diz Tina. "Eu tive vários estilos de cabelo punk por uns anos." Dog disse: "Foram bons tempos, eu ainda tinha cabelo naquela época."

Publicidade

Os punks Pippa Hodgson, Ade Lawrence, Gary Beckett e John Church, no final dos anos 70.

Chris Porsz/Bav Media

Pippa, Ade (centro-esquerda), Gary (centro-direita) e John foram fotografados na Praça da Catedral. John, que agora é pintor e decorador na cidade, disse: "Os outros garotos eram amigos da escola e Pippa era uma amiga em comum – a gente costumava sair junto e ouvir música punk. Eu acho que tinha uns 15 anos e estava prestes a me tornar um punk." John ainda é amigo de Ade, que agora é coletor de lixo, e os dois tocam juntos em uma banda. Gary se mudou para a Austrália, onde trabalha como gerente de projetos e Pippa agora mora na Espanha.

Chris Porsz/Bav Media

Pippa, Ade (centro-esquerda), Gary (centro-direita) e John foram fotografados na Praça da Catedral. John, que agora é pintor e decorador na cidade, disse: "Os outros garotos eram amigos da escola e Pippa era uma amiga em comum – a gente costumava sair junto e ouvir música punk. Eu acho que tinha uns 15 anos e estava prestes a me tornar um punk." John ainda é amigo de Ade, que agora é coletor de lixo, e os dois tocam juntos em uma banda. Gary se mudou para a Austrália, onde trabalha como gerente de projetos e Pippa agora mora na Espanha.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Pippa, Ade (centro-esquerda), Gary (centro-direita) e John foram fotografados na Praça da Catedral. John, que agora é pintor e decorador na cidade, disse: "Os outros garotos eram amigos da escola e Pippa era uma amiga em comum – a gente costumava sair junto e ouvir música punk. Eu acho que tinha uns 15 anos e estava prestes a me tornar um punk." John ainda é amigo de Ade, que agora é coletor de lixo, e os dois tocam juntos em uma banda. Gary se mudou para a Austrália, onde trabalha como gerente de projetos e Pippa agora mora na Espanha.

As amigas Sandra Williams, Carmen Chin e Maureen Mayers, no começo dos anos 80.

Chris Porsz/Bav Media

Sandra (esquerda), Carmen (centro) e Maureen estudavam na County Grammar School em Peterborough. Elas perderam contato ao longo dos anos e a escola foi transformada em um abrigo em 1985.

Chris Porsz/Bav Media

Sandra (esquerda), Carmen (centro) e Maureen estudavam na County Grammar School em Peterborough. Elas perderam contato ao longo dos anos e a escola foi transformada em um abrigo em 1985.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Sandra (esquerda), Carmen (centro) e Maureen estudavam na County Grammar School em Peterborough. Elas perderam contato ao longo dos anos e a escola foi transformada em um abrigo em 1985.

Tony Wilmot, 22, se despede de sua namorada, Sally, 21, com um beijo, na estação de trem em 1980.

Chris Porsz/Bav Media

Tony trabalhava como professor em Essex. Sally morava em Stafford e trabalhava como funcionária pública em 1980 – eles haviam se conhecido em Peterborough e não sabiam que haviam sido clicados. Um ano depois, eles se casaram. A foto apareceu 30 anos depois em um jornal da região, o "Peterborough Evening Telegraph" e quem a viu foi o pai do Tony. Os dois, agora diretores de escolas, vivem em Lichfield, Stafforshire e têm dois filhos, Tom e Jenny, na casa dos vinte anos.

Chris Porsz/Bav Media

Tony trabalhava como professor em Essex. Sally morava em Stafford e trabalhava como funcionária pública em 1980 – eles haviam se conhecido em Peterborough e não sabiam que haviam sido clicados. Um ano depois, eles se casaram. A foto apareceu 30 anos depois em um jornal da região, o "Peterborough Evening Telegraph" e quem a viu foi o pai do Tony. Os dois, agora diretores de escolas, vivem em Lichfield, Stafforshire e têm dois filhos, Tom e Jenny, na casa dos vinte anos.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Tony trabalhava como professor em Essex. Sally morava em Stafford e trabalhava como funcionária pública em 1980 – eles haviam se conhecido em Peterborough e não sabiam que haviam sido clicados. Um ano depois, eles se casaram. A foto apareceu 30 anos depois em um jornal da região, o "Peterborough Evening Telegraph" e quem a viu foi o pai do Tony. Os dois, agora diretores de escolas, vivem em Lichfield, Stafforshire e têm dois filhos, Tom e Jenny, na casa dos vinte anos.

As irmãs Maria e Annamarie Plavecz, em 1982.

Chris Porsz/Bav Media

Maria (esquerda) e Annamarie foram fotografadas na Star Road, em Peterborough, ano de 1982. As irmãs, cujo pai é húngaro, agora trabalham como cuidadoras.

Chris Porsz/Bav Media

Maria (esquerda) e Annamarie foram fotografadas na Star Road, em Peterborough, ano de 1982. As irmãs, cujo pai é húngaro, agora trabalham como cuidadoras.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Maria (esquerda) e Annamarie foram fotografadas na Star Road, em Peterborough, ano de 1982. As irmãs, cujo pai é húngaro, agora trabalham como cuidadoras.

Tasbir Singh no seu primeiro emprego, em 1982.

Chris Porsz/Bav Media

Tasbir trabalhou em uma banca num mercado em Peterborough durante quatro anos, após sair da escola. Depois, ele trabalhou para o BT e o Royal Mail, onde ainda está. Ele ainda vive na cidade, é casado, tem três filhos e quatro netos. "Eu trabalhei na banca dos 18 aos 22 anos", disse.

Chris Porsz/Bav Media

Tasbir trabalhou em uma banca num mercado em Peterborough durante quatro anos, após sair da escola. Depois, ele trabalhou para o BT e o Royal Mail, onde ainda está. Ele ainda vive na cidade, é casado, tem três filhos e quatro netos. "Eu trabalhei na banca dos 18 aos 22 anos", disse.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Tasbir trabalhou em uma banca num mercado em Peterborough durante quatro anos, após sair da escola. Depois, ele trabalhou para o BT e o Royal Mail, onde ainda está. Ele ainda vive na cidade, é casado, tem três filhos e quatro netos. "Eu trabalhei na banca dos 18 aos 22 anos", disse.

Publicidade

James e Shirley Wallace fazendo compras com o filho Matthew, em 1990.

Chris Porsz/Bav Media

James e Shirley estavam fazendo compras com o filho Matthew em Peterborough, como sempre faziam aos sábados, quando pararam para descansar em um banco e Porsz aproveitou para tirar a foto. James foi um operário por 42 anos, enquanto Shirley trabalhava na fábrica Hotpoint. Depois, ela passou a trabalhar transportando crianças para a escola. Matthew, que ainda mora em casa, estudou mídia na faculdade e agora é voluntário em uma estação de rádio local.

Chris Porsz/Bav Media

James e Shirley estavam fazendo compras com o filho Matthew em Peterborough, como sempre faziam aos sábados, quando pararam para descansar em um banco e Porsz aproveitou para tirar a foto. James foi um operário por 42 anos, enquanto Shirley trabalhava na fábrica Hotpoint. Depois, ela passou a trabalhar transportando crianças para a escola. Matthew, que ainda mora em casa, estudou mídia na faculdade e agora é voluntário em uma estação de rádio local.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

James e Shirley estavam fazendo compras com o filho Matthew em Peterborough, como sempre faziam aos sábados, quando pararam para descansar em um banco e Porsz aproveitou para tirar a foto. James foi um operário por 42 anos, enquanto Shirley trabalhava na fábrica Hotpoint. Depois, ela passou a trabalhar transportando crianças para a escola. Matthew, que ainda mora em casa, estudou mídia na faculdade e agora é voluntário em uma estação de rádio local.

Neil toca flauta do lado de fora de um banco, em 1986.

Chris Porsz/Bav Media

Por muitos anos, Neil vagou pelo centro de Peterborough e tocou flauta no lado de fora de um banco Co-op em Westgate. Quando o livro de fotografias de Porsz foi para impressão, Neil já não era visto há meses.

Chris Porsz/Bav Media

Por muitos anos, Neil vagou pelo centro de Peterborough e tocou flauta no lado de fora de um banco Co-op em Westgate. Quando o livro de fotografias de Porsz foi para impressão, Neil já não era visto há meses.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Por muitos anos, Neil vagou pelo centro de Peterborough e tocou flauta no lado de fora de um banco Co-op em Westgate. Quando o livro de fotografias de Porsz foi para impressão, Neil já não era visto há meses.

Os irmãos Rose e Stuart Budnik, em 1982.

Chris Porsz/Bav Media

Rose e Stuart estavam em um carrinho de bebê do lado de fora de um ponto de informações turísticas quando Porsz tirou a foto em 1982. Agora, Rose tem três filhas, enquanto Stuart é policial e tem um filho. Ambos vivem em Peterborough e se encontram de vez em quando,

Chris Porsz/Bav Media

Rose e Stuart estavam em um carrinho de bebê do lado de fora de um ponto de informações turísticas quando Porsz tirou a foto em 1982. Agora, Rose tem três filhas, enquanto Stuart é policial e tem um filho. Ambos vivem em Peterborough e se encontram de vez em quando,

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Rose e Stuart estavam em um carrinho de bebê do lado de fora de um ponto de informações turísticas quando Porsz tirou a foto em 1982. Agora, Rose tem três filhas, enquanto Stuart é policial e tem um filho. Ambos vivem em Peterborough e se encontram de vez em quando,

A família de Chris Porsz, em 1983.

Chris Porsz/Bav Media

A família de Chris Porsz, com várias camadas de roupa para enfrentar a neve do Parque Central de Peterborough, foi clicada em 1983. Lesley (esquerda), que trabalhou para o BT por muitos anos e agora está aposentada, disse: "Costumávamos sair para caminhar com as crianças no parque". Simon (segundo da esquerda) é casado, tem dois filhos e trabalha no RH do Hospital Basildon em Essex. Adam é carteiro, mora em Yaxley, Cambridgeshire, e tem dois filhos. Emma é professora de educação física em Peterborough e tem dois filhos.

Chris Porsz/Bav Media

A família de Chris Porsz, com várias camadas de roupa para enfrentar a neve do Parque Central de Peterborough, foi clicada em 1983. Lesley (esquerda), que trabalhou para o BT por muitos anos e agora está aposentada, disse: "Costumávamos sair para caminhar com as crianças no parque". Simon (segundo da esquerda) é casado, tem dois filhos e trabalha no RH do Hospital Basildon em Essex. Adam é carteiro, mora em Yaxley, Cambridgeshire, e tem dois filhos. Emma é professora de educação física em Peterborough e tem dois filhos.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

A família de Chris Porsz, com várias camadas de roupa para enfrentar a neve do Parque Central de Peterborough, foi clicada em 1983. Lesley (esquerda), que trabalhou para o BT por muitos anos e agora está aposentada, disse: "Costumávamos sair para caminhar com as crianças no parque". Simon (segundo da esquerda) é casado, tem dois filhos e trabalha no RH do Hospital Basildon em Essex. Adam é carteiro, mora em Yaxley, Cambridgeshire, e tem dois filhos. Emma é professora de educação física em Peterborough e tem dois filhos.

Zaroob Hussain, data desconhecida.

Chris Porsz/Bav Media

Zaroob tinha 3 anos quando Porsz tirou uma foto sua enquanto ele espiava pelo portão da Rua Cromwell, 92. Surpreendentemente, Porsz conseguiu encontrá-lo anos mais tarde ao atender uma ligação de emergência em uma loja de roupas da região, onde uma mulher havia caído. Depois do ocorrido, ele perguntou ao marido dela se ele conhecia o garotinho da foto. O homem disse que ele ainda vivia naquela rua. No momento em que o homem apontou para a janela, Zaroob, por coincidência, passou andando. Zaroob hoje tem três filhos e trabalha em um drive-thru em King's Lynn.

Chris Porsz/Bav Media

Zaroob tinha 3 anos quando Porsz tirou uma foto sua enquanto ele espiava pelo portão da Rua Cromwell, 92. Surpreendentemente, Porsz conseguiu encontrá-lo anos mais tarde ao atender uma ligação de emergência em uma loja de roupas da região, onde uma mulher havia caído. Depois do ocorrido, ele perguntou ao marido dela se ele conhecia o garotinho da foto. O homem disse que ele ainda vivia naquela rua. No momento em que o homem apontou para a janela, Zaroob, por coincidência, passou andando. Zaroob hoje tem três filhos e trabalha em um drive-thru em King's Lynn.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Zaroob tinha 3 anos quando Porsz tirou uma foto sua enquanto ele espiava pelo portão da Rua Cromwell, 92. Surpreendentemente, Porsz conseguiu encontrá-lo anos mais tarde ao atender uma ligação de emergência em uma loja de roupas da região, onde uma mulher havia caído. Depois do ocorrido, ele perguntou ao marido dela se ele conhecia o garotinho da foto. O homem disse que ele ainda vivia naquela rua. No momento em que o homem apontou para a janela, Zaroob, por coincidência, passou andando. Zaroob hoje tem três filhos e trabalha em um drive-thru em King's Lynn.

Publicidade

Genesio (Gino) Borrillo vendendo sorvete na década de 80.

Chris Porsz/Bav Media

Gino comprou uma van para vender sorvete ao se mudar da Itália para Peterborough. Ele percorria a cidade no verão vendendo sorvete. Em 1992, ele abriu um restaurante de massas na cidade, que ainda administra, junto com sua filha. Gino é casado, tem três filhos e quatro netos.

Chris Porsz/Bav Media

Gino comprou uma van para vender sorvete ao se mudar da Itália para Peterborough. Ele percorria a cidade no verão vendendo sorvete. Em 1992, ele abriu um restaurante de massas na cidade, que ainda administra, junto com sua filha. Gino é casado, tem três filhos e quatro netos.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Gino comprou uma van para vender sorvete ao se mudar da Itália para Peterborough. Ele percorria a cidade no verão vendendo sorvete. Em 1992, ele abriu um restaurante de massas na cidade, que ainda administra, junto com sua filha. Gino é casado, tem três filhos e quatro netos.

Les Featherstone cortando a grama da Catedral de Peterborough em 1987.

Chris Porsz/Bav Media

Les era o vice-diretor de jardinagem da Catedral de Peterborough quando essa foto foi tirada. Ele foi promovido a diretor de jardinagem desde então. "Trabalho aqui há 30 anos", disse. "O trabalho não mudou muito, mas é mais mecanizado e rápido hoje em dia." A esposa dele trabalha na loja da Catedral e eles vivem perto de Bourne, em Lincolnshire.

Chris Porsz/Bav Media

Les era o vice-diretor de jardinagem da Catedral de Peterborough quando essa foto foi tirada. Ele foi promovido a diretor de jardinagem desde então. "Trabalho aqui há 30 anos", disse. "O trabalho não mudou muito, mas é mais mecanizado e rápido hoje em dia." A esposa dele trabalha na loja da Catedral e eles vivem perto de Bourne, em Lincolnshire.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Les era o vice-diretor de jardinagem da Catedral de Peterborough quando essa foto foi tirada. Ele foi promovido a diretor de jardinagem desde então. "Trabalho aqui há 30 anos", disse. "O trabalho não mudou muito, mas é mais mecanizado e rápido hoje em dia." A esposa dele trabalha na loja da Catedral e eles vivem perto de Bourne, em Lincolnshire.

Amigos nos degraus da praça da Catedral em Peterborough, começo dos anos 80.

Chris Porsz/Bav Media

Da esquerda para a direita: John Church, Kim Guest, Gary Wymer, Mirko Obradovic, Ade Lawrence, Sean Adams e Mark Winsworth. Tirando John e Ade, Kim e Sean faleceram e Mirko trabalha em uma fábrica de tijolos. Gary trabalhava como açougueiro quando a foto original foi tirada. Aos vinte e poucos anos, ele quase morreu ao bater a cabeça em uma ponte quando cruzava o Rio Nene com amigos. Ele ficou em coma por uma semana, mas se recuperou completamente. Ele viajou pelo mundo, ensinou inglês na Turquia e depois morou em Colchester, Essex, onde agora dirige uma empresa de limpeza industrial.

Chris Porsz/Bav Media

Da esquerda para a direita: John Church, Kim Guest, Gary Wymer, Mirko Obradovic, Ade Lawrence, Sean Adams e Mark Winsworth. Tirando John e Ade, Kim e Sean faleceram e Mirko trabalha em uma fábrica de tijolos. Gary trabalhava como açougueiro quando a foto original foi tirada. Aos vinte e poucos anos, ele quase morreu ao bater a cabeça em uma ponte quando cruzava o Rio Nene com amigos. Ele ficou em coma por uma semana, mas se recuperou completamente. Ele viajou pelo mundo, ensinou inglês na Turquia e depois morou em Colchester, Essex, onde agora dirige uma empresa de limpeza industrial.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Da esquerda para a direita: John Church, Kim Guest, Gary Wymer, Mirko Obradovic, Ade Lawrence, Sean Adams e Mark Winsworth. Tirando John e Ade, Kim e Sean faleceram e Mirko trabalha em uma fábrica de tijolos. Gary trabalhava como açougueiro quando a foto original foi tirada. Aos vinte e poucos anos, ele quase morreu ao bater a cabeça em uma ponte quando cruzava o Rio Nene com amigos. Ele ficou em coma por uma semana, mas se recuperou completamente. Ele viajou pelo mundo, ensinou inglês na Turquia e depois morou em Colchester, Essex, onde agora dirige uma empresa de limpeza industrial.

Vicki Gracey, data desconhecida.

Chris Porsz/Bav Media

Vicki Gracey (anteriormente Frost) trabalhava como assistente de vendas em uma joalheria no Queensgate Shopping Centre em Peterborough quando a primeira foto foi tirada. Desde então, ela trabalhou em bares, no varejo, como cabeleireira e em restaurantes, mas agora lida com sustentabilidade de arrendamentos. Ela ainda mora na cidade, é casada e tem dois filhos. "Eu sou uma pessoa extrovertida e sempre tive empregos que envolviam lidar com o público", disse.

Chris Porsz/Bav Media

Vicki Gracey (anteriormente Frost) trabalhava como assistente de vendas em uma joalheria no Queensgate Shopping Centre em Peterborough quando a primeira foto foi tirada. Desde então, ela trabalhou em bares, no varejo, como cabeleireira e em restaurantes, mas agora lida com sustentabilidade de arrendamentos. Ela ainda mora na cidade, é casada e tem dois filhos. "Eu sou uma pessoa extrovertida e sempre tive empregos que envolviam lidar com o público", disse.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Vicki Gracey (anteriormente Frost) trabalhava como assistente de vendas em uma joalheria no Queensgate Shopping Centre em Peterborough quando a primeira foto foi tirada. Desde então, ela trabalhou em bares, no varejo, como cabeleireira e em restaurantes, mas agora lida com sustentabilidade de arrendamentos. Ela ainda mora na cidade, é casada e tem dois filhos. "Eu sou uma pessoa extrovertida e sempre tive empregos que envolviam lidar com o público", disse.

Richard Price, 17, vendendo carne do lado de fora de um açougue em 1980.

Chris Porsz/Bav Media

Richard começou a trabalhar no açougue em Peterborough quando saiu da escola, aos 15 anos, e ficou lá por três anos. Ele ainda mora na cidade, mas agora é humorista. O açougue virou uma cafeteria.

Chris Porsz/Bav Media

Richard começou a trabalhar no açougue em Peterborough quando saiu da escola, aos 15 anos, e ficou lá por três anos. Ele ainda mora na cidade, mas agora é humorista. O açougue virou uma cafeteria.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Richard começou a trabalhar no açougue em Peterborough quando saiu da escola, aos 15 anos, e ficou lá por três anos. Ele ainda mora na cidade, mas agora é humorista. O açougue virou uma cafeteria.

Shehnaz Begum (esquerda), sua irmã gêmea Rukhsana e a irmã mais velha delas, Itrat, na janela da casa delas em 1980.

Chris Porsz/Bav Media

"Nós costumávamos sentar na janela para olhar o movimento da rua", diz Shehnaz. "Minha irmã gêmea e eu tínhamos cerca de 7 anos e Itrat tinha 9."

Chris Porsz/Bav Media

"Nós costumávamos sentar na janela para olhar o movimento da rua", diz Shehnaz. "Minha irmã gêmea e eu tínhamos cerca de 7 anos e Itrat tinha 9."

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

"Nós costumávamos sentar na janela para olhar o movimento da rua", diz Shehnaz. "Minha irmã gêmea e eu tínhamos cerca de 7 anos e Itrat tinha 9."

Os colegas de classe Martin Coulson e Andy Randall comendo batatas fritas, em 1983.

Chris Porsz/Bav Media

Martin (esquerda) e Andy estavam comendo batatas fritas compradas em uma casa de jogos que agora é uma loja da Wilko. "Eu acho que era sábado e nós tínhamos parado para comprar batata na loja. As batatas pareciam as do McDonald's e eram sempre muito boas", disse Martin. Ele é casado e tem dois filhos. Andy é engenheiro de telemática, é casado e tem três filhos.

Chris Porsz/Bav Media

Martin (esquerda) e Andy estavam comendo batatas fritas compradas em uma casa de jogos que agora é uma loja da Wilko. "Eu acho que era sábado e nós tínhamos parado para comprar batata na loja. As batatas pareciam as do McDonald's e eram sempre muito boas", disse Martin. Ele é casado e tem dois filhos. Andy é engenheiro de telemática, é casado e tem três filhos.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Martin (esquerda) e Andy estavam comendo batatas fritas compradas em uma casa de jogos que agora é uma loja da Wilko. "Eu acho que era sábado e nós tínhamos parado para comprar batata na loja. As batatas pareciam as do McDonald's e eram sempre muito boas", disse Martin. Ele é casado e tem dois filhos. Andy é engenheiro de telemática, é casado e tem três filhos.

Steve Osborn, também conhecido como Metal Mickey, nos anos 80.

Chris Porsz/Bav Media

Steve era conhecido como Metal Mickey porque ele havia quebrado ambas as pernas diversas vezes em acidentes de motocicleta e já tinha colocado pinos e placas nas duas. "Eu cheguei a andar de moto com a perna engessada!", disse. Steve, que agora usa bengalas para se locomover, mora em Spalding, Lincolnshire e é casado.

Chris Porsz/Bav Media

Steve era conhecido como Metal Mickey porque ele havia quebrado ambas as pernas diversas vezes em acidentes de motocicleta e já tinha colocado pinos e placas nas duas. "Eu cheguei a andar de moto com a perna engessada!", disse. Steve, que agora usa bengalas para se locomover, mora em Spalding, Lincolnshire e é casado.

← Arraste →
Chris Porsz/Bav Media

Steve era conhecido como Metal Mickey porque ele havia quebrado ambas as pernas diversas vezes em acidentes de motocicleta e já tinha colocado pinos e placas nas duas. "Eu cheguei a andar de moto com a perna engessada!", disse. Steve, que agora usa bengalas para se locomover, mora em Spalding, Lincolnshire e é casado.

Este post foi traduzido do inglês.

Em parceria com