back to top

Fotos incríveis da descoberta da tumba de Tutancâmon foram colorizadas

O arqueólogo Howard Carter revelou a tumba espetacular -- até então intocada -- do faraó menino em 1922.

publicado

Mais de 700 horas de trabalho foram dedicadas à colorização dessas fotos em preto e branco tiradas há 93 anos.

A tumba de Tutancâmon foi aberta em 1922 pelo arqueólogo Howard Carter depois de ficar intocada por mais de 3 mil anos.

A tumba de Tutancâmon entrou para a história como um dos maiores achados arqueológicos de todos os tempos. Dentro dela havia um sarcófago dourado e um verdadeiro tesouro, com artefatos lindamente decorados, feitos para serem usados pelo faraó de 17 anos após sua morte.

Publicidade

Uma exposição sobre a vida e a morte do faraó Tutancâmon da 18ª dinastia está aberta em Nova York desde o dia 21 de novembro. Uma equipe de profissionais criativos da Dynamichrome, um serviço especializado de colorização com base em Londres, trabalhou para colorir 20 fotos tiradas por Harry Burton, fotógrafo arqueológico de Carter.

Para criar as fotos digitalmente coloridas, a equipe da Dynamichrome vasculhou as anotações originais do inventário de Carter, consultou o egiptologista Dr. Wolfgang Wettengel e comparou as fotografias com os próprios artefatos restaurados, que agora estão espalhados pelo mundo.

Publicidade

Para obter a máxima precisão nas cores, a equipe levou em conta os efeitos de 3.000 anos de poeira, a luz que havia no momento das fotos, incluindo lamparinas a óleo e como essa luz teria sido refletida nas diferentes superfícies.

Publicidade

Centenas de camadas de cores foram adicionadas uma a uma para dar profundidade a cada imagem.

Publicidade
Publicidade

A exposição chamada A Descoberta do Rei Tut está aberta no Premier Exhibitions, na Quinta Avenida em Nova York.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss