back to top

Aaron Paul foi secretamente a melhor coisa do início dos anos 2000

Se você não o conhecia, então agora você o conhece.

publicado

Antes de existir o Jesse Pinkman, existia o Aaron Paul de 2002.

SGranitz / WireImage

Uma amostra humana crua.

Ron Galella, Ltd. / WireImage

Um verdadeiro homem de seu tempo.

Jeff Kravitz / FilmMagic, Inc

Ele era desconhecido, mas especial.

Mark Sullivan / WireImage

Ele era o rei do chapéu.

Jean-Paul Aussenard / WireImage

Este chapéu o acompanhou por anos no tapete vermelho.

SGranitz / WireImage

E repare nesta mistura de tecidos verdes e beges juntados com um cinto. Era incomparável com a moda dos outros homens dessa época.

Photo by J. Vespa / WireImage

Ele usava gravatas vermelhas para provar que era um homem sério.

SGranitz / WireImage

Mas isso também provava que ele não entendia como as gravatas funcionam. E não tinha problema porque ele não precisava entender de gravatas. Gravatas eram para amadores.

SGranitz / WireImage

No começo do novo milênio, Aaron era tão legal que ele andava com Shane West...

Lee Celano / WireImage

...e com aquele cara de Everwood.

J. Vespa / WireImage

Mas também foi uma época na qual ele ainda estava evoluindo como ser humano.

Jaimie Trueblood / WireImage

Isso o deixava nervoso.

M. Caulfield / WireImage

Será que ele conseguiria deixar um legado? ?

SGranitz / WireImage

Será que a sua calça jeans rasgada e o seu colarinho levantado se perderiam na confusão das modas em constante mudança?

Será que alguém se lembraria da época em que ele achava que era integrante da banda Sum 41?

John Shearer / WireImage

Mesmo que eles tivessem esquecido, agora todos nós lembramos juntos. Um brinde ao jovem Aaron Paul, o melhor homem de 2002-2003.

Lee Celano / WireImage

Fim.

h/t isso.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.