back to top

P!nk fez o discurso mais poderoso do VMA ao lembrar de uma conversa que teve com sua filha

"Eu estava levando minha filha para a escola e, do nada, ela disse para mim: 'Mamãe?'. 'Sim, querida?'. 'Eu sou a menina mais feia que eu conheço'. E eu disse: 'Hã?'."

publicado

E no domingo (27), enquanto aceitava um prêmio no VMA, ela fez um discurso incrível. AVISO: vai entrar um cisco no seu olho.

💋 @Pink accepting the coveted #VMA Vanguard Award 👏👏👏

Publicidade

Um dia desses, eu estava levando minha filha para a escola e ela disse para mim, do nada: "Mamãe?"
"Sim, querida?".
Ela disse: "Eu sou a menina mais feia que eu conheço."
E eu disse: "Hã?"

Eu não disse nada. Em vez disso, fui para casa e fiz uma apresentação de PowerPoint para ela. E, na apresentação, havia astros do rock e artistas andrógenos que viveram sua verdade. Eram artistas como Michael Jackson, David Bowie, Freddie Mercury, Annie Lennox, Prince, Janis Joplin, George Michael, Elton John — inúmeros artistas.

Publicidade

Os olhos dela brilhavam.
Eu disse: "Sabe, eu queria muito saber por que você se sente assim sobre si mesma."
Ela disse: "Eu pareço um menino".
Eu disse: "Com o que você acha que eu me pareço?".

Ela disse: "Você é linda".
E eu: "Bom, obrigada. Mas quando as pessoas querem zombar de mim, é isso que elas usam. Elas dizem que eu pareço um menino, ou eu sou masculina demais, tenho opiniões demais, meu corpo é forte demais."

Publicidade

E eu disse a ela: "Você me vê deixando o cabelo crescer?"
Ela disse: "Não, mamãe".
Eu disse: "Você me vê mudando meu corpo?",
"Não, mamãe",
"Você me vê mudando o jeito como eu me apresento ao mundo?",
"Não, mãe".

"Você vê meus ingressos esgotando em shows em todo o mundo?",
"Sim, mamãe",
"É isso mesmo. Então, meu bebê, nós não mudamos. Nós pegamos as pedras e as conchas e fazemos pérolas. Nós ajudamos as outras pessoas a mudarem para que elas possam ver mais tipos de beleza."

Aqui está o discurso dela na íntegra:

Eu sei que não tenho muito tempo. Mas se eu puder contar uma história rápida para vocês...

Um dia desses, eu estava levando minha filha para a escola e ela disse para mim, do nada: "Mamãe?"
"Sim, querida?".
Ela disse: "Eu sou a menina mais feia que eu conheço."
E eu disse: "Hã?"
E ela disse: "É, eu pareço um menino de cabelo comprido".

E o meu cérebro ficou: Meu Deus, você tem 6 anos! Por quê? De onde veio isso? Quem disse isso? Posso dar uma surra numa criança de 6 anos? O quê?

Mas eu não disse nada. Em vez disso, fui para casa e fiz uma apresentação de PowerPoint para ela. E, na apresentação, estavam astros do rock e artistas andrógenos que viveram sua verdade, que provavelmente foram zombados todos os dias de suas vidas, e seguiram em frente, brandindo suas bandeiras e inspirando o resto de nós. Eram artistas como Michael Jackson, David Dowie, Freddie Mercury, Annie Lennox, Prince, Janis Joplin, George Michael, Elton John — inúmeros artistas.

Os olhos dela brilhavam. Mas aí eu disse: "Sabe, eu queria muito saber por que você se sente assim sobre si mesma."

Ela disse: "Eu pareço um menino".

Eu disse: "Com o que você acha que eu me pareço?".

Ela disse: "Você é linda".

Eu disse: "Bom, obrigada... Mas quando as pessoas zombam de mim, é isso que elas usam. Elas dizem que eu pareço um menino, ou eu sou masculina demais, tenho opiniões demais, meu corpo é forte demais." E eu disse a ela, "Você me vê deixando o cabelo crescer?"

Ela disse: "não, mamãe".

Eu disse: "Você me vê mudando meu corpo?",

"Não, mamãe",

"Você me vê mudando o jeito como eu me apresento ao mundo?",

"Não, mãe".

"Você vê meus ingressos esgotando em shows em todo o mundo?",

"Sim, mamãe",

"É isso mesmo. Então, meu bebê, nós não mudamos. Nós pegamos as pedras e as conchas e fazemos pérolas. Nós ajudamos as outras pessoas a mudarem para que elas possam ver mais tipos de beleza."

E para todos os artistas aqui, sou muito inspirada por todos vocês. Obrigada por serem quem vocês realmente são. E por iluminar o caminho para nós. Sou totalmente inspirada por vocês. Continuem brilhando. Para o resto de nós vermos. E você, minha filha, você é linda. E eu te amo. Obrigada, MTV. Esta é uma noite muito especial. Obrigada, Ellen [DeGeneres], eu não poderia amar mais você. Obrigada, pessoal. Boa noite.

Este post foi traduzido do inglês.