go to content

Madonna caiu em prantos em um comovente tributo às vítimas dos ataques em Paris

Uma multidão de mais de 40 mil pessoas ficou totalmente quieta durante um comovente momento de silêncio.

publicado

A Madonna interrompeu o seu show em Estocolmo, Suécia, na noite de sábado com um poderoso discurso sobre os ataques terroristas de sábado em Paris.

"Foi muito difícil para mim chegar até aqui no show pensando no que aconteceu ontem à noite", ela disse ao público.

"Então preciso desse momento para reconhecer essa tragédia", disse Madonna. "Essas mortes trágicas, assassinatos, e o fim sem sentido de vidas preciosas que aconteceram ontem à noite em Paris."



"Isso me perturbou o dia todo", ela continuou. "E foi muito difícil pra mim fazer esse show porque eu me sinto perturbada pensando como eu posso estar aqui dançando e me divertindo enquanto as pessoas estão chorando a perda de seus entes queridos?"



Ela pontuou que os alvos dos ataques foram lugares de diversão — um restaurante, uma casa de shows, uma partida de futebol.


"Eu ia cancelar o meu show hoje à noite, mas pensei, por que dar esse gostinho a eles?", disse Madonna. "Por que eu deveria permitir que eles me impeçam e nos impeçam de aproveitar a nossa liberdade?"

Ela pediu um momento de silêncio para rezar pelas vítimas dos ataques. Não dava pra ouvir um só som na multidão de mais de 40 mil pessoas.

Madonna, então, caiu no choro antes de convidar o público para cantar "Like a Prayer" para as vítimas dos ataques de sexta-feira.

Madonna não é a única artista comovida com os ataques. O U2 cancelou um show ao vivo que estava marcado para ser filmado na HBO em Paris no sábado à noite. A banda, mais tarde, deixou flores em um memorial para as vítimas na capital francesa.


Além disso, os Foo Fighters também cancelaram o resto de suas datas da turnê europeia, que incluíam uma passada em Paris na segunda-feira, 16 de novembro.


Veja este vídeo no YouTube

Via youtube.com


Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss