back to top

Esta mulher deu a melhor resposta a comentários de body-shaming que recebeu

"Acontece que a felicidade não é um tamanho."

publicado

Megan Jayne Crabbe é uma inglesa de 24 anos da cidade de Essex. Ela é a responsável pela conta body-positive bodyposipanda no Instagram e no Twitter.

instagram.com

Recentemente Crabbe postou uma imagem de dois anos e meio atrás – uma época em que ela diz ter enfrentado dificuldades com sua aceitação corporal – junto com uma foto recente, para mostrar como ela sente que mudou.

Instagram: @bodyposipanda

Crabbe disse ao BuzzFeed News que, embora tenha recebido muito comentários de apoio, recebeu também alguns negativos. Por isso, mais tarde, Crabbe postou outra foto de "antes e depois", junto com respostas para alguns dos comentários negativos que recebeu.

A legenda dizia:

"Pera aí, então você decidiu ARRUINAR seu corpo?"

Não, eu só parei de me torturar todos os dias por não me encaixar em uma imagem que eu nunca deveria buscar.

"Mas para mim você parecia muito mais saudável antes."

Isso é engraçado, você parecia muito mais inteligente para mim antes de igualar saúde e peso, e esqueceu que saúde mental também é saúde.


"Você poderia ter se mantido a mesma e amado seu corpo, não era necessário engordar."

Eu poderia ter continuado a mesma e voltar a sofrer com o transtorno alimentar que quase me matou quando eu tinha 15 anos. Eu poderia ter continuado a passar fome e malhando por horas todos os dias, mas isso nunca me levaria a alcançar o amor próprio. Não importava quantos quilos eu perdia, sempre existia alguma coisa para eu odiar. E, obviamente, as pessoas não PRECISAM ganhar peso para descobrir o amor próprio, isso é apenas o que o meu corpo precisava para corresponder com minha saúde mental. ESTE É MEU CORPO FELIZ.

"Mas com certeza você não pode estar feliz com essa aparência agora, eu nunca me sentiria feliz com esse corpo."

Eu também achei que não, mas acontece que a felicidade não é um tamanho. E eu desperdicei muitos anos acreditando nisso. E agora eu não vou deixar de contar às pessoas que elas merecem a felicidade do jeito que são. Elas merecem viver a vida agora, não quando perderem 5 quilos. Elas merecem essa liberdade mental.

Então um recado para todos que estão lendo isso: Eu espero que você também alcance sua liberdade, da maneira que isso parecer. Eu estarei torcendo por você durante todas as etapas do caminho. 💜💙💚🌈🌞

P.s. estes são os comentários que recebi em minha última foto de antes e depois, e, para minha sorte, eles só me fizeram querer seguir em frente ainda mais 👊

Publicidade

A foto de Crabbe junto com a legenda viralizaram e receberam mais de 100 mil curtidas.

Crabbe disse que escreveu a legenda para destacar como é importante incluir a saúde mental em discussões sobre a saúde em geral.

instagram.com

"Muitas pessoas podem ver o meu 'antes'– mais magra e definida – e presumir que eu era bem mais saudável, quando na verdade eu estava completamente obcecada em perder peso e prestes a recair no transtorno alimentar que quase me matou quando eu tinha 15 anos", disse. "Este nível de obsessão e auto-aversão nunca poderia ser considerado saudável."

instagram.com

Ela disse que embora suas fotos ainda recebam comentários negativos, não se abala mais com eles.

instagram.com

"Eu recebi centenas de comentários de ódio, variando de pessoas me desejando a morte até a trolagem clássica de cuidados com a saúde que a maioria das contas body-positive recebe. Isso coloca em questão todo o sistema de crença deles de que 'magreza se equipara a estar sempre feliz e saudável', que eu acredito ser o motivo pelo qual a reação às minhas fotos é tão forte", disse ela.

"Esses comentários apenas comprovam que há muito trabalho pela frente para combater a gordofobia e o culto à saúde e para simplesmente explicar às pessoas que os corpos dos outros não pertencem a elas para que possam impôr regras."

Este post foi traduzido do inglês.