back to top

11 dicas para ter melhores orgasmos

Por Jenny Block, autora do livro O Wow: Discovering Your Ultimate Orgasm.

publicado
Jenny Block é uma escritora de estilo de vida e autora de O Wow: Discovering Your Ultimate Orgasm, por isso decidimos contatá-la para algumas dicas."O sexo deve ser divertido, bobo, emocionante, experimental, confuso, barulhento e sempre uma aventura. Ele deve seguir seu caminho, contanto que você esteja gostando e que seja da maneira que você goste", ela disse ao BuzzFeed. "Sexo não é colocar um pênis em uma vagina. Isso é o que muita gente faz. Isso não é o principal ou o mais importante. É apenas uma coisa. Temos que parar de fazer aquele sexo de procriação já que podemos sempre maximizar o potencial do nosso orgasmo".
Jenny Block

Jenny Block é uma escritora de estilo de vida e autora de O Wow: Discovering Your Ultimate Orgasm, por isso decidimos contatá-la para algumas dicas.

"O sexo deve ser divertido, bobo, emocionante, experimental, confuso, barulhento e sempre uma aventura. Ele deve seguir seu caminho, contanto que você esteja gostando e que seja da maneira que você goste", ela disse ao BuzzFeed.

"Sexo não é colocar um pênis em uma vagina. Isso é o que muita gente faz. Isso não é o principal ou o mais importante. É apenas uma coisa. Temos que parar de fazer aquele sexo de procriação já que podemos sempre maximizar o potencial do nosso orgasmo".

Aqui estão algumas das dicas simples de Jenny Block para ter melhores orgasmos e uma vida sexual mais rica: 🍑 👌 💦

1. A masturbação é a melhor maneira de descobrir suas preferências sexuais.

HBO / Via hbosgirls.tumblr.com

"Em primeiro lugar, sabemos que a masturbação é uma excelente ideia. Sério. É excelente. É segura e divertida e incrivelmente boa para você. O orgasmo é conhecido por aliviar a dor, estresse e insônia e para que você se sinta toda animada.

Se esta é sua primeira vez, não se preocupe. A melhor parte da masturbação é que você não tem que impressionar ninguém e é basicamente impossível fazê-la errado. Tudo que você tem a fazer é o que faz você se sentir bem. Então, busque algum lugar confortável que torne improvável que você seja pega (a menos que isso excite você, é claro!), obtenha alguns materiais inspiradores, se você curte – vídeos pornôs ou coisas eróticas para ler".

2. Se você está começando a se masturbar pela primeira vez, não coloque pressão sobre si mesma para chegar ao orgasmo.

CBS Films / Via pastalife.tumblr.com

"Não tenha pressa. Deixe suas mãos vaguear onde elas puderem até se sentir relaxada e pronta para se concentrar no evento principal. Em seguida, basta fazer o que faz você se sentir bem. Esfregando, acariciando, puxando, fazendo cócegas, tocando, penetrando, batendo ou uma combinação disso tudo, talvez. Você pode querer experimentar um vibrador (para mulheres) ou um masturbador masculino em formato de ovo ou tubo (para homens).

Faça o que fizer, não se concentre demais no orgasmo, especialmente se for a primeira vez. Masturbação, assim como sexo, deve ser orientada para o prazer, não orientada a um objetivo. O único objetivo deve ser desfrutar do momento e aprender o que funciona para você. Então você pode compartilhar com um parceiro o que você aprendeu e realmente começar a descobrir o seu orgasmo".

3. Pode exigir um pouco de prática encontrar o seu ponto G, mas vale a pena.

ABC / Via skeletalvanity.tumblr.com

"Eu gosto de chamá-lo de Zona G porque não é apenas um ponto minúsculo, é toda uma área de tecido esponjoso erétil. Para encontrá-la, insira dois dedos em sua vagina cerca 5cm para dentro, curva-os para cima e, em seguida, mova-os lenta e repetidamente em um movimento de "venha aqui". Você pode ajustar a velocidade, a pressão e a localização com base em como está se sentindo.

Quanto mais você envolver sua Zona G, mais molhada ela vai se tornar conforme ela incha e torna-se firme e cheia de fluído. Se o orgasmo for bom e funcionar, talvez seja seguido de uma ejaculação.

Você pode, é claro, ter um parceiro para fazer isso e você também pode usar um brinquedo, se você preferir. Há vários deles projetados com uma curva apenas para este uso!"

4. Há muitas opções quando se trata de comprar seu primeiro vibrador.

FOX / Via kucistov.tumblr.com

"Quando você está procurando seu primeiro vibrador, comece por fazer a si mesma estas perguntas:

-Você quer algo projetado para uso interno, para uso externo, ou ambos?

-Qual tamanho de brinquedo você gostaria?

-Qual o formato do brinquedo você gostaria?

-Que tipo de textura e material você gosta? Duro? Suave? Furadinho? Rígido? Mais macio? Silicone? Vidro? Madeira? Metal? Plástico?

-Ele precisa ser totalmente silencioso?

-Você quer uma velocidade apenas? Ou várias velocidades?

-Você quer que tenha mais de um padrão? (Isto é, em relação à vibração constante pulsante ou uma variedade de velocidades).

-Você está procurando algo que você possa usar sozinha, com um parceiro, ou ambos?

Uma bala como esta é um tipo de vibrador para preliminares de clitóris muito simples. Parece um ovo pequeno e, geralmente, tem uma velocidade de vibração constante. Além disso, você pode experimentar diferentes formas e tamanhos, incluindo aqueles que podem ser usados tanto interna como externamente, ao mesmo tempo, como o muito famoso vibrador Rabbit.

Há uma enorme variedade de empresas que produzem coisas deste tipo. LELO e JimmyJane são duas das minhas favoritas. Você pode comprar vibradores a partir de vários varejistas, seja on-line ou em estabelecimentos tradicionais. Nas compras on-line, eu sou uma grande fã de lugares como Good Vibrations, onde a quantidade de informação disponível é tão impressionante quanto a variedade de brinquedos".

5. Ao fazer sexo oral, tome o tempo que você achar necessário.

Soda Pictures / Via iscream-ice-cream.tumblr.com

"Boquetes são gostosos porque a boca é úmida e quente, a língua é capaz de estimular as áreas mais sensíveis do pênis, e a sucção é a melhor amiga de um cara.

Leve-o à sua boca 3 a 5 cm de cada vez, provoque-o, lamba-o a partir da cabeça de seu pênis até a base, use as mãos, não ignore as bolas dele, e – mais importante – preste atenção ao que está funcionando e o que não está. Se ele adorar o que você está fazendo, pelo amor de Deus, mantenha assim. E se ele não parece estar satisfeito, siga em frente. Trata-se de descobrir o que exatamente funciona para ele".

6. E também é muito importante que você realmente curta fazê-lo.

Warner Bros. Pictures / Via lustbox.tumblr.com

"O melhor conselho quando se trata de fazer um ótimo boquete é mostrar a ele o quanto o quanto você está gostando disso. Primeiro de tudo, se você o sente como obrigação, há um problema aí. O orgasmo pode ser todo dele quando se trata de um boquete, mas o prazer deve ser compartilhado pelos dois".

7. Isso se aplica também ao chupar uma vagina. O entusiasmo é tudo.

Jungle City Studios / Via gurl.tumblr.com

"Quando se trata de ir lá em baixo em uma mulher, comprometer-se é fundamental. Se não estiver totalmente a fim, é inútil. A coisa mais importante a lembrar é que o clitóris é o rei, e todo o resto são adoráveis adicionais.

Então, comece com tudo, exceto com ele. Beije e morda suas coxas levemente. Toque e massageie seus lábios. Abra sua vagina. Lamba a extensão do seu introito (abertura de sua vagina). E depois volte a morder e beijar suas coxas e provocar os lábios de sua vagina.

Não demorará muito antes que ela comece a levantar seus quadris, respirar profundamente, e talvez gemer ou, com alguma sorte, implorar por mais. Essa é a hora de se concentrar em seu clitóris – lambendo, chupando, sacudindo, o qualquer outra estimulação consistente e constante que pareça funcionar para ela. Uma vez que você entrar em um ritmo, não pare. Sério. Não pare até que ela chegue ao orgasmo ou lhe dê alguma indicação de que ela gostaria que você mudasse para outra coisa".

8. Quando estiver chupando alguém, definitivamente não tenha medo de usar as mãos.

Universal Pictures / Via teal-and-black-ladies.tumblr.com

"Se você quiser realmente levar as coisas para o próximo nível, esta é uma grande oportunidade de brincar com o orgasmo misturado. Use dois de seus dedos para penetrá-la (veja o método da Zona G acima), enquanto continua a estimular seu clitóris com a língua. Você também pode provocá-la pela parte de trás, se ela gostar. Com um pouco de lubrificante em seu dedo, provoque suavemente a abertura e deslize para dentro com a sua permissão. A estimulação de todos os três de uma vez, provavelmente, dará a ela o que eu gosto de chamar de o orgasmo final misturado."

9. Lubrificante é crucial se você está tentando qualquer coisa relacionada com sexo anal pela primeira vez.

Columbia Pictures / Via nikolai1994.tumblr.com

"Se você estiver interessado em experimentar sexo anal, lubrificante tem que ser o jogador-chave neste momento. O ânus, ao contrário da vagina, não é autolubrificante.

Comece devagar, passando seu dedo entre as pregas de sua parceira, parando para provocar na porta de trás conforme você avança. Quando ele ou ela estiver confortável, preste mais atenção à abertura, provocando suavemente a abertura, até você poder deslizar a ponta do seu dedo para dentro.

Certifique-se de perguntar, 'Está bom? e 'Você quer mais? antes de você ir mais longe. Algumas pessoas gostam de ser penetradas tão plenamente quanto possível. Outras preferem a provocação. Você também pode usar contas anais, que podem ser inseridas no ânus (com abundância de lubrificação) e, em seguida, puxadas lentamente para fora, uma conta por vez. Vibradores – com vibração e de outras funções – também podem ser usados. E eles vêm em todos os tipos de tamanhos e materiais! Os casais heterossexuais podem, é claro, fazer sexo anal contanto que ela esteja confortável com isso.

É importante lembrar que ninguém tem que concordar com o sexo anal ou qualquer outra coisa em si (mesmo se você tiver combinado antes). Se trata do que faz aquela pessoa sentir-se bem naquele momento!"

10. Se você tem dificuldade em abrir-se sexualmente, pratique por si mesma primeiro.

http://husssel.com/post/27102929968

"Quando você estiver sozinha, de preferência quando você estiver se masturbando, pratique. Diga as coisas que você se imagina querendo dizer a um parceiro, mova seu corpo das maneiras que realmente a excita, ao contrário das maneiras que você acha que 'deveria', faça barulho e o que mais você quiser.

As coisas mais importantes a lembrar são que não há nada de errado com o que quer que seus desejos pessoais sejam, e a pessoa com quem você está quer você, inteirinha, por isso, não há simplesmente nenhuma razão para ficar tímida".

11. E se você é uma mulher, lembre-se de que não há nada de vergonhoso em ser sexualmente livre.

Hit-Boy / Via the-king-of-coney-island.tumblr.com

"Nós vivemos em um clima muito estranho atualmente. Onde quer que você olhe, é o sexo, sexo, sexo na esfera pública. Mas quando se trata da esfera privada, ficamos cheios de vergonha, e não há simplesmente nenhuma razão para isso. As mulheres são sexuais. É biologia pura e simples.

E as mulheres são muito sortudas. Nós não temos nenhum período de descanso, o que significa que podemos ir mais e mais além sem parar para descansar, e nós temos o único órgão do corpo humano – masculino ou feminino – com prazer como o seu único objetivo – o clitóris. E, já que estamos falando sobre o assunto – a vagina de cada mulher é perfeita. Se você pensa de outra forma, você não merece sensualizar com uma. E se você é a dona da vagina e tem um problema com ela, é hora de fazer as pazes com suas partes. Vaginas são milagrosas, é hora de se acertar com elas".

💦 🍆 ✊Você pode comprar o livro de Jenny Block aqui.