back to top

We’ve updated our privacy notice and cookie policy. Learn more about cookies, including how to disable them, and find out how we collect your personal data and what we use it for.

O jornal mais importante da França chamou Eike Batista de "Steve Jobs brasileiro"

E não é a primeira vez que essa comparação aparece por aí.

publicado

Ontem, o Le Monde, o jornal mais importante de França, publicou uma matéria que quis localizar quem é Eike Batista, o rico empresário brasileiro preso na última segunda-feira (29).

Fin de cavale pour Eike Batista, le « Steve Jobs do Brasil », accusé de corruption https://t.co/twvr5ixsPE par Claire Gatinois #abonnés

O pessoal estranhou a comparação.

COMO ASSIM O LE MONDE DIZ QUE O EIKE É O JOBS DO BRASIL????? https://t.co/lyVimx1soU

Publicidade

Teve quem quisesse dar uma chance para o jornal francês.

Não sabia que Steve Jobs também tinha usado corrupção pra enriquecer. https://t.co/zW6x6iNfyK

E quem foi comentar só para tirar uma onda.

Dentro da matéria, o trecho que cita essa comparação explica que Eike era apresentado para as pessoas desta forma.

lemonde.fr

"Há quatro anos, ele era rico, famoso, adorado pelos poderosos e apresentado como o 'Steve Jobs do Brasil': conquistador, sedutor e talentoso'".

Aparentemente, quem começou a fazer esta comparação em 2012 foi Sérgio Cabral, na época, governador do Rio de Janeiro, atualmente, também preso.

painel.blogfolha.uol.com.br

Ocasião relembrada na última sexta-feira (27) pela coluna Painel da Folha de S. Paulo.

Publicidade