back to top

Desmentimos 12 mitos comuns sobre como preparar macarrão

Vamos parar de jogar macarrão na parede, por favor.

publicado

Por isso, listamos12 mitos comuns sobre macarrão que podem fazer você repensar os seus hábitos na cozinha:

1. Mito: Jogue um fio de macarrão na parede. Se grudar, ele está perfeitamente cozido.

Instagram: @povertys_king

Verdade: Tanto o macarrão cozido quanto o não cozido podem grudar na parede e a viscosidade não tem nada a ver com a textura. O macarrão contém amido e é revestido com uma fina camada que atua como cola. Em vez disso, experimente o macarrão de vez em quando durante o processo de cozimento para garantir que ele fique perfeitamente al dente.

2. Mito: Colocar sal na água faz com que ela ferva mais rápido.

Getty Images

Verdade: Colocar sal na água, na verdade, fará o contrário e aumentará o ponto de ebulição. O sal é usado para temperar o macarrão, não acelerar as coisas.

Publicidade

3. Mito: Enxaguar o macarrão com água fria após o cozimento impedirá que ele fique mole demais.

Getty Images

Verdade: A menos que você queira esfriar o macarrão rapidamente para fazer uma salada, deve evitar enxaguá-lo. O enxágue altera a textura do macarrão.

4. Mito: Colocar azeite na água impedirá que o macarrão grude em si mesmo.

Getty Images

Verdade: A única maneira de evitar que o macarrão grude é mexendo-o durante o cozimento. Muitos italianos desaconselham colocar azeite porque ele evita que o molho se fixe na massa.

5. Mito: Quebrar o macarrão ao meio fará com que ele cozinhe mais rápido.

Getty Images

Verdade: Quebrar o macarrão ao meio o ajudará a caber na panela, mas não o cozinhará mais rápido. O tempo de cozimento depende do diâmetro da massa, não do comprimento.

6. Mito: A água deve ser mantida em fervura durante todo o processo de cozimento.

Getty Images

Verdade: Na realidade, o macarrão não precisa necessariamente ser mantido em fervura. No livro de Kate Heyhoe, "Cooking Green: Reducing Your Carbon Footprint In The Kitchen" [Cozinha Sustentável: Reduzindo sua Pegada de Carbono na Cozinha, em tradução livre], Kate recomenda cozinhar o macarrão em água fervente por dois minutos e depois cozinhá-lo fora do fogo pelo restante do tempo.

Publicidade

7. Mito: O macarrão deve ser fervido descoberto, nunca com uma tampa.

Getty Images

Verdade: Cozinhar macarrão com uma tampa não mudará sua textura. Cozinhar com a tampa aumentará o risco de a fervura transbordar, mas não fará nada com o macarrão em si.

8. Mito: Ao fazer lasanha, a massa precisa ser completamente cozida antes da montagem.

Getty Images

Verdade: Se o molho estiver líquido o suficiente, não tem problema deixar de ferver a lasanha antes de montá-la. A água presente no molho cozinhará a massa enquanto a lasanha assa, deixando-a perfeitamente al dente.

9. Mito: Escorra o macarrão até que ele esteja completamente seco para evitar que o molho fique aguado.

Getty Images

Verdade: Um pouco da água do cozimento não deixará o molho aguado. O líquido com amido, na verdade, ajuda a fixar o molho na massa e cria uma textura mais suave.

10. Mito: Meio quilo de macarrão seco faz meio quilo de macarrão cozido.

Getty Images

Verdade: Embora meio quilo de macarrão seco realmente pese meio quilo, a forma da massa determina a quantidade de água que ela absorverá (maior área de superfície = mais absorção de água), alterando assim o rendimento final. Se você estiver alimentando muita gente, escolha o espaguete para obter o melhor custo-benefício (pensando apenas no peso).

Publicidade

11. Mito: Os italianos preferem apenas as massas frescas e acham que as massas secas são uma piada.

Getty Images

Verdade: Alguns pratos são melhor preparados com massa fresca, e alguns são melhor preparados com massa seca. A massa seca proporciona uma mordida macia, enquanto a massa fresca proporciona uma mastigação elástica.

12. Mito: Macarrão deve ser cozido apenas em água salgada.

Instagram: @mermaid_life_28

Verdade: Embora cozinhar macarrão em água salgada seja o método mais comum, as massas podem ser cozidas em diversos líquidos para alterar seu sabor e sua cor. Cozinhar macarrão em vinho tinto, por exemplo, é uma das maneiras de incrementar as coisas.

Publicidade

Correção [21 de julho, 11h30]:

Diferentemente do que estava escrito no item 3, o enxágue não tira todo o amido do macarrão. O texto foi corrigido.

Este post foi traduzido do inglês.