back to top

20 livros incríveis com mulheres fortes como protagonistas

O melhor: todos eles já têm edição em português.

publicado

1. "Americanah", Chimamanda Ngozi Adichie:

Knopf

Em "Americanah", de Chimamanda Ngozi Adichie, Ifemelu é uma nigeriana que passou os últimos 15 anos nos Estados Unidos obtendo sucesso acadêmico e escrevendo um blog bem-sucedido sobre o racismo no país.

Quando sua especialização na Universidade Princeton termina, ela volta para a Nigéria recém-democrática e encontra seu primeiro amor, Obinze. Uma saga épica de amor e identidade, "Americanah" é uma análise racial na vida norte-americana e nigeriana.

2. "A Tenda Vermelha", de Anita Diamant:

editoraarqueiro.com.br / Via editoraarqueiro.com.br

"A Tenda Vermelha", de Anita Diamant, conta a história de Diná, a filha de Jacó e Lia, uma mulher mencionada brevemente na Bíblia. O livro acompanha Diná em sua jornada, da infância na Mesopotamia à vida adulta em Canaã, e suas experiências na Tenda Vermelha, onde as mulheres se uniam na época do parto e da menstruação, compartilhando suas histórias e segredos, antes que ela se tornasse uma renomada parteira no Egito.

3. "Os Lança-Chamas", de Rachel Kushner:

saraiva.com.br / Via saraiva.com.br

Em "Os Lança-Chamas", de Rachel Kushner, uma jovem chamada Reno se muda para a Nova York dos anos 1970 em sua busca pela arte. Ao acompanhar a apresentação de Reno à cena artística de Nova York, e seu relacionamento com um escultor italiano rico e mais velho, o livro explora as várias faces da identidade, do gênero e da arte.

Publicidade

4. "Ella Enfeitiçada", de Gail Carson Levine:

Rocco

"Ella Enfeitiçada", de Gail Carson Levine, é uma releitura de "Cinderella" cuja protagonista, Ella, é muito melhor que a original. Embora nascida com o "dom" da obediência, Ella é forte, determinada e luta contra seu destino, no fim quebrando a maldição por meio de sua própria força e altruísmo.

5. "A Letra Escarlate", de Nathaniel Hawthorne:

Penguin/Companhia das Letras

Ambientada em uma colônia puritana, "A Letra Escarlate" é uma tragédia que possui a adúltera Hester Prynne como protagonista. Apesar de ser condenada por sua comunidade, Hester mostra força durante sua punição e, por meio de sua história, Nathaniel Hawthorne examina o conceito de pecado, consciência, vingança, sobrevivência e redenção.

6. "Caiu do Céu", de Hedi W. Durrow:

Leya

"Caiu do Céu", de Heidi W. Durrow, conta a história de Rachel, a única sobrevivente de uma tragédia familiar, que deixa Chicago para morar com sua severa avó afrodescendente, em uma comunidade majoritariamente negra. Conforme lida com o luto pela perda da sua família, Rachel também deve absorver novas noções sobre raça e identidade.

7. "A Canção de Alanna", de Tamora Pierce:

Única Editora

A jovem e corajosa Alanna sonha em se tornar uma cavaleira e guerreira, mas não pode treinar por ser mulher. Em um ato ousado, ela troca de lugar com seu irmão gêmeo, disfarçando-se de menino, e começa a treinar como pagem no palácio do rei.

Publicidade

8. "Jane Eyre", de Charlotte Brontë:

Dover Publications

Jane Eyre é uma mulher complexa da era vitoriana que trabalha como governanta. Independente, forte e feminista, ela é uma personagem inesquecível em um romance clássico que explora classes sociais, amor, sexualidade e moralidade.

9. "Mulherzinhas", de Louisa May Alcott:

L&PM Pocket

"Mulherzinhas" conta a história de quatro irmãs que cresceram na pobreza da Inglaterra da época da guerra civil. De suas infâncias cheias de criatividade às suas buscas na vida adulta, Meg, Jo, Beth e Amy demonstram sua força interior e uma vitalidade estimulante e inspiradora.

10. "Três Mulheres Fortes", de Marie NDiaye:

Cosac Naify

"Três Mulheres Fortes", de Marie Ndiaye, acompanha três mulheres imigrantes do oeste da África na França que descobrem sua força interior por meio de suas tribulações. Poderoso e instigante, o livro explora o sofrimento humano, a vulnerabilidade e a força.

11. "Tópicos Especiais em Física das Calamidades", de Marisha Pessi:

Nova Fronteira

No livro, a inteligente e intelectual protagonista Blue van Meer acaba de entrar na prestigiosa escola preparatória St. Gallway School. No entanto, após se envolver com um grupo de estudantes de elite, conhecidos como os "Sangues-azuis", ela rapidamente se vê no meio de um misterioso assassinato.

Publicidade

12. "O Conto da Aia", de Margaret Atwood:

Rocco

O clássico romance de Margaret Atwood, "O Conto da Aia", pinta o retrato de um futuro aterrorizante, onde as mulheres estão subjugadas em uma ditadura militar baseada na teocracia. A protagonista Offred é uma aia, cujo único uso oficial é dar à luz os filhos das classes dominantes.

13. "Coraline", de Neil Gaiman:

HarperCollins

Nesse misterioso romance de Neil Gaiman, a família de Coraline se muda para uma nova casa, onde ela descobre uma passagem para um universo espelhado alternativo. O outro mundo parece ser muito melhor que o original, mas Coraline acaba percebendo que nem tudo é o que parece ser.

14. "Filha da Fortuna", de Isabel Allende:

Bertrand

Eliza Sommers, de "Filha da Fortuna" é uma jovem órfã que acaba indo do Chile para a Califórnia, na Corrida do Ouro de 1849, seguindo os passos de seu amante. Na Califórnia, ela encontra independência e liberdade no meio da febre do ouro, e o que começa como a busca por seu amor perdido se torna uma jornada de autodescoberta.

15. "Sonhos Cubanos", de Cristina García:

Record

"Sonhos Cubanos", de Cristina García, acompanha três gerações de mulheres, começando com Celia del Pino, cada uma tendo sido profundamente afetada pela Revolução Cubana. Apesar da Revolução, os poderes visionários e a clarividência das mulheres não diminuem no meio da corrupção e das brigas familiares por conta da política e da geografia.

Publicidade

16. "Anne de Green Gables", de L.M. Montgomery:

Martins Fontes

Anne Shirley é uma alegre órfã de 11 anos que é mandada para Green Gables para viver com dois irmãos e ajudar com os afazeres domésticos em sua fazenda. Ela rapidamente se adapta à vida em Avonlea e acalenta os corações de todos a seu redor, prosperando em uma pequena vila rural e crescendo para se tornar uma notável mulher.

17. "O Coração é um Caçador Solitário", de Carson McCullers:

Cia das Letras

"O Coração é um Caçador Solitário", de Carson McCuller, se passa em uma pequena cidade do sul dos Estados Unidos e gira ao redor de um grupo de cinco desasjustados que se unem por conta de seu isolamento. Mick Kellye é uma adolescente que encontra conforto na música e, diferentemente dos outros quatro, luta contra sua solidão, procurando beleza, em vez de violência, sexo ou álcool.

18. "A Parábola do Semeador" (cujo lançamento no Brasil está previsto para o primeiro semestre de 2018), de Octavia E. Butler:

Grand Central Publishing

"A Parábola do Semeador", de Octavia E. Butler, se passa em um Estados Unidos distópico, onde problemas ambientais e econômicos levaram ao declínio da humanidade. Quando Lauren Olamina, de 18 anos de idade, a filha de um ministro, perde sua família e seu lar, ela parte em uma jornada com outros refugiados e luta por sua sobrevivência enquanto explora uma nova fé.

19. "A Espiã", de Louise Fitzhugh:

Cia. das Letras

Harriet M. Welsch é uma garota curiosa e inteligente que sonha em se tornar uma autora famosa. No entanto, por enquanto, ela é uma espiã, escrevendo tudo o que sabe sobre seus amigos e colegas de classe em seu caderno secreto. Porém, quando seus colegas de classe encontram o caderno e o leem em voz alta, Harriet tem que encontrar uma forma de reparar seus relacionamentos danificados.

Publicidade

20. "A Amiga Genial", de Elena Ferrante:

Biblioteca Azul

"A Amiga Genial", de Elena Ferrante, conta a história de duas meninas que cresceram nos arredores de Nápoles, na Itália, nos anos 1950. Apesar da infância pobre, as duas moram em um bairro repleto de vida e aprendem a contar uma com a outra, conforme seu país e suas vidas passam por enormes mudanças.

Qual é o seu livro favorito que tem uma mulher forte como protagonista? Conte para nós nos comentários.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

Este post foi traduzido do inglês.