back to top

Duas garotas que ostentavam suas viagens no Instagram foram presas com R$ 75 milhões em cocaína

Lindas fotos, meninas.

publicado

Três canadenses que faziam um cruzeiro de luxo de dois meses foram detidos na Austrália após autoridades descobrirem que eles estavam levando cerca de US$ 23 milhões (R$ 75 milhões) de cocaína em suas malas.

Instagram

A descoberta da droga foi feita pela Guarda de Fronteira da Austrália, quando o cruzeiro atracou no porto de Sydney, no domingo (28).

Ao revistar as cabines, policiais encontraram a cocaína em malas de viagem que pertenciam a três canadenses. Eles foram detidos e acusados de "importar uma quantidade comercial de cocaína". A pena máxima para o crime é a prisão perpétua.

Os canadenses foram identificados como André Tamine, 63, Isabelle Lagacé, 28 e Melina Roberge, 22. Os três são do Quebec, embora não esteja claro como as duas jovens estão ligadas ao terceiro suspeito.

Lagacé e Roberge vinham documentando sua viagem com inúmeras fotos no Instagram e no Facebook.

Facebook

O MS Sea Princess partiu de Londres no início de julho e, de acordo com o jornal canadense "La Presse", fez várias paradas, incluindo Nova York, Bermuda, Colômbia, Peru, Chile e Nova Zelândia. A Austrália seria seu ponto final.

Atualização (01/09/2016 16:29):

Atualização (01/09/2016 16:29): O valor da cocaína foi atualizado. Na primeira versão do post, o valor em dólares canadenses foi convertido para real como se fosse dólar americano.