go to content

O que 21 pessoas esperavam dos seus 30 anos e o que descobriram ao chegar lá

"Achava que as pessoas de 30 eram MUITO VELHAS e, né? Estamos aí sendo jovens"

publicado

1. "Quando eu era bem novinha tinha certeza que ia estar casada e ter filhos, vida financeira arranjada; depois percebi que não ia ser bem assim! Dá uma certa aflição de pensar que tanta gente com mais de 30 já tá super arranjado na vida e eu aqui pagando aluguel. Por outro lado, eu achava que depois dos 30 a gente tinha que ser sério e que eu ia ter rugas, e tamo aí falando bobagem o tempo todo e com uma pele bem boa." Gabriela Bianco, publicitária.

2. "Eu pensei que já teria a minha casa própria, e achava que eu ia me sentir velha e responsável. Mas ainda me vejo uma adolescente que só faz merda. Pelo menos moro sozinha." Renata Carvalho, analista de vendas.

3. "Queria ter tido meu próprio apartamento e ter encontrado um companheiraço pra dividir a vida, mas outras coisas boas vieram, como entender que a minha família é parte fundamental na minha vida, aprender a identificar quem realmente merece meu amor e, principalmente, descobrir que não precisa ter uma fortuna para me sentir realizada." Francine Costanti, jornalista.

4. "Esperava que já tivesse um skate voador e claramente não rolou." Eduardo Viveiros, jornalista de moda.

5. "Eu nunca esperei nada, nem comprar apartamento, carro, morar fora ou ter filho. Porém já casei, descasei, mudei de cidade, casei de novo e adotei um cachorro. Não me sinto como um cara de 30, pensando nos meus pais com essa idade. Só me sinto mais velho pelo corpo mesmo. Por exemplo: ontem não fui jogar basquete porque deu um treco na circulação das minhas pernas que, puta merda, como dói. Me senti morrendo, saca?" Pedro Jansen, redator.

6. "Só sei que achava que as pessoas de 30 eram MUITO VELHAS e, né? Estamos aí sendo jovens." Caio Boggiss, administrador.

7. "Lembro de falar, quando criança, que ia casar e ter filho com 28, mas era mera referência lá de casa, porque era a mesma idade que minha mãe casou e teve filho." Bia Bonduki, jornalista.

8. "Ir para a Disney. Eu tinha certeza que iria até meus trinta, mas já passou #feelingchatiado,' Felipe Abe, fotógrafo.

9. "Não que eu desejasse, mas achava que acontecia organicamente como a puberdade: ser parte de um casal estável, ter filhos, comprar casa própria, dirigir. Nada disso rolou, mas em contrapartida tenho um monte de tatuagens, aprendi a falar inglês fluente, faço terapia, aprendi a ligar o foda-se e a ser uma pessoa pontual." Susana Cristalli, coordenadora de conteúdo.

10. "Não sabia que ia virar uma pessoa caseira e que conversa sobre colesterol com a colega da firma. Quando criança achava pessoas de 30 velhas, agora com 30 percebo que idade não faz a menor diferença em nada, tenho amigos de 18 e de 60 anos. Ah, também achava que ia super madura e tal, mas também não deu." Thais Orlandi, roterista.

11. "Eu não esperava que nessa idade já tivesse viajado tanto e para tantos lugares, quando eu era criança viajar era uma coisa muito inalcançável e hoje em dia é possível e provavelmente meu maior prazer. Achava também que meus gostos eram imutáveis, hoje eu sei que tudo bem mudar de gosto e de ideia, e pensava que quando adulta ia comer todas as merdas que eu gostava, hoje em dia eu odeio as merdas e adoro comer direito. E cozinhar!" Ligia Helena, jornalista.

12. "Já estamos em 2015 e ainda não começamos a usar as roupas prateadas do ~~ futuro ~~." Bruno Aguiar, assessor de imprensa.

13. "Quando eu tinha 10 anos achava que ia ser jogadora de vôlei, ganhar as Olimpíadas, ter marido, filho - que eu mesmo tivesse gerado, cachorro, carro e casa. Hoje moro em uma república com outras 5 pessoas, não quero casar, mas quero comprar um apartamento e adotar uma criança aos 40." Clarice Sá, jornalista.

14. "Minhas prioridades mudaram, eu sempre me preocupei com o tradicional pacote marido e filhos e nunca achei que seria uma grande profissional. Hoje em dia estou aonde gostaria de estar profissionalmente e marido e filhos não estão nos meus planos. E também não parava para pensar que meus pais iriam começar a ficar velhos, isso parecia exclusivo dos avós." Monica Cury, relações públicas.

15. "Nunca vi um Parque de Dinossauros dar certo." Daniel Feltrin, funcionário público.

16. "Eu achava que aos 30 teria um apartamento, carro e seria casada. Foi frustrante o passar dos anos até que eu percebi que eu não queria nada disso. Que eram coisas que eu dizia pra mim mesma porque todo mundo diz, mas que eu não ouvia o que eu de fato queria. Hoje eu me preocupo mais em viver o dia-a-dia e me planejar pro futuro, mas sem ficar pirada porque não tenho o tipo de vida que as pessoas querem ter." Marina Bonafé, analista de redes sociais.

17. "Achava que aos 30 eu estaria no meu emprego dos sonhos, viajando o mundo, lendo todos os livros possíveis e vivendo a vida como eu achava que deveria viver. Mas na real eu segui tudo o que queriam que eu fizesse: comprei casa, arrumei trampos coxas, vivi de salário em salário, passei anos explicando porque não casei/falhei na vida amorosa." Lucila Longo, assessora de marketing .

18. "Depois dos 30 tive um filho gay e virei ativista." Maju Giorgi, militante LGBT.

19. "Eu tinha uma bicicleta, mas aos 30 queria ter um carro. Morando em SP ainda tenho uma bicicleta, e Deus me livre ter um carro." Rafael Arrais, gerente de mídia.

20. "Achei que já teria estabilizada financeiramente, não estou :( Achei que teria cabelos brancos, não tenho :)" Nuta Vasconcellos, redatora.

21. "Achei que fosse estar casada ou pelo menos juntada, mas não estou nem perto disso. Também achei que teria filhos e não rolou. Nunca achei que teria problemas com meu peso e com minha auto-estima, quando criança eu tinha uma ALTA estima! Mas não pensava que seria tão independente, que teria tanta felicidade no meu trabalho e que fosse encontrar tantas pessoas iguais a mim! Como eu me sinto com o que não rolou? Ainda pode rolar, sou otimista!" Ana Thais Vargas, obstetra.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss