back to top

Luis Miranda conta que ainda é confundido com garçom só por ser negro

Em entrevista ao BuzzFeed Brasil, o ator global falou sobre racismo no dia-a-dia.

publicado

Durante a coletiva de imprensa do "Zorra", conversamos com o comediante Luis Miranda sobre racismo. De pronto, o ator contou que no dia anterior havia passado por uma situação de preconceito.

Luis havia ido almoçar em um restaurante quando foi abordado por uma cliente que achou que ele era funcionário do local só por ele ser negro. "Fui ao banheiro e uma mulher me confundiu com o garçom. Eu fiquei puto porque ela nem pediu desculpas", disse, em entrevista ao BuzzFeed Brasil.O ator comentou ainda que achou ainda mais absurdo o ocorrido pelo fato de que não havia nenhum garçom negro no local. "Era um restaurante chinês", disse. Luis Miranda contou que antes de ir embora, fez questão de "mandar um bilhete um pouco desaforado".Para ele, a questão mais importante é que as pessoas não prestam atenção nas outras. "As pessoas precisam observar antes de qualificar, não se entra em um lugar e pede uma mesa para quatro pessoas [para qualquer pessoa]. Não é assim que a banda toca", diz.
TV Globo / Fabio Rebelo

Luis havia ido almoçar em um restaurante quando foi abordado por uma cliente que achou que ele era funcionário do local só por ele ser negro. "Fui ao banheiro e uma mulher me confundiu com o garçom. Eu fiquei puto porque ela nem pediu desculpas", disse, em entrevista ao BuzzFeed Brasil.

O ator comentou ainda que achou ainda mais absurdo o ocorrido pelo fato de que não havia nenhum garçom negro no local. "Era um restaurante chinês", disse. Luis Miranda contou que antes de ir embora, fez questão de "mandar um bilhete um pouco desaforado".

Para ele, a questão mais importante é que as pessoas não prestam atenção nas outras. "As pessoas precisam observar antes de qualificar, não se entra em um lugar e pede uma mesa para quatro pessoas [para qualquer pessoa]. Não é assim que a banda toca", diz.

Luis Miranda disse que uma das expressões racistas que mais lhe incomodam é a "neguinho". "O tal do 'neguinho' me incomoda muito. 'Neguinho fez isso, neguinho faz aquilo'".

"Falar 'neguinho' é a mesma coisa que falar 'negro'. Sempre soa mal para quem é negro e o uso recorrente da expressão vem sempre carregada de preconceito", observa o ator.Para Luis, não adianta tentar dizer que a expressão não tem a ver com os negros. "Não adianta querer falar que usou 'neguinho' como expressão. É uma coisa de raça sim, mesmo que a situação não tenha nada a ver", finaliza.
Rede Globo/ Divulgação/ Tata Barreto

"Falar 'neguinho' é a mesma coisa que falar 'negro'. Sempre soa mal para quem é negro e o uso recorrente da expressão vem sempre carregada de preconceito", observa o ator.

Para Luis, não adianta tentar dizer que a expressão não tem a ver com os negros. "Não adianta querer falar que usou 'neguinho' como expressão. É uma coisa de raça sim, mesmo que a situação não tenha nada a ver", finaliza.

Veja também: