back to top

16 dicas avançadas para curtir São Paulo de graça

De concerto à ioga, passando por dança e cineminha.

publicado

1. Se você for estudante universitário, pode assistir aos espetáculos da OSESP na Sala São Paulo de graça.

commons.wikimedia.org

Basta fazer um cadastro no site Passe Livre Universitário e se inscrever nos concertos disponíveis pela OSESP. Toda quarta-feira são disponibilizadas cotas de ingressos para a inscrição nos concertos da semana.

3. A cidade conta ainda com oito teatros públicos espalhados por toda São Paulo.

prefeitura.sp.gov.br

Os teatros contam com programação de peças, shows e muitas vezes apresentações nos espaços externos. Na maioria das vezes a distribuição de ingressos é feita com uma hora de antecedência. Veja aqui as unidades.

4. O Theatro Municipal de São Paulo oferece uma série de espetáculos gratuitos.

pt.wikipedia.org

Corais, orquestras, balé. Tem de tudo um pouco na programação do Theatro Municipal de São Paulo. O melhor é que acompanhando a agenda no site você encontra várias apresentações que têm entrada franca.

5. E, se para você não basta ver, o Theatro Municipal oferece aulas grátis de dança.

theatromunicipal.org.br

Além do Programa de Formação em Dança, que tem duração de nove anos, a Escola de Dança de São Paulo oferece também cursos livres de graça ministrados pelos mesmos professores. Confira aqui.

6. Você pode aproveitar as atividade da Universidade de Meio Ambiente e Cultura de Paz, que é pública.

blogumapaz.blogspot.com.br

Sim, a cidade conta com uma universidade pública que foca em meio ambiente e cultura de paz. São palestras, cursos, campanhas, workshops com temas super variados que vão desde meditação até veganismo e reuso de água. Além disso a UMAPAZ oferece atividades permanentes como prática de Tai Chi e trilhas monitoradas nos parques da cidade. Veja a programação completa aqui.

7. Aproveite também as bibliotecas públicas e os cursos que elas oferecem gratuitamente.

bsp.org.br

São Paulo conta com duas bibliotecas estaduais na capital, a Biblioteca de São Paulo, e a Biblioteca Parque Villa Lobos, que contam com uma extensa programação de cursos e palestras. Além delas, o município conta com 107 bibliotecas espalhadas por toda cidade, então não tem muita desculpa para não aproveitar e fazer um rolê mais cultural, né?

8. O Auditório Ibirapuera oferece shows e cinemas ao ar livre na plateia externa.

Flickr: soldon

Quase todo mundo sabe que a plateia externa do Auditório Ibirapuera é recheada de boa programação. Além de shows, a casa oferece apresentações musicadas de filmes ao ar livre. A dica é ficar esperto na programação de grandes eventos e festivais: em geral, quando rolam eventos longos a empresa é obrigada por contrato a realizar pelo menos uma apresentação gratuita. Confira aqui.

10. E você sabia que a cidade conta com 11 salas de cinema grátis?

capital.sp.gov.br

Pois é, a prefeitura de São Paulo mantem o programa Circuito Spine em 12 pontos da cidade. Deles apenas um tem entrada paga, o Cine Olido, no centro da cidade, em que o ingresso custa R$ 8 a inteira e R$ 4 a meia entrada. Confira a programação aqui.

11. Pratique esportes em um dos 48 clubes esportivos da cidade.

Fabio Arantes / Via fotospublicas.com

A cidade conta com aulas e prática de 34 modalidades em seus 48 clubes esportivos. Em geral as inscrições são concorridas, mas vale sempre encontrar a unidade mais próxima da sua casa e tentar.

12. Os centros esportivos também oferecem aulas de lutas.

Lizalica / Getty Images

Jiu-Jitsu, Judô, Karatê, Kickboxing, Muay Thai e Tai-chi-chuan são algumas das modalidades oferecidas nos centros esportivos da cidade. Para ver como se inscrever e qual é o mais próximo da sua casa, clique aqui.

13. O Senac oferece cursos de graça e conta com um grupo de aprendizagem também gratuito.

Facebook: senacsaopaulo

Para participar, dos cursos é preciso ter renda familiar per capita de até dois salários mínimos, não estar participando de nenhum outro processo de bolsas de estudos do Senac São Paulo, não estar matriculado no Senac São Paulo no mesmo curso ou período que o curso desejado e não ter abandonado nenhum curso no Senac São Paulo como bolsista nos últimos dois anos. Para mais detalhes é só clicar aqui.

14. Use o aplicativo do CCBB para acompanhar a programação e retirar ingressos com hora marcada.

play.google.com

O Centro Cultural Banco do Brasil conta com uma intensa programação cultural. Para acompanhar sua programação você pode baixar o aplicativo. Além de saber tudo que está rolando, você pode retirar seu ingresso online com hora marcada para as exposições que são sempre de entrada franca. Baixe aqui para Android e aqui para IOS. Ah, e a dica para quem quer comprar ingresso para as peças é ir até o CCBB no último domingo do mês, quando abrem as vendas para o mês seguinte.

15. Acompanhe todas as atividades culturais da cidade lendo a revista "Em Cartaz" online.

prefeitura.sp.gov.br

Distribuída pela prefeitura nos pólos culturais da cidade, a revista "Em Cartaz" tem também sua versão online e traz mensalmente a programação gratuita de São Paulo. Leia aqui.

16. Uma outra opção para saber o que está rolando é a plataforma colaborativa SP Cultura.

spcultura.prefeitura.sp.gov.br

Criada pela prefeitura, a plataforma é livre para quem quiser inserir sua atividade cultural – na maioria das vezes de entrada franca. O sistema conta ainda com uma ferramenta que localiza a atividade mais próxima de onde você está. Acesse aqui.