back to top

Blogueiras de moda postam foto sem maquiagem no mais novo desafio da sua timeline

Lançada nos EUA, a campanha já conta com diversas participações brasileiras e propõe que mulheres tirem fotos sem maquiagem para gerar reflexões sobre os padrões de beleza.

Posted on

1) Como você tomou conhecimento do ‪#‎stopthebeautymadness‬ ?

Uma amiga me mandou ontem de noite esse ~desafio~ no Facebook, eu já tinha visto algumas campanhas de postar foto sem maquiagem mas achei que o STOP THE BEAUTY MADNESS tinha um conceito bem mais profundo.

2) Porque decidiu participar?

Por que eu vejo essa onda da mudança chegando e eu quero de verdade fazer algo. Quero que minhas amigas, minha irmã, minha mãe, minhas leitoras façam algo. Eu acho que a gente têm tido conversas sobre isso ultimamente que tão ajudando a criar essa consciência de que "não, as coisas não estão normais".

3) Qual foi a reação das leitoras?

Minhas leitoras sempre gostam muito quando eu publico um papo mais sério lá no blog (é a tag "desabafo"). Por mais que o core do blog seja moda/beleza/consumo, é sempre muito mais numa pegada de sonho e auto-estima do que de cegueira.

4) Porque você acha importante esse tipo de ação?

É importante chamar atenção porque essas coisas estão enraizadas na nossa cultura, a mulher desde pequena cresce com cobranças físicas, com competição diante de outras mulheres. Não dá pra reaprender da noite pro dia, então vai ser necessário muita campanha. E se a gente não consertar as coisas agora, que conserte pras nossas filhas... pras nossas netas...

Advertisement

Assim como a Lia fez em seu blog, outras blogueiras participaram, sempre compartilhando relatos super bacanas:

Stephanie Noelle do Chez Noelle

A linda da Gabi Barbosa me convidou pra participar da campanha #stopbeautymadness, ou seja, postar uma foto minha sem maquiagem nenhuma.

A campanha, assim como a iniciativa linda do #TerçaSemMake das meninas do GWS - Girls With Style, tem como intuito fazer a gente gostar de nós mesmas, independentes de qualquer padrão hoje em dia, e nos desafia a mudar o jogo. Se amar do jeitinho que a gente é, e usar maquiagem quando estiver afim, porque gosta, não porque precisa ;)

Babee

[ DE CARA LIMPA ] Ontem eu fui desafiada pela MulherVitrola a postar uma foto de "cara lavada", sem maquiagem, sem base e corretivo para o incrível #StopTheBeautyMadness, que está aí pra mostrar que somos muito mais bonitas do que imaginamos e que beleza é algo muito peculiar e raro, pois cada traço, cada mancha, cada coisinha é exclusivamente sua

A minha foto não é tão recente, mas é a com melhor qualidade que eu tenho sem maquiagem (e eu tenho o péssimo costume de não olhar pra lente quando tiro fotos), mas acabo sempre postando fotos sem maquiagem, nem ligo

E só reinterando o que a Paty do Avec Mes Louboutin disse sobre esse desafio: "O intuito não é apenas "vilanizar" o uso dos cosméticos, e sim lutar contra os padrões absurdos impostos a nós mulheres. "

Bruna Vieira do Depois dos Quinze.

Já gravei vídeo e tirei muita foto de cara lavada ou acordando (como essa), então resolvi mostrar algo que nem todo mundo já reparou, mas faz parte de mim: sou estrábica.

Sempre que posto uma foto de quando eu era criança perguntam como eu me curei, mas meu caso não é cirúrgico. Não aparece nas fotos e vídeos porque uso lente ou óculos o dia todo, mas esse "defeito" foi um trauma que me perseguiu durante toda a infância e parte da adolescência. Eu me sentia feia e não tinha coragem de olhar nos olhos das pessoas porque achava que isso incomodava.

Uso lente porque preciso enxergar (tenho 5 graus de hipermetropia também), mas hoje não é algo que me faça sentir feia. É um detalhe que me torna mais especial.

Se os meus filhos nascerem assim também quero que eles acreditem nisso desde cedo.

Victoria Siqueira do Boborlentando

Achei que fosse ser fácil, mas não foi. Quem me convive comigo há bastante tempo sabe que eu já tive meus autos e baixos com relação a como eu me sinto comigo mesma. Boa parte disso foi herança de uma adolescência cruel, em que eu nunca me enquadrava nos ~padrões de beleza~. Pela altura, pelo peso, pela pele cheia de espinhas, por não ser loira, por não ter olhos claros, por ter peitos demais (sim, isso é um problema quando você está no colégio), por não ser tão delicada, por gostar de me vestir de um jeito x (fui julgada num colégio porque ia "arrumada", vejam vocês). Nunca fui a mais bonita do colégio e sempre vivi a sombra da gata da turma. Por muito tempo me escondi atrás de uma casca do que as pessoas gostariam que eu fosse, como uma forma de me enquadrar e me sentir parte de um grupo. (...)

O que eu ganhei em troca? Uma coleção de frustrações, de traumas e um sentimento de "como eu permiti que as pessoas moldassem o que eu sou e o que EU quero ser". Virei uma pessoa extremamente auto-crítica comigo mesma em muitos aspectos e por muitas vezes, isso me fez sofrer. (...) Hoje me sinto muito mais confortável com quem eu sou e com o que eu quero ser. Porque sim, eu quero mudar, mas mudar porque EU quero, e não porque os outros querem. Ainda tenho um longo caminho pela frente, mas acredito que já dei longos passos até aqui e acho que a maior prova é essa: duas fotos minhas, sem maquiagem nenhuma e expondo duas das coisas que normalmente mais me incomodam e que sempre estão escondidas embaixo do corretivo e base de cada dia: as sardas misturadas com as manchas de acne que não saíram no peeling e minhas olheiras. (...) O que importa é você se sentir confortável com o que você é, porque é assim como eu me sinto hoje. (sem maquiagem e sem franja também que é pra ver as marca tudo sim)

Acompanhe as tags #stopthebeautymadness e #‎stopbeautymadness‬ no Facebook e veja quem mais vai topar o desafio.

Promoted

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss