back to top

32 coisas que mostram que a Santa Cecília é o melhor bairro de SP

Tipo conseguir identificar as tribos do minhocão com os pés nas costas.

publicado

1. Uma das coisas que você mais curte é o fato de morar em um bairro e ao mesmo tempo estar praticamente no centro.

2. O que faz com que você dependa muito pouco de carro e realmente curta o seu bairro.

3. Sempre se encanta com a mistura de novos prédios com antigos casarões.

4. Como você está coladinho ao bairro do Higienópolis, tem muitas opções de lojas e lugares chiques para ir.

5. E como também está bem perto do centro, tem também ótimas opções de coisas baratinhas.

6. Tem gente que chama o bairro de "Baixo Higienópolis", mas a maioria das pessoas se orgulha em dizer que é SANTA CECÍLIA DE VERDADE.

7. Mas pra bem falar a verdade ninguém sabe direito o que é Santa Cecília, Higienópolis e Barra Funda.

8. Você ama o fato de ter duas estações de metrô perto de você: Santa Cecília e Marechal Deodoro.

9. Só que isso sempre deixa os visitantes confusos quando você fala que é para descer na Marechal, sendo que a Santa Cecília é a que leva o nome do bairro.

10. Você acha muito maneiro ter uma rua fervida como a Canuto do Val.

11. Mesmo ela sendo meio cafona, com uma "calçada da fama" e uma loja de souvenir temático da rua.

Publicidade

12. Você sabe que a melhor coisa que você tem a fazer é se manter de fora das polarizações do bairro.

13. Porque na Santa Cecília existem os que amam e os que odeiam o fato do bairro agora ser pop.

14. Tem os que defendem e os que criticam o Parque Minhocão. Mas pelo menos nesse caso quem defende o parque e quem defende a demolição do Minhocão contam com bons argumentos.

15. E também os que amam e os que odeiam as novas ciclofaixas que se espalharam pelo bairro.

16. Você ama o fato dos estabelecimentos reunirem serviços completamente aleatórios como restaurante japonês junto de uma floricultura.

17. Ou um cabeleireiro que oferece xerox e vende crédito pra celular.

18. Você tem todo um esquema para conseguir pegar mesa no Rota do Acarajé antes que lote de uma hora pra outra.

19. Até hoje você tá tentando entender a recente concentração restaurantes japoneses no bairro.

20. E também não entende porque o Boteco Prato do Dia tem esse nome se não é boteco e não serve pratos.

21. Você até curte o clássico Fuad, mas os donos são tão contra tanto avanço no bairro e isso acaba dando um pouco de preguiça de ir.

Publicidade

22. Curte tomar uma cerveja no La Mision, que vende cerveja a preço honesto e tem comida mexicana.

23. Na verdade você ama o fato de ter a Feijoada da Bia e outros restaurantes fora de rota clássica de restaurantes da cidade bem pertinho de você.

24. Você já cansou de cruzar com o cachorro que passeia com a bixiga na boca.

25. E também com o cara que anda de skate e finge não ter pernas, mas tem.

26. Aos sábados, feira da Adolfo Gordo é parada obrigatória.

27. Ou então no "Elevado", o café que abriu há poucos meses e tem várias exposições de arte bacanas.

28. Você já sabe que existem muitas tribos no Minhocão: o povo do fitness correndo, a galera de roller derby, o povo de humanas fazendo performance, a galera fotógrafa e por aí vai.

29. Curtir um dos eventos da associação Santa Cecília, sempre por um acaso porque você não encontra a programação em lugar nenhum.

30. Ou então uma ida ao novo food park da Marechal que nunca está lotado.

31. Acha muito maneiro o fato de ter sinagogas ao lado de igrejas sem nenhum problema.

32. Na verdade a mistura é o que você mais ama, afinal só na Santa Cecília você vê um artista pelado ao lado de um rabino, um morador de rua e uma madame passeando com o cachorro.

Publicidade

Colaboraram: Fergolina Heinz, Marcelo Kzm, Susana Cristalli, Bruno Palma e Isabela Hubner.

Publicidade