back to top

12 segredos que os dermatologistas nunca te dirão e 12 coisas que eles querem muito que você saiba

Pela CENTÉSIMA VEZ, nosso trabalho não é só espremer espinhas ou receitar cremes para o rosto.

publicado

1. Por favor, parem de nos pedir para dar uma "olhadinha" em seus calombos, espinhas, manchas e pintas.

Warner Bros.

Muitas vezes, nossos amigos, conhecidos e paqueras simplesmente não conseguem resistir ao impulso de baixarem suas calças na nossa frente para mostrar uma "coisinha estranha que viram na pele". Por favor, não faça isso, especialmente quando não estamos trabalhando e tentando descansar. Faça uma consulta conosco em vez disso e tenha a "coisinha estranha" analisada de forma adequada.

2. Não estamos mentindo sobre a importância do protetor solar.

idealdermatology.com

Você realmente precisa usá-lo todos os dias, especialmente no rosto. O dano causado pelo sol não é necessariamente visível a olho nu, mas se você olhar sua pele sob uma lâmpada UV, ela contará uma história diferente. Somente nos EUA, o melanoma mata uma pessoa por hora, então use protetor solar corretamente e fique na sombra.

Publicidade

3. É por isso que somos os desmancha-prazeres do feriado.

Instagram: @cepreston90

Sim, sabemos que você está cansado de nos ouvir falar de forma presunçosa que "pele bronzeada é pele danificada". Mas, se você visse o número de casos de melanoma que vemos todas as semanas, também seria muito mais cuidadoso. Simplesmente não vale a pena morrer por uma pele bronzeada, desculpe.

4. Sim, nós somos "médicos de verdade".

Instagram: @lilshadee402

É incontável o número de vezes que já nos perguntaram se tudo o que fazemos para viver é espremer espinhas e receitar cremes para o rosto. Não. Na verdade, os dermatologistas tratam condições médicas graves e realizam operações de câncer de pele, incluindo melanoma, carcinoma de células escamosas e carcinomas de células basais. É pesado.

5. E não, nós não lidamos apenas com acne.

commons.wikimedia.org

Não que a acne seja uma coisa trivial, é claro: ela pode afetar seriamente a vida e a autoestima das pessoas. Mas vemos pacientes com câncer de pele muito mais do que pacientes com acne, bem como pessoas com distúrbios de pele debilitantes, como impetigo (foto).

6. Nós também não lidamos apenas com a pele.

instagram.com

Nós também estamos aqui para problemas nas unhas e nos cabelos. O melanoma, a forma mais mortal de câncer de pele, pode crescer sob a unha em alguns casos, e a psoríase também afeta as unhas, fazendo com que elas engrossem e quebrem. Nós também lidamos com casos de perda de cabelo e problemas no couro cabeludo, como cistos e até mesmo caspa.

7. Nós nunca, jamais, paramos de estudar.

Instagram: @samantha

Existem mais de 3.000 doenças de pele, o que é bastante. Nosso maior órgão é bombardeado com raios UV, poluição, bactérias, fungos e outros fatores externos desencadeantes que podem causar danos. O que significa muitas noites acordado(a) até tarde estudando fotos nojentas de caroços e espinhas.

Publicidade

8. Alguns problemas na pele fedem demais.

FOX

É lamentável, mas é verdade. Infecções fúngicas e pele com eczema geralmente cheiram mal, para não mencionar o pus que drenamos de cistos e abscessos. Tudo isso faz parte do trabalho, então não fique envergonhado. Nós sempre podemos usar uma máscara, se precisarmos.

9. E sim, nós vemos coisas que realmente nos chocam.

NBC

Como pessoas com infecções cutâneas ulcerosas enormes ou tumores que deixaram sem tratamento por meses, levando à gangrena ou necrose.

10. No entanto, é muito difícil sentirmos nojo.

BuzzFeed

Vemos (e esprememos) tanto pus que desenvolvemos um estômago forte e ótimo senso de humor, o que significa que é preciso muita coisa para nos fazer passar mal. Nós até mesmo somos conhecidos por comer bolos modelados como espinhas prestes a estourar, pelos encravados ou histologia da pele doente.

11. Sua pele pode revelar muito sobre sua saúde interna.

vasculitis.org.uk

Ela é basicamente uma janela que mostra o que está acontecendo dentro do corpo. A vasculite (foto) pode ser um sinal de uma infecção, lúpus, uma doença autoimune ou artrite reumatoide. Uma erupção cutânea incomum na parte superior dos pés que não responde a tratamento pode ser causada pela hepatite C. Basicamente, você sempre deve procurar um médico se tem uma doença de pele que não se cura sozinha dentro de alguns dias.

12. Parasitas também podem causar alguns problemas de pele desagradáveis.

Twitter: @delawareonline

Criaturas trazidas pela água podem entrar na sua pele. Nesse caso, vários parasitas larvais chamados de cercárias penetraram no pé e no tornozelo dessa pessoa. A "boa" notícia (se é que você pode dizer assim) é que elas não podem sobreviver em um hospedeiro humano e então morrem imediatamente. Então, tente ter cuidado ao nadar em águas calmas e frescas, sempre leia os sinais de alerta cuidadosamente e venha nos ver se desenvolver uma erupção cutânea.

Publicidade

13. Você deve usar uma ferramenta especial para extrair cravos.

Instagram: @drsummerchong

As ferramentas de extração de cravos têm uma volta fina e angulada em uma extremidade que você pode usar para aplicar pressão uniformemente ao redor do cravo. Usar seus dedos pode deixar sua pele machucada e inflamada.

14. Adesivos para remoção de cravos meio que funcionam, mas não há muitos benefícios.

Giphy

Na verdade, se os adesivos forem muito grudentos, poderão danificar a pele quando removidos, deixando-a inflamada. Uma alternativa é usar um gel de ácido salicílico em seus cravos em vez disso, pois ele dissolverá a mistura oxidada de óleo e células mortas da pele que se combinam para criar os cravos, fazendo com que alguns desapareçam inteiramente e solte outros.

15. Microdermoabrasão e peelings também não são soluções de longo prazo. Na verdade, eles podem fazer mais mal do que bem.

20th Century Fox

A microdermoabrasão pode certamente suavizar sua pele temporariamente, removendo células mortas superficiais, mas não pode fazer alterações substanciais, profundas ou duradouras na pele. Os peelings são mais agressivos; se você o fizer muito profundamente, corre o risco de causar danos ou cicatrizes na pele, tornando sua pele mais sensível.

16. Quando se trata de limpar o rosto, nosso lema é "devagar e com cuidado". Muitas pessoas esfregam forte demais.

Giphy

E depois vêm até nós queixando-se de que estão com a pele ferida, avermelhada, inflamada, danificada e irritada. Bem, sim, porque vocês têm maltratado ela!

Você não precisa esfoliar com esfoliantes ásperos todos os dias; uma vez por semana é suficiente. Use um limpador suave, hidratante e sem sabão em vez disso (a Loção de Limpeza Cetaphil é um bom exemplo), e limpe apenas uma ou duas vezes por dia.

Você também deve usar um removedor de maquiagem sem álcool e de baixo teor de ácido para remover a maquiagem durante a noite, não um à base de álcool e forte. Hamamélia é uma opção particularmente boa.

17. Desculpe por trazer más notícias, mas a maioria dos tratamentos dermatológicos feitos em casa não vale o seu dinheiro.

Giphy

Coisas como dispositivos de microcorrentes que afirmam usar impulsos elétricos para um lifting facial "não invasivo" não tiveram sua eficácia cientificamente comprovada, e aparelhos como os aspiradores de poros podem irritar manchas cutâneas, piorando-as. Em vez disso, concentre-se em um cuidado simples da pele: protetor solar todas as manhãs e cremes hidratantes de dia e de noite.

Publicidade

18. E não se apegue a hidratantes caros.

Giphy

Em vez disso, procure hidratantes que contenham ceramidas: um dos três tipos de lipídios (gorduras) que ajudam a pele a reter umidade. Os hidratantes ricos em ceramidas são eficazes no tratamento de condições de pele como o eczema, embora qualquer pessoa com pele seca se beneficie deles. Além disso, vaselina funciona tão bem quanto, se você puder tolerar a oleosidade.

19. Além disso, não há realmente nenhuma evidência científica de que beber muita água é bom para a pele.

Paramount

Todo mundo parece acreditar nesse mito, mas simplesmente não há evidências científicas para respaldá-lo. Um estudo feito pelo dermatologista Ronni Wolf no Centro Médico Kaplan, em Israel, foi realizado por quatro semanas, mas as pessoas que beberam litros de água mineral extra apresentaram apenas diminuição na densidade da pele, não um aumento da hidratação. E suas rugas também não suavizaram.

20. Raspar o cabelo também não o faz crescer mais grosso.

Sina Weibo

Isso é outra coisa que muitas vezes ouvimos quando somos crianças, mas não é o caso. Se fosse assim, homens com queda de cabelo poderiam simplesmente raspá-lo repetidamente e acabar com uma juba grossa e volumosa. Raspar ou não, isso cabe a você. No entanto, recomendamos não raspar, pois isso pode irritar a pele e gerar pelos encravados.

21. Nós detestamos aqueles anúncios caça-cliques mentirosos que vendem "curas para a pele" prejudiciais ou completamente fictícias.

memebase.com

Existem alguns "suplementos de cuidados para a pele" realmente bizarros circulando on-line, desde pílulas de açúcar inúteis até "comprimidos de baga" que podem supostamente curar a psoríase. Eles estão oferecendo falsas esperanças, na melhor das hipóteses, ou interferindo em tratamentos sérios e prejudicando as pessoas, na pior das hipóteses. Se soubéssemos a respeito de "um segredo" que pudesse curar eczema, nós diríamos a você. Nós adoraríamos que fosse tão simples assim.

22. Mas, muitas vezes, podemos obter resultados igualmente inacreditáveis usando métodos médicos sérios, e isso é ótimo.

crutchfielddermatology.com

Algumas pessoas vivem com doenças de pele graves por anos antes de nos consultarem e desenvolvem baixa autoestima e timidez como resultado. Muitos dos nossos tratamentos funcionam bem rápido, o que significa que vemos melhorias com apenas algumas visitas, o que é realmente gratificante para nós e faz toda a diferença para nossos pacientes.

23. Sentir a gratidão de nossos pacientes faz com que o nosso trabalho valha a pena, e muitas vezes até choramos de emoção.

Sweetest thank you card- from a little 8 year old patient!😊#dermatology #grateful #acne #acnespecialist… https://t.co/U28Suz1xGs

Ajudar crianças a se recuperarem de problemas de pele que as fazem se sentir tímidas, inseguras e "diferentes" é sempre incrível.

Este post foi escrito com a ajuda de um dermatologista escocês com 30 anos de experiência na área.

Este post foi traduzido do inglês.

Em parceria com

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss