back to top

24 confissões brutalmente sinceras de uma terapeuta sexual

Sim, seus genitais são perfeitamente normais e sim, existem coisas que nos chocam.

publicado

1. Não assistimos a casais transando.

imgur.com

Somos terapeutas, não treinadores de técnicas sexuais. Nosso trabalho consiste basicamente em resolver problemas: ajudar casais a se comunicarem sobre sexo, ajudar indivíduos a se sentirem mais confiantes sexualmente e trabalhar problemas mais profundos relacionados a amor e relacionamentos. Nós certamente não ficamos no canto dos quartos com uma prancheta.

2. E tampouco transamos com nossos pacientes.

Fox Searchlight Films

Você está pensando em "parceiros sexuais substitutos", como no filme "As Sessões". Substitutos trabalham próximos às pessoas que estão experimentando problemas sexuais, e parte do trabalho pode envolver relações sexuais com os clientes. Nós apenas falamos sobre sexo – nós não fazemos.

3. As pessoas não sabem como reagir quando dizemos a elas o que fazemos.

HBO / Giphy

E as respostas que realmente recebemos tendem a ser inadequadas, por exemplo: "Ooh, bem que você poderia me dar uma ajudinha!" ou "não preciso de um terapeuta sexual porque eu transo toda hora". Poxa, a gente acabou de te conhecer numa festa, não precisávamos saber disso.

Publicidade

4. Às vezes usamos fotografias explícitas para nos ajudar a explicar conceitos e a tranquilizar as pessoas.

imgur.com

Às vezes a única forma de explicar algo claramente é usar fotos bastante explícitas. Alguns casais não gostam de vê-las, mas perceber que existe uma ampla variedade de tamanhos de genitais, posições sexuais, atos sexuais, opções e tipos de corpos pode ajudá-los a se sentir mais à vontade consigo mesmos.

5. Também usamos gráficos e diagramas de educação sexual para ajudar as pessoas a entenderem a anatomia dos seus parceiros.

BuzzFeed / imgur.com

“Onde está o clítoris? Eu sou o cl…? Meu deus. Eu sou o clítoris.”

Ocasionalmente, também podemos usar modelos 3D. É difícil dar prazer a uma outra pessoa se você não souber como o equipamento dela funciona. Vários homens acham que o colo do útero fica do lado de fora da vagina, por exemplo, o que pode causar uma certa confusão.

6. Trabalhamos bastante com idosos.

imgur.com

"-- Aos 88 anos de idade, uma pessoa ainda faz sexo?
-- Se essa pessoa tiver sorte, eu aposto que sim."

Muitos casais em idade de se aposentar percebem que sua vida sexual tem decaído gradativamente por anos e têm medo de nunca mais transarem se não resolverem isso. Costumamos dar a esses casais exercícios para ajudá-los a se reconectarem, começando por se darem as mãos e se abraçarem, depois passando para beijos e carícias sexuais.

7. Também vemos muitos casais cujas vidas sexuais decaíram bruscamente após terem filhos.

youtube.com / BuzzFeed

Só porque o médico disse que não há problema em ter relações sexuais seis semanas após o parto, isso não significa que as coisas voltem imediatamente a serem como eram antes. Uma mulher pode sentir muita dor, ou se sentir insegura, ou o casal pode estar simplesmente cansado demais. Geralmente acabamos reconfortando pais de primeira viagem e os tranquilizando de que a situação é normal.

8. Muitos casais têm problemas que podem ser resolvidos com um pouquinho de comunicação.

BBC

Muitos casais conseguem ter relações, mas não conseguem falar sobre os detalhes, ou seja, as coisas de que eles mais gostam. Por sua vez, isso pode fazer com que as pessoas se desinteressem por sexo, porque o acham insatisfatório, mas não conseguem pedir ao parceiro que mude sua técnica. Nossas sessões ajudam as pessoas a se abrirem sobre o que realmente lhes dá prazer.

Publicidade

9. Outros clientes nunca exploraram seus corpos, portanto eles não têm certeza do que eles realmente gostam.

Imgur.com

Masturbação e autoexploração (o que às vezes inclui olhar para seus genitais em um espelho) pode lhe ajudar a conhecer melhor o seu corpo e descobrir o que lhe traz prazer. E isso, por sua vez, irá ajudá-lo a guiar seus parceiros até esses pontos sensíveis e prazerosos.

10. Um relacionamento sem sexo é visto como um imenso tabu.

Universal Pictures

"É verdade que se você não usar, você perde?"

Mas se ambos os parceiros se sentem bem assim, por que isso deveria ser um tabu? Isso é visto como a pior coisa do mundo, mas alguns relacionamentos muito amorosos acabam sendo não-sexuais por vários motivos, e podemos ajudar as pessoas a aceitarem isso.

11. "Cinquenta Tons de Cinza" nos causou muitos problemas.

NBC / Giphy

Repentinamente, vários casais apareceram nos nossos consultórios decepcionados porque um parceiro tentou colocar em prática suas fantasias de "Cinquenta Tons" e o outro não quis. Os livros não contêm informações muito claras ou úteis sobre como começar a fazer experiências com BDSM. É algo a ser abordado com muito cuidado e delicadeza.

12. É preciso ser bem-humorado para fazer nosso trabalho.

Nós realmente achamos engraçadas algumas coisas que nossos clientes dizem, principalmente os equívocos sobre anatomia ("eu masturbei seus ovários!"), e também falamos das coisas divertidas fora do ambiente de trabalho, mas nós nunca dizemos os nomes dos pacientes ou entramos em muitos detalhes sobre os prós e contras de seus hábitos e desejos sexuais.

13. E às vezes ficamos sem saber o que dizer.

imgur.com

Quando achamos que já ouvimos de tudo, sempre tem alguém para nos surpreender com um novo fetiche. Apesar de quase nada conseguir nos chocar, ainda podemos precisar de um segundo para reorganizar nossos pensamentos se você disser que adora enfiar colheres de pau na sua bunda enquanto se masturba assistindo episódios antigos de "Gordon Ramsey's Kitchen Nightmares".

Publicidade

14. Também pode ser emocionalmente desgastante.

Flickr: creatinginthedark / Creative Commons

Obviamente problemas sexuais não aparecem do nada, e às vezes ouvimos coisas bastante traumáticas que aconteceram com as pessoas em seus passados. Somos treinados para lidar com isso, claro, mas pode ser um processo bem intimidador e doloroso.

15. Não pedimos às pessoas que nos falem de suas fantasias.

Giphy

Podemos sugerir que você escreva suas fantasias e as discuta com o seu parceiro caso se sinta à vontade com isso, mas você não precisa nos contar seus desejos mais profundos, sombrios e incomuns. A menos que você realmente queira fazer isso, claro.

16. Mulheres geralmente dizem que estão decepcionadas por não conseguirem gozar "de verdade".

reddit.com

E por "de verdade" entenda-se por meio de sexo por penetração. Mas a realidade é que o clitóris e a abertura da vagina nem sempre estão posicionadas de uma forma que possibilite isso, e muitas mulheres se sentem inseguras para se masturbarem durante o sexo. Nos esforçamos bastante para explicar que não existe jeito verdadeiro, certo ou (particularmente) errado de fazer as coisas.

17. Homens tendem a aparecer com problemas de ereção e ejaculação.

youtube.com

A pornografia faz parecer que todo homem tem um pau enorme e não tem problema nenhum em manter uma ereção, durar horas na cama e ejacular no fim de tudo. Também existe um sentimento de que se é menos homem se sua performance não for como se espera. Acabamos encaminhando pacientes a um médico caso seus problemas sejam físicos.

18. E à medida que mulheres envelhecem, secura e dor durante o sexo podem se tornar um problema.

NBC / Giphy

Novamente, isso é perfeitamente normal e não significa que você não ache seu parceiro atraente ou não sinta tesão, mas pode levar um tempo para aceitar essas mudanças físicas e entender o que as está causando. Felizmente, lubrificantes existem.

Publicidade

19. Níveis incompatíveis de desejo também são comuns.

menolly91.tumblr.com

"-- Mas a gente ainda pode se beijar e fazer outras coisas, se quiser.
-- Sim, eu gostaria disso.
-- Eu também."

Se uma pessoa em um relacionamento quiser sexo com mais frequência que seu parceiro, geralmente ela acaba se sentindo bastante magoada sempre que é rejeitada. Aprender a entrar em um acordo pode realmente ajudar nessa situação, assim como encontrar formas de anular o sofrimento da rejeição, como beijos, carícias e a descoberta de outras formas de intimidade um com o outro.

20. Existe muita pressão para se ter uma vida sexual "perfeita" ou incrível.

Imgur.com

Existem tantas ideias estranhas por aí sobre a quantidade de sexo que pessoas "normais" teriam que fazer. Algumas pessoas marcam consultas em pânico por transarem quatro noites por semana quando antes costumavam transar sete. Sim, somos terapeutas sexuais, mas somos os primeiros a admitir que sexo não é a coisa mais importante do mundo.

21. O que significa que a pergunta mais comum que nos fazem é: "Eu sou normal?

Flickr: bixentro / Creative Commons

“O sexo está na mente de todo mundo… toda canção é sobre sexo.”

Significando "eu/nós transo/transamos com uma frequência normal?" ou "Eu consigo manter uma ereção por uma quantidade normal de tempo?" Existe uma resposta fácil para isso – nada é normal! Em vez de tentar se encaixar com o que você viu na TV, em revistas ou em filmes pornôs, explore o que você quer, o que você curte e quais são seus desejos específicos.

22. Além disso, seus genitais estão perfeitamente bem, sinceramente.

imgur.com

Muitos clientes se sentem inseguros com sua vagina ou pênis e decidem que seu genital é "esquisito", especialmente comparado aos que aparecem na pornografia. Temos diagramas, desenhos e fotos que mostram como as pepecas e pintos das pessoas variam imensamente, caso ajude.

23. As risadas e o sexo não precisam ser incompatíveis.

imgur.com

A pressão aumenta assim que o sexo passa a ser "preocupante" ou "um problema", como, por exemplo, quando você precisa recorrer à terapia. As risadas podem ajudar a diminuir essa tensão e colocar as coisas de volta no eixo jogos sexuais. Criar personagens e utilizar brinquedos são maneiras fantásticas de começar a fazer isso.

24. E nós sentimos um imenso prazer quando conseguimos colocar nossa mágica sexual em ação e ajudar as pessoas a superarem seus problemas.

imgur.com

Sabemos que as coisas estão indo bem graças ao jeito de andar e o sorriso em seus rostos quando voltam para nos visitar. Parabéns, pessoal! Continuem assim.

Este post foi elaborado com a ajuda de uma terapeuta especializada em relacionamentos e casais, assim como esse tópico no Reddit.

Este post foi traduzido do inglês.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss