back to top

15 histórias sobre viajar com amigos que vão te dar vontade de ficar em casa

"Arranquei o dente da minha amiga com o pé."

publicado

Perguntamos para nossos leitores aqui e no Facebook qual foi história mais doida que aconteceu em uma viagem com amigos. Eis algumas delas:

1. Cinco dias sem água

emojistickers.com

"A água acabou dentro da casa de praia que estávamos. Tivemos que tomar banho coletivo de mangueira durante, sei lá, quatro ou cinco dias, inclusive para o Réveillon. O ápice da intimidade da vida era encontrar com alguém no corredor com um balde a caminho do banheiro, o que todos fizeram em algum momento. Quem não fez, entupiu o banheiro de casa na volta. Depois, quando as duas últimas pessoas foram embora, descobriram que os caseiros tinham fechado um registro que não era o que estava à vista (propositalmente ou não?)." – mirelaleme

2. Uma menstruação, uma calcinha e um biquíni

emojistickers.com

"Tinha 17 anos e fui viajar com meus amigos por cerca de cinco dias, chegando lá descobri duas coisas:

1- Estava menstruada

2- Esqueci de levar calcinhas extras

Hoje teria sido super fácil de resolver, mas fiquei com vergonha de contar e passei a viagem toda revezando a única calcinha que eu tinha com um biquíni, lavava um no banho e deixava secando escondidinho enquanto usava o outro." – fkjabuticaba

Publicidade

3. Missão Impossível

emojistickers.com

"Em 2015 fui viajar com umas amigas para o Rio de Janeiro curtir o Carnaval. Aconteceu de tudo: desde a roda do ônibus circular pegar fogo no meio de uma linha expressa até geral com virose e 3 dias de cama. Me senti num filme do Missão Impossível." – analuisaagostinhoh

4. Golfo alheio no pé

emojistickers.com

"Eu sou aquela amiga que fica bêbada, mas mesmo assim cuida de todo mundo. Já perdi a conta de quantas vezes eu cuidei de todos, mas a pior de todas foi quando um amigo meu ficou tão bêbado que golfou no meu pé, depois foi golfando na casa inteira e eu atrás tentando amenizar a situação, só que não teve jeito, sobrou pra mim mesmo. Tive que limpar aquela nojeira toda depois. Sou guerreira, mas pelo menos até hoje ele me deve uma." – RaFV

5. Fantasma saliente

emojistickers.com

"Uma vez viajamos em uma galera grande para a minha casa de praia na região do lagos, no Rio de Janeiro. No meio da viagem a cortina do box apareceu rasgada, como se o Zorro tivesse feito o Z na cortina com a espada. Ninguém sabia explicar como isso aconteceu. Meses depois um casal saidinho revelou que foi transar no chuveiro, se desequilibraram e sobrou para a pobre da cortina aparar a queda." – lisanemonteiro

6. O crush e a magia

emojistickers.com

"Quando eu tinha uns 16 anos, meu crush da época convidou eu e uma amiga para passarmos o feriadão na casa da praia dele junto com outros amigos dele. Só que foi a maior confusão. Nós meninas levamos bolachinhas, miojos e papel higiênico e os guris só levaram maconha. Ficaram todos muito loucos e brincaram de quebrar garrafas de vidro na casa vazia do vizinho. Depois comeram toda nossa comida e nada de repor. No segundo dia desapareceram R$ 50 das minhas coisas e foi o maior barraco. Eu e minha amiga nos trancamos no quarto bem bravas enquanto o crush tentava resolver a situação com os amigos dele. Na época nós duas éramos metidas a mexer com bruxaria e fizemos uma “simpatia” para saber quem tinha sido o ladrão e deu o nome de um dos guris. Jogamos uma praga que ele pagaria pelo que fez. Daí fomos dar uma volta com meu peguete para comermos algo e na volta vimos que um dos guris (aquele que a simpatia tinha apontado como culpado) estava todo ensanguentado. Ele foi pular o muro pelo pátio do vizinho e caiu aonde? Em cima dos cacos de vidro das garrafas. Ficamos chocadas com nosso 'poder'." – carolinej42d11b187

7. 400 km fora do planejado

emojistickers.com

"Quando estava na faculdade de história, eu e meus amigos resolvemos ir pra Ouro Preto. Fretamos um ônibus, arrumamos mais uma galera e estávamos muito ansiosos. A ideia era sair do Paraná na sexta, passar a noite e pedaço da manhã do sábado na estrada e chegar pra comer um torresminho e tomar uma pincumé no almoço, mas saiu totalmente fora do planejado. Inclusive a rota, o motorista não acreditava em GPS e errou coisa de 400 km…

A bebida acabou, a comida acabou, a hora do almoço já havia passado tinha muito tempo e nada de Ouro Preto… O jeito foi pedir pro motorista parar em qualquer lugar para comermos, caso contrário alguém iria desmaiar de fome.

Ele parou em um lugar bem esquisitinho, só vendia bebidas e empadas (que mataram a fome da galera), tiramos umas fotos em um tal de camarote Bacardi e só quando estávamos saindo fomos descobrir que aquilo era um bordel (DETALHE QUE NA TURMA TINHAM DOIS PADRES, imaginem a zoeira)." – tatianediasdec

Publicidade

8. O sumido do Mc

emojistickers.com

"Voltamos de uma balada no Guarujá com sete meninas e um cara dentro de um carro, o cara veio no porta malas porque não cabia no banco normal. Todo mundo desceu do carro quando chegamos no McDonalds e, do nada, eu comecei a rir porque lembrei que esquecemos de abrir o porta-malas pro menino descer. Quando voltamos pro estacionamento, o carro estava todo aberto e ele tinha sumido. Fizemos o caminho casa/McDonalds várias vezes e nada dele... Rimos até fazer xixi nas calças... Depois de dois dias ele disse que estava bem e excluiu as pessoas do Facebook." – Ana Paula Neri

9. Nunca mais fomos ao mercado

emojistickers.com

"Carnaval do ano passado, acabou a cerveja no sítio e os homens foram ao mercado comprar mais. Na saída do mercado, depois de por a cerveja no porta-malas a chave do carro caiu naquele pequeno buraquinho da tampa do bueiro. Aquele quadradinho pequenininho na parte de cima da tampa. Eles conseguiram levantar a tampa e a chave tava afundando no cocô. Enquanto um levantava a tampa, dois seguraram a perna do herói que foi resgatar a chave. O único problema é a bermuda do amigo que estava segurando a tampa, caiu! E ele que estava sem camisa e sem cueca ficou pelado no MEIO DO ESTACIONAMENTO, sem poder subir a bermuda senão matava o outro que tava resgatando a chave.

Nunca mais voltamos ao mercado durante o carnaval." – Thaty Bersane Jasaitis

10. Miss Pedra da Gávea 2017, categoria "Anônima"

emojistickers.com

"Estávamos em um grupo de amigos no Rio de Janeiro. Aqui no Paraná tem bastante cachoeiras e eu, mais um casal de amigos e meu namorado, vez ou outra fazemos trilhas juntos. Mas nada muito radical. Chegando no Rio e essa minha amiga teve a grande ideia de subir a Pedra da Gávea pra começar bem o ano. No dia anterior ela convidou a galera, mas ninguém topou, só o namorado dela.

Eles saíram 7 horas da manhã no dia 1º de janeiro rumo à Pedra da Gávea. Enquanto isso, o restante do pessoal saiu pra conhecer outras praias. Voltamos perto das 18h para o nosso apartamento e nada do casalzinho jovem aparecer.

Três horas depois, eles abrem a porta parecendo que saíram do meio de um terremoto. Nossa amiguinha, teimosa por natureza, resolveu que ia descer sem equipamento pela trilha mais difícil, pisou em falso e saiu rolando até conseguir se agarrar em algo. Toda machucada, precisou ser resgatada de helicóptero. Foi para o hospital tirar raio-X até da unha. Ficou tudo bem. Como ela mesma diz "Ganhei voltinha de helicóptero de graça". Ela ficou famosa, saiu até nos noticiários, mas não posso marcá-la aqui porque sua mãe até agora não sabe." – Breeze Danielle Mendes

11. A história que não podia faltar

emojistickers.com

"Era o último dia de viagem e minha amiga queria que eu fosse na balada sertaneja com ela, o que já não é muito minha praia. Antes disso fomos comer um lanche, mas provavelmente estava estragado e atacou uma diarréia do demônio em mim. Até ai tudo bem, embora eu tivesse ido umas 15 vezes no banheiro. Mas teve uma hora que fodeu. Fui no banheiro novamente e era até um banheiro bonito, bem arrumado, mas a iluminação era regular. Aí fiz as coisas lá e dei descarga, mas acho que eu ja estava meio grogue e continuei dando descarga. MEU, quando eu vi, tava transbordando, sujou a porra toda! Saí correndo desesperada e larguei lá. Não tinha o que fazer." – camilam454dca83e

12. Sem unha e sem boy

emojistickers.com

"Eu estava na praia com uma amiga minha e resolvemos caminhar do centro até uma das pontas da praia, isso dá uns 10 km de ida e volta, tudo só pra vermos um crush. Dai quando estávamos voltando, eu bati o meu dedinho do pé em um negócio de concreto e - literalmente - arrancou a unha do meu dedinho. Minha amiga começou a passar mal de nervosismo e estava quase desmaiando com tudo isso. Caminhei 5 km com a unha saindo do dedo e minha amiga tendo ataque. Levei um fora e tive que andar de chinelo por um mês!" – kaligoncalves

Publicidade

13. Que festa?

emojistickers.com

"No Carnaval fui pra praia com duas amigas. Era nossa primeira viagem sozinhas, sem adultos, e queríamos muito ir pra uma balada. Procuramos algum evento no Facebook e achamos uma festa no centro da pequena cidade em que estávamos. Com o look mais night impossível fomos atrás da festa, que por sinal era um pagode com umas 15 pessoas na praia. Não quisemos ficar por lá e começamos a procurar pessoas à caráter de balada. Eis que passam dois moços vestidos de mulher. No desespero, abri a janela do carro e gritei 'OW VOCÊS ESTÃO INDO NA FESTA? LEVA A GENTE'. Os moços aproveitaram pra tirar uma da minha cara, rindo e me imitando, já que a cidade toda tinha ouvido meu grito." – leticiapiglione

14. Coisa de filme

emojistickers.com

"Foi nos anos 90. Eu tinha uns 14 anos e estava acontecendo uma viagem de um grupo de umas 200 crianças do Brasil inteiro em um sítio. Nossos amigos eram monitores e havia uma tradição que as crianças adoravam: em uma das noites, um pequeno grupo de uns 10 adolescentes (entre 14 e 18 anos mais ou menos) amigos dos monitores "invadia" a fazenda no início da noite pra roubar uma bandeira e tal. A ideia era divertir a criançada e enquanto a gente corria em direção à bandeira eles todos ficavam tentando nos derrubar de bunda no chão. E pra deixar a coisa mais divertida ainda e elas não nos reconhecerem (as crianças já sabiam que isso ia rolar), a gente se vestia inteiro de preto, com luva, gorro e tudo. Eis que sem querer nos perdemos (não existia essa coisa de GPS) e invadimos a fazenda errada. Notamos o erro quando dois caras surgiram na nossa frente do nada, à cavalo, com espingardas enormes apontadas pra nós, aquele bando de adolescente assustado vestindo roupa de espião de Bollywood. Não sei até hoje como conseguimos nos explicar pra eles." – Tatiana Jacobsohn

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss