back to top

18 dicas para economizar um dinheirinho em 2017

Agora vai!

publicado

1. Guarde o quanto você quer economizar assim que receber o salário, e não no fim do mês.

Apatsara / Getty Images

Não precisa ser uma dinheirama não: o que der já vale a pena. Então coloque na poupança assim que o dinheiro cair na conta, porque no fim do mês, se sobrar, você vai querer converter em cerveja ou qualquer outra coisa para se parabenizar por economizar e aí já viu.

2. Aprenda quanto tempo de trabalho alguma coisa vai te custar.

Nickelodeon

Mesmo se você é de humanas, faça a conta: pegue a calculadora e divida seu salário pelo número de dias em que você trabalha no mês (em média são 22).

Para saber quanto você ganha por hora, divida este número pela carga horária trabalhada. Pronto.

Ótimo para visualizar se aqueles gastos que parecem inofensivos, tipo a blusinha de R$ 20 ou o Uber da preguiça, realmente são pequenos no seu orçamento.

3. Pare de ignorar a verdade e confira seu saldo bancário.

NBC / Via giphy.com

Pode ser doloroso, mas é melhor sabe como está de fato a sua situação financeira. Entrar no vermelho sem perceber é bem fácil. Confira seu saldo bancário. Sério.

Publicidade

4. E pelo amor de Deus, comece a anotar os seus gastos!

Twitter: @itsnateca

Ninguém está dizendo para você fazer um orçamento requintadíssimo. Mas arranje um aplicativo de celular, abra uma planilha no Google Drive, encontre o meio mais prático para você e ANOTE. Desde o chocolatinho depois do almoço até todas as contas importantes que você paga.

Quanto você paga por transporte? Existe alguma coisa que pode ser cortada ou diminuída? Com o que você está torrando dinheiro? Com seus gastos anotados, é só tirar uns minutinhos para dar uma olhada no que anda rolando, em que você está torrando dinheiro à toa e como pode melhorar a situação.

5. Se você sentir que está numa daquelas temporadas torrando grana, pague seus gastos cotidianos com dinheiro por uma semana.

oblogspotperfeito.blogspot.com.br

Deu uma enlouquecida e está gastando demais? Tire dinheiro para pagar a balada, o mercado, a blusinha, o táxi, o delivery... Às vezes o cartão do banco faz a gente esquecer que está lidando com dinheiro de verdade, porque você não vê ele saindo do seu bolso.

6. Pare de gastar com coisas que não são realmente sua cara.

Sabe aquela peça de roupa no seu armário que você nem lembra quando comprou e ainda está com etiqueta? Ou aquele gadget de cozinha que foi o olho da cara e você usou uma vez? A falta de uso dessas coisas mostra que no fim elas não têm tanto a ver com você e com seu dia-a-dia.

7. Tire cinco minutinhos e faça uma maratona pelas moedas jogadas por aí na sua casa.

Nintendo / Via giphy.com

Moeda é dinheiro e ele provavelmente está parado nas suas coisas sem você perceber. Vá em busca destas pequenas fortunas: você pode pagar o ônibus ou comprar um lanchinho básico quanto está com fome sem nem pesar no bolso.

8. Desencane de acompanhar o ritmo de vida de amigos que tem muito mais dinheiro que você.

Universal Pictures / Via giphy.com

Não dá certo jantar fora várias vezes por semana ou tomar drinks caros porque outras pessoas estão fazendo isso quando você não tem um puto nem para pagar as contas básicas. Seja sincero com seus amigos bem de vida e com si mesmo: não vai rolar acompanhá-los.

Publicidade

9. Pense mais vezes no custo-benefício das coisas.

Twitter: @andbertolino

Qual o preço do que você quer? Quantas vezes você acha que, realmente, vai usar esta compra? Lembre sempre do custo-benefício. É aquilo: uma blusa de R$ 100 que você vai poder usar muitas vezes e por muito tempo pode sair mais barata do que uma de R$ 30 que você não vai usar nunca ou que vai se despedaçar no primeiro uso.

12. Baixe uma extensão de navegador que te ajuda a saber se você realmente vai pagar um preço bom nas compras online.

Reprodução

Programas como o Assistente de Compras do Tecnoblog te ajudam a checar a variação de preço nas suas compras online e ainda buscam cupons de desconto antes de você finalizar as compras.

13. Evite parcelar compras em milhares de vezes.

Twitter: @FatosEx

"Ah, mas é só uma parcelinha". Daí você acumula muito mais compras do que imaginava, vai juntando um monte de parcelas que se tornam um monstro no cartão de crédito e vai continuar pagando até se a coisa nem existir mais na sua vida. Se não dá para pagar em uns três meses, talvez seja melhor não comprar agora.

Publicidade

14. Economize para gastar com o que você realmente quer.

giphy.com

Você tem todo o direito do mundo de sonhar com alguma coisa ou querer investir uma grana maior em algo que realmente deseja. Então lembre de não gastar esse dinheiro em coisas aleatórias menos importante. Aquela viagem dos seus sonhos pode estar sendo gasta aos pouquinhos em delivery.

Fora um perigo clássico dos consumistas: você quer algo caro, resolve comprar uma versão mais barata, continua querendo a cara e acaba gastando mais e acumulando duas coisas parecidas.

15. Curta programas que não gastam dinheiro no mínimo com a mesma frequência em que você faz passeios pagos.

Cartoon Network

Um cinema, uma ida ao museu no dia de entrada franca. Um bar, um encontro com os amigos em casa. Qual foi a última vez em que você foi ao parque? Quando você está com a grana curta parece que tudo que é legal custa dinheiro, o que não é necessariamente verdade.

16. Entenda que cuidar das suas finanças é uma questão de hábito.

Twitter: @mynewpurpose

Pode parecer um puta saco, mas a verdade é que assim como várias outras tarefas da sua vida, você se acostuma. Encare como uma obrigação a se cumprir no começo e fique tranquilo: com o tempo, lidar com as finanças vai se tornar algo mais natural para você.

17. Lembre que economizar qualquer coisa é melhor do que não economizar.

Twitter: @trouxanizerSZ

Não precisa ser um valor muito alto, mas tente separar um dinheirinho por mês para uma poupança, um cofrinho, um investimento, o que for que você conseguir. Isso já ajuda a criar o hábito de guardar, por menor que seja a quantia.

18. Mas mais importante ainda: lembre que pagar as contas é melhor do que dever.

youtube.com

Talvez não seja nesta altura da vida que você junte uma grana no fim de todo mês. Mas pode ter certeza: conseguir pagar suas contas em dia é algo a se orgulhar. Assim você não cria dívidas nem paga multas e juros horríveis, o que vai ajudar suas finanças a longo prazo.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss