back to top

16 dicas para você finalmente começar a juntar dinheiro

Queremos meus dinheiro.

Posted on

1. Economizar qualquer dinheirinho que seja é melhor que não economizar.

Reprodução / Via ego.globo.com

Não pense numa quantia idealizada que vai te fazer falta no dia a dia: qualquer dinheiro economizado já vale. Fuja da armadilha de "se não guardar um terço do meu dinheiro, é melhor nem guardar". Rolou separar uns R$ 50? Tá show de bola, é um começo.

2. Você realmente precisa começar a checar seu extrato bancário.

Reprodução / Via Twitter: @radiojovempan

Pode até ser doloroso ver que as coisas não estão indo lá muito bem, mas é melhor do que descobrir que você já entrou no vermelho e vai precisar pagar juros.

3. Separe o dinheiro que você quer guardar assim que receber o salário.

Reprodução / Via Twitter: @i9conta

Guardar "o que sobrou" no fim do mês pressupõe que vai sobrar dinheiro, e nem sempre é o caso.

4. Ah sim, faça uma poupança.

Reprodução / Via Twitter: @jonasraamos

Se estamos falando em economizar, uma boa ideia é colocar seu dinheiro em uma poupança. Não é que ela vai te dar rios de dinheiro grana, mas o rendimento atual é 0,73% por mês, ou seja, pior que o colchão não é.

Os bancos não podem cobrar por serviços essenciais e a conta poupança é um deles, ou seja, é de graça.

5. Anote seus gastos diários por dois ou três meses.

Reprodução / Via Twitter: @bvsp

Quando você anota o que gastou na mesma hora, não deixa nada passar pelo seu radar. Anote quanto e com o que você gastou. Registrando por dois ou três meses você vai conseguir entender seus hábitos de consumo.

6. Não atrase o pagamento das contas.

Reprodução / Via Twitter: @RodolfoYuzo

Nem toda conta atrasada vai te cobrar milhões em juros e demandar multas altíssimas de atraso, sejamos sincero, mas pense que esse dinheiro é seu.

7. Analise no fim do mês quais gastos foram desnecessários.

Reprodução / Via Twitter: @c4rdos0_

Todo delivery de comida foi supernecessário? E aquele táxi em pleno domingão de sol porque você não queria andar um pouco? O que sobrou na geladeira até estragar? Quantas blusinhas de 20 reais entraram no seu armário esse mês?

8. Tente pagar seus gastos do dia-a-dia em dinheiro.

Reprodução / Via Twitter: @pesyours

Talvez você se sinta como um homem das cavernas, mas passar as coisas no cartão, mesmo que no débito, é diferente de ver o dinheiro fisicamente dizendo adeus à sua carteira.

Esta é uma ótima dica para perceber como é que você gasta seu dinheiro.

10. Baixe aplicativos que te ajudam a controlar gastos e fazer orçamentos.

Reprodução / Via Twitter: @swiftdestruiu

A maioria dos apps para celular conta com uma versão básica gratuita com o suficiente para você manter a vida financeira em dia, como anotar os gastos diários. Aqui você confere algumas sugestões que você pode baixar.

11. Antes de parcelar, pense se as parcelas vão durar mais do que o que você comprou.

Reprodução / Via Twitter: @Aguinaldinho

Por exemplo: parcelar os gastos do supermercado não é uma boa, porque logo mais a comida acaba e você precisará fazer compras de novo.

12. Tome um tempinho para entender o que você está pagando a mais no seu plano de celular.

Reprodução / Via Twitter: @brendevit

Vale para tudo: serviços bancários, pacote de canais da TV por assinatura, etc. Mas provavelmente o gasto mais inesperado é com celular. Às vezes você manda um só SMS e paga por um pacote inteiro ou então tem um plano com horas e horas de ligação, mas só usa a internet.

(Depois é preciso ligar na sua operadora e reverter a situação. Boa sorte!)

13. Programando suas compras você consegue procurar descontos online.

Reprodução / Via Twitter: @meioemensagem

Por exemplo: se você usa algum remédio contínuo, como pílula anticoncepcional, comprar com antecedência na internet pode ser mais barato do que ir até a farmácia.

14. Coloque o CPF na nota!

Reprodução / Via Twitter: @jessrcavalcante

Estados como São Paulo e Paraná têm programas que incentivam o consumidor a pedir nota fiscal e um dos benefícios é receber parte desse valor em crédito. Uhul!

15. Pense em metas legais que você pode atingir com o dinheiro economizado.

Reprodução / Via Twitter: @gpeconomia

Seja comprar um videogame, fazer uma viagem legal de fim de ano ou até mesmo ter um valor em dinheiro que você quer alcançar. Pedir alguns delivery a menos pode virar um dia a mais viajando de férias.

16. Não seja inimigo das planilhas mensais.

Reprodução / Via Twitter: @anajustra

Ah, mas você já vai pôr em prática todos esses itens e ainda assim precisa de uma planilha de gastos? Olha, é uma boa forma de fazer o balanço mensal.

Você pode incluir o que guardou, quanto gastou com contas, o consumo mensal, o que recebeu, o que pagou de impostos e, se sobrar dinheiro no fim do mês, ainda consegue colocar um extra na poupança para alcançar suas metas! Aqui você aprende a fazer uma planilha básicas de gastos.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss