back to top

10 coisas legais que podem melhorar sua vida em fevereiro

Porque nós testamos e curtimos!

publicado

1. Peel Off Clarify Mask da Dermage, R$ 11 em média

Vi esta máscara na farmácia e comprei por dois motivos: porque tem ácido glicólico, no qual boto fé para deixar a pele mais macia e lisinha, e porque já experimentei antes máscaras peel-off e acho a sensação ao mesmo tempo muito gostosa e um pouco esquisita (no bom sentido). Tipo estourar plástico bolha.

É um gel que vira uma máscara, para todos os tipos de pele, e sua função é a de promover a renovação celular e limpar profundamente os poros. É bom aplicar sobre a pele limpa e puxar bem o cabelo para trás, porque ela vai grudar em quaisquer fios que ficarem soltos por aí. Procure passar uma camada grossa, vai ser mais fácil de retirar. Em cerca de vinte minutos ela vai ficar seca e elástica e você começa a puxar pelas beiradas, como se removesse a película de uma tela, até sair tudo. Depois você pode lavar o rosto para remover os resquícios ou, melhor ainda, aplicar antes do banho.

Dá para ver a diferença na aparência e textura da pele, que fica mais uniforme e viçosa. – Susana Cristalli

Publicidade

2. Mistura para pão de mandioquinha orgânica por Bela Gil para Mãe Terra, R$ 12,90

Davi Rocha

Vamos falar a verdade, aquele churrasco de melancia da Bela Gil foi uma ideia bem ruim, mas também é preciso admitir: temos que dar uma chance para ela e suas outras ótimas receitas e criações. Foi pensando nisso que comprei esse delicioso pão de mandioquinha pronto dos produtos da Bela Gil da marca Mãe Terra.

Davi Rocha

Ele é super fácil de fazer: você mistura a massa com azeite e água até virar uma massa homogênea, como demonstra no gif minha digníssima. Depois você faz pequenas bolinhas, bota no forno, espera 35 minutos e tem um café da tarde diferente e muito gostoso prontinho. É impossível de errar. Uma dica show para quem morre de preguiça e não quer comer só pão de queijo pra sempre. – Davi Rocha

3. Arraze Extermigel Mata Formigas, R$ 9,90

Susana Cristalli

Para começar, eu não tenho condições de lidar com o nome desse produto. “Amiga, ARRAZE com as formigas! Berro!”.

Bom, minha casa estava simplesmente tomada por umas formiguinhas bem pequenas e clarinhas, que andavam em fileiras intermináveis em vários cômodos da casa. Subiam nos meus dedos enquanto eu escrevia no notebook. Saíam para dar rolês comigo dentro da minha bolsa ou andando nas minhas roupas. Graças aos conselhos de amigos apelei para este veneno, que você aplica em gotas bem no caminho por onde elas passam, e espera a mágica (quer dizer, o extermínio) acontecer. As formigas vão pegar o veneno, que é doce, e levar para dentro da toca causando a morte de todas.

Apliquei à noite e na manhã seguinte os caminhos das formigas já estavam um cenário pós-apocalíptico, ou seja desertos. Ninguém ali. Apliquei há umas duas semanas e desde então não voltei a ver formigas em nenhuma parte da casa. – Susana Cristalli

4. Pincel-escova oval #26 da Vult, R$ 41,90

Nadiajda Ferreira

Vamos ser 100% honestos aqui: eu não manjo muito de maquiagem e comprei esse pincel porque achei bonito e interessante. Perguntei pra moça da loja para que ele servia e ela me disse que eu poderia usar para espalhar base, uniformizar o pó sobre o rosto e ter um bom acabamento na maquiagem.

Como eu não faço maquiagem completa todos os dias, eu nem uso da maneira recomendada e venho testando mais para passar sombras. Para o meu nível de habilidade com maquiagem (que é -1), vem dando muito certo.

Além disso, ele tem uma textura muito gostosinha, então pode ser que eu fique passando ele na cara sem motivo algum, mas minha assessoria não nega nem confirma a informação. – Nadiajda Ferreira

5. Shampoo Aussie Total Miracle 7 em 1, R$ 40

Flora Paul

Antes de chegar ao Brasil, a Aussie era conhecida por ter uma máscara de hidratação de 3 minutos que muita gente jurava pela vida que era mágica. E olha, era boa mesmo, custava uns 5 dólares e você pedia de muamba para quem fosse viajar.

Muito que bem, daí a marca chegou ao país faz um tempo e os preços não estão lá uma grande barganha, mas como eu já conhecia, banquei. Este shampoo rende bem, faz uma espuma louca, limpa sem ressecar e tem um cheirinho gostoso. Ou seja: exatamente o tipo de milagre que eu espero de um shampoo. – Flora Paul

Publicidade

6. Clube de livros Tag Experiências Literárias, R$ 69,90 por mês

Alexandre Aragão

Adorei o serviço da Tag Experiências Literárias, cujo nome pomposo é apenas uma forma obscura de dizer clube do livro, por me ajudar a construir um hábito de leitura para além de legendas no Netflix, notificações no iPhone e posts no BuzzFeed.

Todo mês, um curador fica responsável por selecionar um livro a ser distribuído entre os assinantes. Por R$ 70, a Tag envia uma caixa com um livro capa dura, uma revista sobre a obra e o curador e algum “mimo literário” — nas palavras deles. Até chegar pelo correio, a obra escolhida é surpresa. No mês passado, o médico Patch Adams (aquele que Robin Williams interpretou no cinema) escolheu o livro “Vida e Proezas de Aléxis Zorbás” (1946), do grego Nikos Kazantzákis (1883-1957). E eu ganhei também um calendário.

Por R$ 70 ao mês, um bom livro surpresa em edição especial chega na minha casa. O que mais eu poderia querer? Uma frase do livro explica bem o sentimento: “Assim, fazendo as contas, eu sabia que estava comprando muito barato minha felicidade.” – Alexandre Aragão

7. Aplicativo de treinos Freeletics Bodyweight, gratuito para Android e iOS.

Como eu estava muito a fim de começar a fazer uns exercícios com frequência, comecei a procurar algum aplicativo que me ajudasse nos treinos. Aí achei este, que promete um alto grau de intensidade nos exercícios, que podem equivaler até 30 minutos de corridas, e resolvi ver se era tudo isso mesmo. O app avalia meu corpo através de dados e de meus objetivos, sugere uma opção de treinamentos com exercícios curtos (em até dez minutos) e ainda mostra em vídeos como fazer.

No primeiro dia eu quase não conseguia me levantar da cadeira sem sentir todo o corpo dolorido, mas uma semana depois não só consegui bater o recorde de fazer a rotina de exercício que o app me indicou, como já fazia ele mais fácil. Ainda não usei tempo o bastante para perceber diferença no corpo, mas já sinto diferença de resistência e para executar alguns dos movimentos. – Raphael Evangelista

8. Dar uma chance para um amassador de batatas.

Davi Rocha

Quem não sabe nem onde fica a cozinha dentro de uma casa pode achar estranho, mas utensílios domésticos específicos como esse amassador de batatas são uma mão na roda pra quem quer agilizar as coisas. Ele surgiu na minha vida enquanto comprava outras coisas, não custou nem R$ 10 e ajudou a economizar um tempão de vida. Quanto mais rápido o purê ficar pronto, melhor pra gente comer logo, né? Então, chega de ficar um tempão amassando batata com um garfinho chinfrim antes de um purê. – Davi Rocha

9. Seguir uma técnica para comprar móveis online sem arrependimentos.

Convenhamos que uma das maiores alegrias do jovem adulto é comprar coisas pra casa. Mas além de gastar uma grana com isso, às vezes rola arrependimento por comprar algo online no impulso. Por isso, segui algumas táticas na hora de fazer as compras.

Primeiro, decidi que não ia comprar nada até escolher o estilo para decorar minha casa – mudei de apartamento para morar sozinha pela primeira vez há umas três semanas. Passei bastante tempo no Pinterest e depois de salvar umas mil fotos (tô apaixonada pelo estilo escandinavo), comecei a me aventurar pelas lojas online.

Quando você compra online, tem "todo o tempo do mundo" pra decidir e não precisa comprar na hora o primeiro móvel que você vê. Normalmente eu coloco o que eu quero no carrinho e tiro um dia pra decidir. Se você não tiver pressa, pode acompanhar o preço do produto durante algumas semanas e também comparar o preço entre várias lojas. Um ótimo site pra isso é o Zoom.

Outra dica é procurar cupons de descontos: consegui economizar R$100 usando um.

E leia tudo atentamente, de verdade: além da descrição, prestando atenção no material em que é feito o produto e nas medidas – tenha sempre uma fita métrica à mão, ela pode ser sua melhor amiga! –, leia todas as resenhas, porque lá você pode obter mais informações. Quando fui comprar o sofá, vi que no review uma pessoa falava que ele era mais escuro do que na foto do site, por exemplo. Se ainda assim você tiver muita dúvida, algumas lojas online possuem showroom, e você pode ir lá pessoalmente ver o produto.

Graças a tudo isso, comprei um sofá na Mobly e, adivinha só, quando ele chegou era exatamente como eu tinha imaginado. Foi sorte? Não! – Suria Rocha

Publicidade

10. Trocar farinha branca por farinha integral nas receitas.

Clarissa Passos

Em vez da farinha branca, este mês decidi comprar farinha integral e tentar ingerir carboidratos melhores, já que NÃO ingerir carboidratos é uma opção fora de questão para mim.

Já fiz duas receitas com ela: panquecas simples e torta de liquidificador. E, olha, o resultado é muito bom! O sabor da farinha integral não é tão forte como o de um pão 100% integral, que às vezes assusta os paladares menos acostumados, e dentro da receita ela se dá muito bem!

Só fique atento a um detalhe: às vezes você precisa acertar a proporção de ingredientes líquidos (no caso dos pratos que preparei, fiz isso com o leite) porque as receitas são todas feitas para farinha branca – e a integral tem uma consistência ou secura um pouquinho diferente. Mas não é nada grave: você percebe a olho mesmo. Aprovadíssimo! – Clarissa Passos

Quer mais posts gostosinhos e dicas legais na sua vida? Assine a newsletter do BuzzFeed de Estilo e Bem-Estar!



Caso não consiga ver a caixa de inscrição acima, inscreva-se aqui!

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss