back to top

Planalto faz pesquisa e descobre que as pessoas confiam mais na PF do que no governo

A diferença é grande: 67% aprovam a PF e só 20% aprovam o governo.

publicado

Duas pesquisas encomendadas pelo Palácio do Planalto mostram que o brasileiro confia mais na Polícia Federal do que no próprio governo.

A Polícia Federal e o governo Michel Temer travaram disputas tácitas nos últimos meses, quando diversas investigações avançaram contra a cúpula do PMDB, partido do presidente, e do próprio Planalto.

Os números apontados nas pesquisas são claros: a PF é mais confiável do que o governo.

A primeira pesquisa foi feita pelo Ibope, que questionou 2.002 brasileiros para avaliar diversas instituições.

O governo figura entre os mais mal avaliados — só ganha quando é comparado ao Congresso. Já a PF tem índice de aprovação três vezes maior.

A situação do Planalto é tão mal avaliada que a pesquisa aponta que a PF até ajuda a solucionar a crise do país, enquanto o governo de Michel Temer mais atrapalha — só deputados e senadores atrapalham mais, de acordo com as respostas.

Essa é a pesquisa mais recente divulgada pela Secretaria de Comunicação da Presidência. Foi publicada em 29 de setembro, com dados referentes a julho.

Depois de julho, a situação do PMDB se agravou e um dos motivos foi justamente as investigações da PF.

A PF concluiu que o grupo do PMDB da Câmara, liderado por Michel Temer, formava uma organização criminosa.

Reprodução/Polícia Federal

Além disso, um dos mais próximos aliados de Temer, Geddel Vieira Lima, foi preso depois da descoberta de um bunker com R$ 51 milhões.

Reprodução/Polícia Federal

O resultado prático é que, mesmo com a aprovação da PF, houve mudanças na instituição. Após quase sete anos, Leandro Daiello deixou o cargo de diretor-geral da PF, assumindo Fernando Segovia. Nomeado no começo do governo Dilma, Daiello foi o mais longevo chefe da corporação na era democrática.

Ao fundo, Temer aplaude a transmissão do cargo de diretor-geral da PF de Leandro Daiello para Fernando Segovia.
Ueslei Marcelino / Reuters

Ao fundo, Temer aplaude a transmissão do cargo de diretor-geral da PF de Leandro Daiello para Fernando Segovia.

QUALITATIVA

A pesquisa Ibope não foi a única encomendada pelo Planalto e que apontou o mesmo resultado.

O instituto Análise, no mesmo período, fez uma pesquisa qualitativa. Essa modalidade consiste em reunir um pequeno grupo focal e, a partir das conversas, tirar conclusões sobre o que pensa o brasileiro.

De novo, a PF foi a mais aprovada.

"A Polícia Federal é a instituição mais bem avaliada entre os participantes de todas as praças. É considerado um exemplo de órgão público eficiente e um símbolo do combate à corrupção.

Ficou claro que a Polícia Federal colhe os frutos da grande visibilidade que suas operações têm tido nos últimos tempos e fica protegida do ônus pela eventual soltura de presos por ordem judicial".

Veja também:

Planalto encomendou pesquisa para mudar nome do "Minha Casa Minha Vida", mas deu errado

Nomeação de novo diretor da PF agrada políticos enrolados na Lava Jato

Filipe Coutinho é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Filipe Coutinho at filipe.coutinho@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.