back to top

PF investiga grupo suspeito de lavar US$ 5 bilhões

Cerca de 200 policiais cumpriram 103 mandados, incluindo duas prisões temporárias, na operação Perfídia.

publicado

A Polícia Federal realiza nesta quarta-feira (26) a operação Perfídia, com o objetivo de desarticular um grupo suspeito de lavar US$ 5 bilhões e mandar dinheiro para fora do país.

A PF suspeita que o grupo realiza operações financeiras no mercado paralelo de doleiros, com remessas para cinco países, além de falsificar documentos, usar laranjas e fazer blindagem patrimonial.

No total, 200 policiais federais cumprem 103 mandados, sendo 55 de busca e apreensão, 46 de condução coercitiva e dois de prisão temporária. Um policial federal é investigado.

A maioria das ações acontece em Brasília, mas há também diligências na Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás, Pará, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e Tocantins.

As investigações começaram com uma prisão em flagrante na imigração no aeroporto de Brasília, em agosto de 2016.

De acordo com a PF, os principais suspeitos são proprietários de postos de gasolina, agências de turismo, e lotérica.

Além da prisão em agosto, em outra ação, ainda em 2016, foram encontrados documentos num dos endereços dos investigados, sobre uma offshore que pode ter realizado movimentações bilionárias.

O nome da operação, Perfídia, "é uma referência à traição e deslealdade dos integrantes do núcleo duro da organização criminosa com o País", segundo a PF.

Filipe Coutinho é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Filipe Coutinho at filipe.coutinho@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.