back to top

Justiça afasta Joesley Batista da J&F, controladora da Friboi e JBS

O empresário é investigado pela suspeita de corrupção em fundos de pensão e no fundo de investimento do FGTS.

publicado

Pela segunda vez, a Justiça Federal, em Brasília, determinou o afastamento do megaempresário Joesley Batista do conselho de administração da J&F, holding que controla as marcas JBS, Friboi e Eldorado.

Joesley é suspeito de corrupção em investigações sobre fraudes em fundos de pensão e no fundo de investimento do FGTS (FI-FGTS), que injetaram dinheiro em projetos de empresas da J&F. Esses casos são apurados nas operações da Polícia Federal e Ministério Público, como Cui Bono e Greenfield.

A ordem partiu do juiz Vallisney Oliveira, que entendeu que a medida visa o "asseguramento penal e melhor cumprimento das medidas alternativas às originalmente impostas ao investigado".

Joesley já havia sido afastado e feito acordo com o Ministério Público para retomar o cargo. Mas, para os procuradores, Joesley Batista descumpriu o acerto ao tentar esconder irregularidades.

O BuzzFeed atualizará o texto quando houver uma posição da J&F sobre a ordem da Justiça. Quando o Ministério Público havia pedido o afastamento de Joesley, a empresa disse que foi surpreendida pela procuradoria e negou as irregularidades.

Filipe Coutinho é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Filipe Coutinho at filipe.coutinho@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.