back to top

Dinheiro de Geddel já passa de R$ 8 milhões e tem tudo para ser a maior apreensão da história

Sete máquinas de contar dinheiro trabalham sem parar há cinco horas; e o volume das notas nem chegou na metade.

publicado

A montanha de dinheiro apreendida pela Polícia Federal nesta terça-feira (5) num apartamento ligado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima passa da casa dos R$ 8 milhões e deve bater o recorde de dinheiro recolhido pela PF numa investigação.

É tanto dinheiro apreendido que as malas foram encaminhadas diretamente para um banco, logo após a operação. Sete máquinas trabalham sem parar há pelo menos cinco horas para contar o dinheiro.

O volume de dinheiro ainda não chegou à metade. Mas isso não significa, necessariamente, que passará dos R$ 16 milhões _ isso depende da quantidade de notas de R$ 100 que ainda não foram contabilizadas.

Foi graças a uma pessoa que resolveu ligar para a PF que os investigadores descobriram o apartamento onde Geddel guardava a montanha de dinheiro vivo.

Em 2011, uma operação da Polícia Federal anunciou um recorde de R$ 12 milhões apreendidos, sendo R$ 7 milhões em real e o resto em dólar.

Para se ter uma idéia, o lavador de dinheiro profissional Alberto Youssef, preso na Lava Jato, foi pego com R$ 5 milhões no início da operação, dentro de um cofre.



Filipe Coutinho é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Filipe Coutinho at filipe.coutinho@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.