back to top

Estas personagens vão te deixar orgulhosa de ser mulher

Viva o girl power!

publicado

Perguntamos às pessoas do Buzzfeed Community quais personagens da ficção faziam com que elas sentissem orgulho de ser mulher. Abaixo, algumas das respostas:

1. Rey, de "Star Wars: O Despertar da Força".

Lucas Film

"Minha filha, que tem 5 anos, estava assistindo ao filme comigo quando, lá pela metade do filme, ela me vira e fala, 'Finn sempre vem salvar ela, mas ela nunca precisa da ajuda dele. Ela consegue se virar sozinha.' Na mosca."

Enviada por tinal485d883b9

"Ela quebrou tudo e mostrou que não precisa de um homem para ser seu príncipe no cavalo branco. Ela não era alguém que estava sempre duvidando da própria capacidade ou se depreciando. Ela mostrava confiança e criatividade. Ela me inspira a dar sempre o meu melhor, acreditar em mim mesma e não ter medo de correr riscos."

Enviada por tennisfolife

Publicidade

2. Leslie Knope, de "Parks and Recreation".

NBC

"Sua atitude 'nunca desista, nunca recue e nunca peça desculpas por ser quem você é' sempre me inspirou. 'Parks and Rec' mostra toda a luta que as mulheres enfrentam na política, e em outros ambientes, de uma maneira engraçada e pungente."

Enviada por chloejuleann

3. Lexa, de "The 100".

CBS

"Ela não só me inspira a ser forte, gentil e cuidadosa com aqueles que eu mais amo, como ela também me ensinou a ser valente e lutar pelo que eu acho certo."

Enviada por e4335d746e

"Ela não só me dá força como mulher, como também é uma das poucas mulheres queer na televisão que, além de tudo, ainda lidera um dos grupos mais fodas de todos."

Enviada por sophiad41cde572a

4. Hermione Granger, da série "Harry Potter".

Warner Bros

"Hermione foi muito melhor representada nos livros da série, porque lá ela marcou mais presença. Sem ela, Harry ainda estaria tentando descobrir até mesmo o que era a Pedra Filosofal. Desde o momento que eu comecei a ler os livros até terminar de ver todos os filmes, ela mostrou como é não deixar ninguém diminuir sua paixão por qualquer coisa. Por causa da Hermione eu abracei de vez o meu gosto por livros, meu amor à leitura e minha audácia. Eu passei a confiar em meu intelecto e eu agradeço a ela por isso. Toda garota ou mulher deveria aprender isso e se sentir assim todos os dias."

Enviada por ekfutrell22

6. Jessica Jones, da série da Marvel "Jessica Jones".

Netflix

"Ela é uma heroína cheia de defeitos, sofre de TEPT e é uma vítima de abuso em recuperação. Apesar de TUDO isso, ela permanece forte e AINDA escolhe fazer a coisa certa. Sua história não só ajuda a dar força a mulheres e pessoas que sofreram abusos, ela ainda mostra ao mundo o que é viver com TEPT."

Enviada por jjwhattt

"Ela tem superpoderes, mas morre de medo de estar sendo controlada. Ela morre de medo daquele tempo em que ela sentia que o abuso era culpa dela, por não ser forte o suficiente. Mas, no fim, ela toma as rédeas de sua própria narrativa. Ela é minha heroína."

Enviada por abbyj6

Publicidade

7. As esposas de "Mad Max: Estrada da Fúria".

Warner Bros

"Elas sofreram abusos, estupro e foram mantidas em cativeiro por um maluco psicótico, duas delas estão grávidas dele, elas são tratadas como propriedade e são escravas sexuais. Mas elas ainda têm forças e, ao encontrarem uma oportunidade de fugirem, elas a agarram. Elas não são passivas, confiando apenas que a Furiosa irá salvá-las. Elas também salvam a si mesmas. Elas ajudam Furiosa a lutar, elas recarregam as armas e elas a protegem com suas próprias vidas. Elas cuidam da Furiosa quando ela se fere e ajudam Max a salvá-la. Elas são mulheres fortes também, elas mostram que vítimas podem sobreviver e serem fortes."

Enviadas por meganc4d2b12f97

8. Michonne, de "The Walking Dead".

ABC

"Ela é incrível. Em muitos níveis. Ela é forte, porém vulnerável. Ela tem feminilidade e poder, mas também desmorona às vezes. Ela é linda e intensa. Ela é imperfeita e comete erros, mas sempre aprende com eles. Ela é uma mulher incrível, interpretada por uma mulher incrível."

Enviada por Sam Akira, Facebook

9. Jillian Holtzmann, de "Os Caça-Fantasmas".

Sony Pictures

"Ela é inteligente e apaixonada — é ótimo ver uma engenheira como uma personagem importante do filme. E é incrível ter uma mulher queer com tanto swing e estilo em um filme para nos empoderar."

Enviada por eleanorak

"Ela é uma representação incrível para garotas queer -- diferente de tantos outros enredos de personagens queer, ela nos faz lembrar que nossa história não tem que terminar em tragédia ou morte. Que você não precisa ser um estereótipo, que você pode abalar o mundo, que sua sexualidade não te define. Ela deu a todas as garotas e mulheres uma heroína queer e uma representação positiva na tela."

Enviada por wssarl

10. Elle Woods, de "Legalmente Loira".

Type A Films

"Quando eu era criança, eu assumia que um dia eu iria me adequar às normas do gênero feminino que me cercavam todos os dias, e ela me ensinou que você pode fazer o que você quiser na sua vida e ser incrivelmente boa naquilo – sem deixar de estar linda!"

Enviada por emiliaw45c46acbe

11. Kate Beckett, de "Castle".

ABC

"Ela já teve o coração partido várias vezes na sua vida, mas ela continua lutando. Ela não só quebra a cara dos malvados em um sentido físico, como também é esperta e obstinada. O assassinato de sua mãe é o motivo de ela ter se tornado policial, e por anos ela se fechou para as outras pessoas, com medo de se machucar novamente, mas ela gradualmente começou a se abrir. O mais foda sobre ela é a sua luta contra o TEPT, que ela adquiriu depois de levar um tiro no coração, e seu desejo de ser ainda mais do que já era quando levou o tiro. Ela mostra como você pode vencer sua luta contra seus próprios demônios."

Enviada por charlotteh4378e2207

Publicidade

12. Vampira, dos quadrinhos dos "X-Men".

Marvel

Eu enfrentava (e ainda enfrento) um enorme distúrbio alimentar, e eu buscava apoio nos excluídos da sociedade – os mutantes. A Vampira era como eu: misteriosa, forte, linda e única. Ela também era assombrada por sua mutação biológica, o que fazia com que eu me identificasse com ela. Eu odiava meu corpo, que é tanto uma benção quanto uma maldição para mim. Ela odiava seus poderes mutantes, o que causava nela as mesmas reações emocionais que as minhas. Mesmo assim, ela era forte e cuidava de si mesma, e encontrou o amor e a felicidade! Ela me ensinou a amar a mim mesma e entender que eu era uma heroína.

Enviada por ruthieanns

13. Zoe Washburne, de "Firefly".

Fox

"Ela era um soldado consumado, sem estereótipos. Ela era uma guerreira feroz, mas não era uma valentona. E nada disso impedia que ela fosse uma amiga leal, uma esposa amorosa e carinhosa e desejasse ter uma família. Ela mostrou que ser uma guerreira forte e dura na queda e ser uma presença feminina calorosa, sexual e cuidadosa não são mutualmente exclusivos; você pode ser as duas ao mesmo tempo."

Enviada por irishcowgirl

14. Lorelai Gilmore, de "Gilmore Girls".

Warner Bros

"Ela nunca dependeu de ninguém que a ajudasse a criar a filha, que desse a ela suporte financeiro ou que a ajudasse a montar um negócio junto com sua melhor amiga. Ela criou sua filha e a enviou para Yale, provando que não é só porque você adora cultura pop e comida pouco saudável que não pode ser inteligente e independente."

Enviada por Nicole Scamp, Facebook.

15. Rebecca Bunch, de "Crazy Ex-Girlfriend".

The CW

"Ela é cheia de defeitos e comete muitos, muitos erros, mas sempre tenta estar presente quando os amigos precisam dela. Mais ainda, a doença mental dela fez eu me sentir mais normal por ter a minha própria. Ela pode não ser a personagem perfeita, mas ela é real, e lida com muitas das situações que as mulheres enfrentam diariamente."

Enviada por ashtonb4848a5771

16. Aibileen Clark, de "Histórias Cruzadas".

Dreamworks

"Ela é forte, resiliente e se porta com graça diante da discriminação racial que ela e as outras empregadas domésticas sofrem, ao mesmo tempo em que ensina lindos valores às crianças que cuida."

Enviada por burberrymuffin

Publicidade

17. CJ Cregg, de "Nos Bastidores do Poder".

NBC

"Mesmo trabalhando em um ambiente dominado por homens, ela era a pessoa mais inteligente, engraçada e de classe em qualquer sala. Mudou de (alerta de spoiler) assessora de imprensa para chefe de gabinete com graça e confiança. Ela quebrou o teto de vidro. E ela é como O Chacal de salto alto. Eu adoro ela."

Enviada por kayleeh4b61dd2b8"

18. Olivia Benson, de "Lei e Ordem: Unidade de Vítimas Especiais".

NBC

"Ela tem sido meu exemplo desde sempre, e sua força e compaixão em me inspiram a ser uma pessoa melhor. Seu compromisso com as mulheres do seriado me ensinou a sempre apoiar as mulheres na minha vida. Ela é o exemplo de mulher que eu quero ser."

Enviada por claireification

19. Cristina Yang, de "Grey's Anatomy".

ABC

"Ela é o epítome do 'poder da mulher' — ela prova que sua vida e sua felicidade não têm a ver com o que outras pessoas fazem ou deixam de fazer. Tem a ver apenas com você seu próprio talento e colocar isso à frente de tudo. Dar para receber. Não se importar com que os outros pensam ou em impressionar algum cara, mas impressionar a si mesma. Realizar seus sonhos e mudar o mundo no processo."

Enviada por cristinayang

20. Onze, de "Stranger Things".

Netflix

"Eu a amo de paixão. Para uma personagem feminina tão jovem e que fala tão pouco, Onze é poderosa e expressiva. Ela passou por um verdadeiro inferno psicológico e ainda assim valoriza suas amizades e o cumprimento de suas promessas acima de tudo."

Enviada por Siobhan Gleason, Facebook.

21. Olivia Dunham, de "Fronteiras".

Fox

"Para uma criança que cresceu em um lar violento, ver uma mulher que passou por uma situação similar ter tanto sucesso sempre foi inspirador."

Enviada por Samantha Orion Lange, Facebook.

Publicidade

22. Jane, de "Jane Calamidade".

20th Century Fox

"A primeira vez que eu assisti a esse filme foi quando eu tinha uns 8 ou 9 anos de idade. Foi meu primeiro encontro com uma personagem feminina forte, liberalmente retratada como uma mulher com comportamento masculino. Mais tarde ela é vista como uma heroína de verdade E ainda ganha o mocinho no final. Depois de ver esse filme, eu me senti orgulhosa de ser mulher, mesmo que fosse vestindo sapatilhas em vez de salto alto.

Enviada por kadijak2

23. Mulan.

Disney

"Ela se disfarçou de homem para poupar seu pai de ir à guerra e, mesmo sendo considerada o pior soldado, trabalhou duro até estar entre os melhores do Exército chinês e GANHOU O RESPEITO E A HONRA DE TODA A CHINA. Ela é incrível."

Enviada por IceHexx

24. Buffy Summers, de "Buffy, a Caça-Vampiros".

Warner Bros

"Crescer assistindo Buffy definitivamente moldou minha visão sobre as mulheres. Ela é o cão de guarda da vizinhança, mas não significa que ela é fria ou bruta. Ela é feminina, divertida e vulnerável, mesmo que tenha que passar a noite surrando vampiros. Quando Spike diz que admira o esforço dela, essa é a essência de Buffy – não tem a ver com vencer ou matar vampiros, tem a ver com acordar todas as manhãs e fazer o que pode para tornar o mundo um lugar melhor, mesmo que ninguém vá te agradecer por isso."

Enviada por shonan

25. Katniss Everdeen, de "Jogos Vorazes".

Warner Bros

"Ela me inspirou a acreditar em minha força, como mulher. Apesar de encarar adversidades, Katniss faz o que é certo, mesmo que não seja fácil. E seus pensamentos sobre família, amor e perda tocam fundo em muitas pessoas! Uma mulher de verdade, com defeitos, mas linda e forte."

Enviada por lydiad4101a4a0e

26. Meredith Grey, de "Grey's Anatomy".

ABC

"Ela foi o primeiro exemplo de protagonista feminina que nem sempre era perfeita. Nem tudo o que ela fazia tinha a ver com um cara. Ela era bem pessimista, mas ainda assim se mantinha firme e forte. O melhor de tudo, ela amava alguém, mas nunca mudou por causa disso – e ele não era o centro do universo dela, o que para alguém acostumada a comédias românticas, como eu, era meio que absurdo."

Enviada por SuperParaVox

27. Veronica Mars, de "Veronica Mars".

Silver Pictures Television

"Ela passou por eventos traumáticos – estupro, abandono pela mãe alcoólatra, morte da melhor amiga – mas ainda assim ela permanece firme, confiante e não tem medo de pedir ajuda quando precisa."

Enviada por britainc

"Ela era uma detetive particular sagaz, inteligente e durona, que sabia como desenrolar qualquer caso. Mas além do seu humor sarcástico e julgamento rápido, ela também era uma fonte de inspiração para meninas. Ela nunca tinha medo de dizer o que pensava ou defender o que acreditava, mesmo que significasse enfrentar perigos e adversários. Quando eu era garotinha, eu queria ser como Veronica Mars, que nunca recuava e usava a cabeça para salvar o dia."

Enviada por Nym Carters, Facebook.

28. Peggy Carter, de "Agente Carter".

ABC

"Muitas das suas façanhas ocorreram em uma era onde as mulheres tinham poucas opções de ocupação além de serem mães e donas de casa. Como muitas mulheres que, devido à Segunda Guerra Mundial, tiveram que trabalhar fora de casa, em trabalhos tipicamente masculinos, Peggy também teve que lidar com o fim da guerra e a expectativa da sociedade de que ela saísse de cena e deixasse os homens fazerem o trabalho de verdade. Agent Carter oferece um exemplo super positivo para as garotas de hoje."

Enviada por allierowling

Este post foi traduzido do inglês.

Em parceria com

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss