back to top

41 razões pelas quais Kim Kardashian é famosa, já que ninguém parece saber o porquê

Que mistério.

publicado

1. Ela é a estrela de reality show mais bem paga e mais famosa da história da TV. Em 2016, a revista "Forbes" estimou seu patrimônio líquido em 51 milhões de dólares.

2. Ela também é a protagonista do reality show mais longo da história. Isso mesmo — "Keeping Up With The Kardashians" fará dez anos em outubro deste ano.

3. E ela trabalha duro no programa. Geralmente, filma de 10 a 12 horas por dia — até mais, se houver alguma grande história.

4. Além disso, desde que a série foi ao ar pela primeira vez, o canal E! transmitiu um total de mais de 200.000 minutos de "KUWTK". Foram feitas gravações suficientes para exibir o programa por 24 horas durante 150 dias.

5. E o casamento de Kim com Kris Humphries ainda é responsável

pelo dia mais assistido na história da programação do canal E!.

6. Ah, e não vamos esquecer, Kim também é produtora-executiva do reality show mais bem-sucedido e duradouro de todos os tempos. Mas se você quiser achar que o programa se fez sozinho e permaneceu no ar por uma década por acaso, vá em frente.

7. Kim contribuiu muito para empoderar as mulheres.

8. Ela normalizou o corpo feminino cheio de curvas em um momento em que ele realmente não estava "na moda".

9. Ela deu confiança para muitas mulheres, algumas delas famosas, cujos tipos de corpo eram sub-representados.

10. Ela também faz parte de uma família poderosa de mulheres criativas que trabalha duro, e o programa delas mostra que os homens vão e vem, mas o relacionamento entre elas permanece constante.

11. E ela também aceita seu corpo e sua sexualidade — com, por exemplo, selfies nuas — em um mundo que diz repetidamente para garotas e mulheres que elas não deveriam se orgulhar de nenhum deles.

12. Ela permitiu que seus problemas de fertilidade fossem documentados nos mínimos detalhes: vimos exames vaginais, tratamentos de fertilização in vitro e descrições de sua placenta, que estava tão grudada em sua parede uterina após o parto que um médico precisou colocar a mão dentro dela e arrancá-la com as unhas.

13. Ao fazer isso, ela quebrou muitos tabus em torno da fertilidade feminina, da gravidez e do parto e fez com que as mulheres se sentissem menos sozinhas.

14. E, depois de ser comparada a uma baleia assassina quando estava grávida de North e acusada de fingir a gravidez de Saint, ela se posicionou fortemente contra o body-shaming na gravidez. Ela lembrou ao mundo que "o corpo de cada pessoa é diferente e cada gravidez é diferente".

15. Ela também se posicionou contra o slut-shaming após a repercussão em relação à publicação de uma selfie nua, escrevendo um texto emocionado: "Body-shaming e slut-shaming — chega disso! Eu não vou viver minha vida sendo ditada pelos problemas que você tem com minha sexualidade. Seja você e me deixe ser eu."

16. Kim aproveitou o poder das redes sociais muito antes de outras celebridades, que, em 2009, ainda usavam o Twitter para falar sobre o que tinham almoçado. Na verdade, Kim entendeu que a plataforma poderia ser usada para autopromoção, para se conectar com os fãs e para testar ideias de produtos.

17. Como resultado, ela reconheceu que as mídias digitais e móveis eram ~o futuro~ e criou um jogo para celular, Kim Kardashian: Hollywood. Você já deve ter ouvido falar nele.

18. Desde seu lançamento, em 2014, o jogo foi baixado 45 milhões de vezes, jogado por mais de 5,7 bilhões de minutos, gerou 160 milhões de dólares e deu a Kim 45 milhões de dólares. No ano passado, o jogo representou 40% da renda dela.

19. Depois, ela criou o melhor produto de marca pessoal de todos os tempos, na forma de seu conjunto personalizado de emojis. Tantas pessoas o baixaram nos primeiros minutos após o lançamento que acabaram derrubando toda a Apple Store.

20. E, em poucos dias, o Kimoji conseguiu um lugar entre os aplicativos mais baixados da Apple. Com isso — junto ao jogo Kim Kardashian: Hollywood —, ela era a única celebridade com dois aplicativos ganhando dinheiro entre os mais baixados.

21. Ah, e depois ela lançou um terceiro aplicativo, o Kim Kardashian West Official, em que a maioria do conteúdo é pago. O app foi baixado meio milhão de vezes nas primeiras 24 horas após o lançamento.

22. Então para deixar claro: juntos, os três aplicativos de Kim geram receitas na casa de centenas de milhões de dólares — quantia que faz o salário pago pelo canal E! por "KUWTK" quase irrisório.

23. Basicamente, Kim monetizou o próprio ato de viver de forma tão eficaz, que a receita que ela gera por ser filmada em seu cotidiano é apenas uma fração do que ela ganha permitindo que as pessoas vejam fotos, vídeos e desenhos animados de uma vida que está sendo registrada pelas câmeras.

24. Resumindo, ela monetizou sua vida e criou um império.

25. Kim ajudou a tirar o estigma das relações inter-raciais — algo sobre o qual Kanye West já falou.

26. Na verdade, eles se tornaram o primeiro casal inter-racial a estampar a capa da revista "Vogue".

27. Ela também usou sua plataforma para falar sobre racismo, escrevendo um texto sobre o assunto depois que North foi discriminado durante um voo.

28. Ela lançou o single mais emblemático de todos os tempos: "Jam (Turn it Up)".

29. E doou a renda dele para pesquisas sobre o câncer.

30. Ela popularizou a maquiagem de contorno, e nossos rostos agradecem.

31. Ah, e agora ela também está ganhando dinheiro com isso, lançando seus próprios kits de contorno.

32. Como tudo que ela faz, os kits também esgotaram em poucas

horas.

33. Ela usou sua fama para falar sobre política. Desde a eleição nos Estados Unidos, ela tornou clara sua desaprovação em relação a muitas decisões de Donald Trump. Ela visitou a sede da Planned Parenthood (ONG de saúde reprodutiva) em uma demonstração de solidariedade com a organização. Ela tuitou estatísticas que mostravam que o crime com armas mata mais americanos do que ataques terroristas, após a tentativa de Trump implementar o decreto anti-imigração. Pediu que os cidadãos escrevessem para seus senadores para defender o sistema de saúde. E revelou seu desgosto com a proibição de Trump em relação às pessoas transgêneras nas Forças Armadas.

34. Ah, e o ativismo dela não para por aí. Kim também entrou na campanha pelo controle de armas. Ela até visitou famílias de vítimas da violência armada em "KUWTK" para aumentar a conscientização sobre o assunto.

35. E ela trabalhou incansavelmente para aumentar a conscientização sobre o genocídio armênio, e sua carta para os negadores do genocídio foi transformada em um anúncio de página inteira no jornal "The New York Times". "Defender a negação de um genocídio pelo país responsável por ele — isso não é publicar um 'ponto de vista provocativo', isso é espalhar mentiras", escreveu ela. "É totalmente irresponsável moralmente e, acima de tudo, perigoso. Se isso fosse um anúncio negando o Holocausto, ou colocando o 11 de setembro sob alguma teoria conspiratória, eles teriam colocado para impressão?"

36. E, para as pessoas que acham que ela é extremamente materialista e egoísta, você sabia que ela doa 10% de seus lucros todos os anos para a caridade?

37. Além disso, se você achou que ela ficou mais rica e famosa devido ao seu casamento com Kris Humphries, talvez não saiba que ela doou o valor dos presentes que recebeu — estimados em mais de 200.000 dólares — para a Dream Foundation.

38. Parece que parte de seu sucesso pode ser pelo fato de ela ser uma pessoa completamente decente. Chocante, né?! Por exemplo, ela pediu que fossem feitas doações para um hospital infantil em Chicago, em vez de receber presentes em seus chás de bebes, e já fez uma visita a um hospital infantil na noite de Natal.

39. Kim também é bem-sucedida porque realmente se preocupa muito com seus fãs. Uma vez, ela levou todas as pessoas que seguia nas mídias sociais para um brunch em Los Angeles para comemorar seu aniversário.

40. E ela faz coisas como atravessar metade do país para surpreender seus/suas seguidores(as) mais leais no aniversário deles(as).

41. E, se você ainda acha que ela só é famosa por causa do vazamento de um vídeo íntimo, devemos considerar o fato de que Kim conseguiu superar essa violação e se recusa a desaparecer em uma sociedade que tentou por DEZ ANOS constrangê-la e depreciá-la por causa disso? Acho que ela meio que merece a fama. Até.

Este post foi traduzido do inglês.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss