back to top

Pessoas confessam um momento em que ser malvado foi bom demais

Admita: você com certeza já mexeu no tapaué do coleguinha. Ou algo do tipo.

publicado

Você já se pegou no flagra curtindo fazer alguma coisa safadinha? Falamos com pessoas que admitiram adorar, secretamente, serem um pouquinho malvadas.


"Quando eu morava em uma república, eu era uma ótima roommate. Sempre lavava tudo quando era a minha vez e mantinha qualquer bagunça apenas no meu quarto. Minha colega era a neurótica da limpeza e sempre enchia meu saco com isso, mesmo quando eu deixava tudo limpinho.

Às vezes, quando eu me irritava muito com ela, acabava deixando o lixo não reciclável em cima da pilha arrumadinha de recicláveis que ela deixava, só para zoar. Ela nunca descobriu quem fazia isso até eu contar alguns anos depois."

– Caroline C

"Meu prazer sem culpa é ir em festinhas e sair bem à francesa, sem me despedir de ninguém. Eu tenho feito isso há anos e realmente tenho melhorado com o tempo. Eu odeio passar por aquele 'ritual' de dizer tchau para todo mundo que eu conheço ou até para quem foi comigo, então eu só fujo dessa situação.

Geralmente meu método é dizer que eu estou indo ao banheiro ou até que vou lá fora tomar um ar, mas eu acabo desaparecendo na noite como um ninja ou um espião muito antissocial."

– Charles O

"O meu é muito simples: não abrir mensagens no What's para que as setinhas não fiquem azuis e as pessoas não pensem que eu li a mensagem."

– Nyall C

"Adoro fazer contato visual óbvio com alguém que eu conheci por aí, mas finjo descaradamente que não fiz e, claro, acabo me safando."

– Matthew C

"Eu amo quando você pede uma entrada e tem três unidades (croquetes, bolinhos, etc.) mas você tá comendo com outra pessoa e pega o extra para você.

O segredo para o sucesso nessa situação é primeiro pedir permissão dessa forma: 'Você se incomoda se eu comer isso?' Quase sempre as pessoas deixarão. Usando este método, eu já devo ter roubado aproximadamente 40,000 calorias extras ao longo da vida. E é delicioso demais, cara."

– James L

"Eu amo quando eu consigo me safar de fazer trabalhos domésticos, especialmente quando eu estou na casa dos meus sogros. Quando eu vou para lá durante o almoço de domingo que eles cuidadosamente prepararam e serviram (e ainda me deram refill ilimitado de vinho), eu sempre consigo achar um jeito de evitar lavar as louças.

EU SEI QUE EU DEVIA AJUDAR, e eu sempre faço um ótimo teatrinho para fingir que estou oferecendo e me esforçando, mas assim que alguém fala 'não precisa, tudo bem' eu não insisto nem um pouco."

– Kenneth M

"Uma das coisas malvadas que mais gosto de fazer é vencer a corrida até o assento vazio no metrô, ao invés de graciosamente oferecer para o outro que está na disputa. Ao longo de muitos anos de treinamento, eu consegui entender como enxergar um assento ASSIM que ele fica livre e descobri um sistema para chegar até ele antes de qualquer outra pessoa. Não funciona toda vez, e me rende alguns olhares malignos, mas quando consigo é sempre ótimo."

– Craig T

"Eu sei que isso soa muito mal.... mas eu amo quando meu bebê dorme no momento em que eu devia estar cuidado dele."

– Joe B

"Eu realmente adoro assustar pessoas. Eu fico surpresa que não fiz isso mais vezes atualmente. Eu sei que é horrível e muitas pessoas odeiam, mas não tem nada melhor do que esconder atrás de uma porta por 10 minutos, pular para fora e ver alguém (metaforicamente) se borrar nas calças."

– Josie A

Se você é muito bom em ser do mal, você vai adorar ver Gru e os Minions serem presos em Meu Malvado Favorito 3, nos cinemas em junho.

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com