back to top

13 das piores gafes que as pessoas cometeram ao atender um cliente

Incluindo "meu senhor, realmente são as normas, nós não podemos dar por trás".

publicado

Estas histórias foram contadas em um post no grupo do BuzzFeed Brasil no Facebook, mas preferimos preservar o anonimato das pessoas neste post.

Os depoimentos foram editados por questões de clareza e/ou tamanho.

1. "E esse bebê não nasce nunca?".

"Sou fotógrafa e tinha uma cliente que estava grávida. Alguns dias depois das fotos, ela apareceu na loja sozinha. Querendo ser simpática, perguntei 'e esse bebê não nasce nunca?' Ela me respondeu: 'nasceu já, tá com sete dias'. FIQUEI NO CHÃO."
Kaisersosa67 / Getty Images

"Sou fotógrafa e tinha uma cliente que estava grávida. Alguns dias depois das fotos, ela apareceu na loja sozinha. Querendo ser simpática, perguntei 'e esse bebê não nasce nunca?' Ela me respondeu: 'nasceu já, tá com sete dias'. FIQUEI NO CHÃO."

2. "Mandei uma mensagem aos noivos dizendo 'adorei o seu pau'".

"Trabalhei em um casamento e o pai do noivo era muuuuito legal. Ele fez diferença na festa, cantou, animou a galera e foi o máximo! No dia seguinte, mandei uma mensagem aos noivos agradecendo a confiança e dizendo 'adorei o seu pau!' Era PAI, mas o corretor escreveu pau. Eu queria um meteoro no meio da minha cabeça naquele momento."
Reprodução Rede Globo

"Trabalhei em um casamento e o pai do noivo era muuuuito legal. Ele fez diferença na festa, cantou, animou a galera e foi o máximo! No dia seguinte, mandei uma mensagem aos noivos agradecendo a confiança e dizendo 'adorei o seu pau!' Era PAI, mas o corretor escreveu pau. Eu queria um meteoro no meio da minha cabeça naquele momento."

3. "Mandei uma playlist de pagode pro cliente."

"Mandar uma playlist de pagode anos 90 pra uma cliente em vez do link do site interno com as informações que ela precisava."
Reprodução / Via youtube.com

"Mandar uma playlist de pagode anos 90 pra uma cliente em vez do link do site interno com as informações que ela precisava."

4. "Mandei e-mail escrito 'PREZADO FULANO'".

"Mandei um e-mail escrito 'PREZADO FULANO' para um cliente muito importante. Ele respondeu: 'Prezada Ciclana'. Nós rimos muito, mas fui demitida :("
Divulgação

"Mandei um e-mail escrito 'PREZADO FULANO' para um cliente muito importante. Ele respondeu: 'Prezada Ciclana'. Nós rimos muito, mas fui demitida :("

5. "Tive uma crise de riso tão calamitosa que minha chefe não entendeu o que aconteceu".

"Uma vez ligaram no meu trabalho e falaram 'gostaria de saber como eu faço para vender feijão para vocês'. Eu tive uma crise de riso tão calamitosa que minha chefe até hoje não entendeu o que aconteceu. Tomei bronca mais tarde por ter sido mal educada com o moço."
Reprodução

"Uma vez ligaram no meu trabalho e falaram 'gostaria de saber como eu faço para vender feijão para vocês'. Eu tive uma crise de riso tão calamitosa que minha chefe até hoje não entendeu o que aconteceu. Tomei bronca mais tarde por ter sido mal educada com o moço."

6. "Ajuda pra mentir no Tinder, né?".

"Eu era recepcionista na faculdade e tinha uma professora senhorinha que sempre me pedia ajuda pra chamar o Uber. Um dia ela veio toda sorridente e me disse 'preciso de ajuda...' e eu muito eficiente já fui completar 'ah, ajuda pra mexer no Tinder, né?'. Fiquei roxa e quiz pedir demissão ali mesmo, ainda bem que ela é de boa e ainda tirou sarro da minha cara."
Vionet / Getty Images

"Eu era recepcionista na faculdade e tinha uma professora senhorinha que sempre me pedia ajuda pra chamar o Uber. Um dia ela veio toda sorridente e me disse 'preciso de ajuda...' e eu muito eficiente já fui completar 'ah, ajuda pra mexer no Tinder, né?'. Fiquei roxa e quiz pedir demissão ali mesmo, ainda bem que ela é de boa e ainda tirou sarro da minha cara."

7. "Tem várias porn shops na cidade".

"Eu trabalhava como recepcionista num hostel. Tinha um hóspede gringo que vivia bêbado. Um dia, ele chegou na recepção perguntando se eu conhecia alguma 'pawn shop' (loja de penhores) em São Paulo. Juntando o sotaque dele mais a boca torta por causa da bebida, eu entendi 'PORN shop'. Aí eu: 'Claro, tem várias porn shops aqui na cidade'. Ele arregalou os zóios e disse 'não, porn shop não, penhores, loja de penhores!!! Eu não sou pervertido!'"
Reprodução

"Eu trabalhava como recepcionista num hostel. Tinha um hóspede gringo que vivia bêbado. Um dia, ele chegou na recepção perguntando se eu conhecia alguma 'pawn shop' (loja de penhores) em São Paulo. Juntando o sotaque dele mais a boca torta por causa da bebida, eu entendi 'PORN shop'. Aí eu: 'Claro, tem várias porn shops aqui na cidade'. Ele arregalou os zóios e disse 'não, porn shop não, penhores, loja de penhores!!! Eu não sou pervertido!'"

8. "Meu senhor, realmente são as normas, nós não podemos dar por trás".

"Minha mãe era gerente de uma agência dos correios no interior. Aí, um dia um cliente foi lá querendo retirar correspondência da caixa postal, mas não tinha levado a chave. Mas sabe como é interior, as pessoas sempre acham que podemos 'dar um jeitinho' porque todo mundo se conhece. O atendente informou que não podia, o cara insistiu e pediu pra falar com a gerente. Quando minha mãe foi atender, ele explicou a situação, informou que não podia entregar e ele insistindo. Já irritada, ela disse: 'meu senhor, realmente são as normas, nós não podemos dar por trás'. Ficou aquele climão na agência, o cara se conteve e finalmente desistiu."
Reprodução

"Minha mãe era gerente de uma agência dos correios no interior. Aí, um dia um cliente foi lá querendo retirar correspondência da caixa postal, mas não tinha levado a chave. Mas sabe como é interior, as pessoas sempre acham que podemos 'dar um jeitinho' porque todo mundo se conhece. O atendente informou que não podia, o cara insistiu e pediu pra falar com a gerente. Quando minha mãe foi atender, ele explicou a situação, informou que não podia entregar e ele insistindo. Já irritada, ela disse: 'meu senhor, realmente são as normas, nós não podemos dar por trás'. Ficou aquele climão na agência, o cara se conteve e finalmente desistiu."

9. "Puta que pariu, de novo essa mulher enchendo o saco com isso".

"Uma vez, trabalhando de telemarketing, não consegui resolver o problema de uma mulher, pedi desculpas e encerrei a ligação normalmente. Era meu primeiro dia e foi a segunda ligação sobre o único assunto que eu não estava conseguindo lidar muito bem. Pois bem, a mulher ligou de novo, eu reconheci que era ela e falei 'puta que pariu, de novo essa mulher enchendo o saco com isso' e em seguida chamei a supervisora pra me ajudar. O telefone não tava mutado e a mulher me ouviu dizendo aquilo e chamando a supervisora. De repente só ouço ela me xingando do outro lado da linha. Reconheci que fui mal educada e ainda burra de não ter colocado no mute. Foi muito azar o meu a ligação dela cair justamente pra mim duas vezes seguidas e eu nervosa por ser o primeiro dia. Ela só continuou me xingando bastante e depois desligou na minha cara. Aí nas próximas ligações eu já fui conseguindo me adaptar."
Reprodução

"Uma vez, trabalhando de telemarketing, não consegui resolver o problema de uma mulher, pedi desculpas e encerrei a ligação normalmente. Era meu primeiro dia e foi a segunda ligação sobre o único assunto que eu não estava conseguindo lidar muito bem. Pois bem, a mulher ligou de novo, eu reconheci que era ela e falei 'puta que pariu, de novo essa mulher enchendo o saco com isso' e em seguida chamei a supervisora pra me ajudar. O telefone não tava mutado e a mulher me ouviu dizendo aquilo e chamando a supervisora. De repente só ouço ela me xingando do outro lado da linha. Reconheci que fui mal educada e ainda burra de não ter colocado no mute. Foi muito azar o meu a ligação dela cair justamente pra mim duas vezes seguidas e eu nervosa por ser o primeiro dia. Ela só continuou me xingando bastante e depois desligou na minha cara. Aí nas próximas ligações eu já fui conseguindo me adaptar."

10. "Vamos fechar negócio, senhor Simpson?".

"Eu trabalho em concessionária e uma moça que trabalha lá contou uma história que eu morro de rir toda vez que lembro. O cara chegou pra olhar carro e ela foi atender. Ela tem dificuldade de guardar nomes, então sempre faz associações na cabeça com alguma coisa para ir falando o nome da pessoa durante o atendimento. Conversa vai, conversa vem: 'Então, senhor Simpson, o consumo do carro é tal'. 'Mas senhor Simpson, esse porta-malas é o melhor da categoria'. 'Aceita um café, senhor Simpson?'. Já sentados na mesa dela: — Vamos fechar negócio, senhor Simpson? — Até quero, mas só quando você parar de me chamar de senhor Simpson. Meu nome é Homer, mas sem o Simpson!"
Reprodução FOX / Via youtube.com

"Eu trabalho em concessionária e uma moça que trabalha lá contou uma história que eu morro de rir toda vez que lembro. O cara chegou pra olhar carro e ela foi atender. Ela tem dificuldade de guardar nomes, então sempre faz associações na cabeça com alguma coisa para ir falando o nome da pessoa durante o atendimento. Conversa vai, conversa vem: 'Então, senhor Simpson, o consumo do carro é tal'. 'Mas senhor Simpson, esse porta-malas é o melhor da categoria'. 'Aceita um café, senhor Simpson?'.

Já sentados na mesa dela:

— Vamos fechar negócio, senhor Simpson?

— Até quero, mas só quando você parar de me chamar de senhor Simpson. Meu nome é Homer, mas sem o Simpson!"

11. "Dou aula na casa dos alunos e uma aluna me recebeu nua".

"Sou professora de inglês, dou aula na casa ou no trabalho dos alunos. Teve um dia que cheguei na casa da menina, ela disse que tinha acabado de sair do banho e me recebeu nua. Quis me jogar do 12º andar."
Anetlanda / Getty Images

"Sou professora de inglês, dou aula na casa ou no trabalho dos alunos. Teve um dia que cheguei na casa da menina, ela disse que tinha acabado de sair do banho e me recebeu nua. Quis me jogar do 12º andar."

12. "Liguei para falar do MÉNAGE dela".

"Eu trabalhava com cobrança de carros e um dia liguei pra uma moça pra falar da dívida do Megane dela. Tava tão distraída que falei que o motivo da ligação era pra falar sobre o MÉNAGE dela."
Getty Images

"Eu trabalhava com cobrança de carros e um dia liguei pra uma moça pra falar da dívida do Megane dela. Tava tão distraída que falei que o motivo da ligação era pra falar sobre o MÉNAGE dela."

13. "É crédito ou beijo?".

"Já trabalhei no Starbucks, né. Sábado, aquele fila desgraçada de gente querendo frappuccino e eu estava no caixa. Ou melhor, no lindo mundo da imaginação para o qual me teletransporto nos momentos de caos. Aparece um boy gato no caixa e eu pergunto com a maior naturalidade do mundo (SEM QUERER, TOTAL INVOLUNTÁRIO, EU JURO):— É crédito ou beijo?A namorada dele não gostou. Mas a galera que tava trabalhando comigo gostou bastante."
Grinvalds / Getty Images

"Já trabalhei no Starbucks, né. Sábado, aquele fila desgraçada de gente querendo frappuccino e eu estava no caixa. Ou melhor, no lindo mundo da imaginação para o qual me teletransporto nos momentos de caos. Aparece um boy gato no caixa e eu pergunto com a maior naturalidade do mundo (SEM QUERER, TOTAL INVOLUNTÁRIO, EU JURO):

— É crédito ou beijo?

A namorada dele não gostou.

Mas a galera que tava trabalhando comigo gostou bastante."

Veja também:

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.