Descubra se você é privilegiado

Às vezes estamos tão acostumados com a nossa vida que não enxergamos quase nada além do nosso meio.

publicado
  1. 1. Marque as declarações que condizem com a sua experiência:

    Estudei em colégio particular durante a maior parte da minha vida ou a vida toda.
    Nunca fiquei sem lanche na escola por falta de dinheiro.
    Nunca fiquei sem uniforme na escola por falta de dinheiro.
    Nunca fiquei sem material na escola por falta de dinheiro.
    Não dependo de transporte público.
    Tem mais de um banheiro na minha casa.
    Sempre morei com ao menos um de meus pais até ser capaz de me sustentar sozinho.
    Nunca fui beneficiário de programa social para concluir meus estudos.
    Não precisei trabalhar para pagar minha faculdade.
    Sou identificado como branco.
    Nunca levei geral da polícia.
    Nunca alguém me elogiou dizendo que eu “nem parecia” ser algo que sou.
    Não tenho problemas em conseguir um táxi à noite, direto na rua.
    Comecei a trabalhar depois dos 18 anos.
    Nunca esperei mais que um mês para conseguir fazer um exame.
    Tenho plano de saúde particular.
    Tenho carro quitado.
    Moro em casa própria.
    Nunca ouvi piadas grosseiras por causa da minha religião.
    Nunca hesitei ao responder se tenho ou pratico alguma religião.
    O templo onde pratico minha religião nunca foi vítima de violência.
    O templo onde pratico minha religião nunca teve que se mudar de bairro por pressão da vizinhança.
    Minha casa nunca encheu durante as chuvas de verão.
    Nunca morei em área de risco de deslizamento.
    Tem mais de um computador na minha casa.
    Tenho acesso à internet em casa.
    Nunca precisei esconder minha sexualidade.
    Nunca precisei me policiar para não segurar a mão do meu parceiro/a em público.
    Nunca tive que apresentar meu parceiro/a como “um amigo”.
    Não me preocupo com possíveis contatos físicos abusivos em um trem ou ônibus lotado.
    Nunca tive que me perguntar se a situação que eu estava vivendo era ou não assédio.
    Nunca ouvi abordagens sexuais de pessoas que não conheço e estavam passando por mim na rua.
    Nunca me senti perseguido na rua por causa da roupa que estava usando.
    Meu salário é maior do que o de colegas de outro gênero que têm o mesmo cargo.
    Minha identidade sexual nunca foi alvo de piadas.
    Já viajei para o exterior.
    Nunca fui vítima de violência doméstica.
    Não sou eu que lavo meu banheiro.
    Nunca trabalhei servindo pessoas.
    Nunca fui chamado de "bicha" de maneira ofensiva.
    Nunca tentei suicídio.
    Nunca fui diagnosticado com depressão.

Descubra se você é privilegiado

Você não é privilegiado. Provavelmente conhece na pele (ou na orientação sexual, ou na condição social) as injustiças do mundo. A boa notícia é que o mundo está mudando. A má notícia é que isso leva um bom tempo -- mas talvez pequenas atitudes, como preencher este checklist, ajude as pessoas a perceber seus próprios privilégios e refletir sobre as injustiças do mundo.

Reprodução
Take quizzes and chill with the BuzzFeed app.
Get the app

Você é pouco privilegiado. Você deve ter lidado, ao longo da vida, com algumas situações difíceis -- embora tenha tido algum apoio em outras.

Reprodução
Take quizzes and chill with the BuzzFeed app.
Get the app

Você é privilegiado. O que parece apenas uma vida de classe média normal, como a de todos os seus amigos, na verdade contou com acessos a serviços e confortos que, embora pareçam básicos, não estão disponíveis para todo mundo.

Reprodução
Take quizzes and chill with the BuzzFeed app.
Get the app

Você é bastante privilegiado. Talvez você não pense muito nisso, mas a maioria das pessoas no País não conta com a mesma aprovação social e o mesmo suporte financeiro que você teve durante a vida.

Reprodução
Take quizzes and chill with the BuzzFeed app.
Get the app

Atualização (às 23h do dia 6 de agosto): foram criadas descrições para os resultados.