back to top

18 séries na Netflix que são melhores do que perder tempo com embuste

Assiste as mina.

publicado

1. "Unbreakable Kimmy Schmidt"

Divulgação

São três temporadas de pura alegria, feminismo e humor meio abobalhado, meio fofo na história da mulher que, depois de passar anos presa por um maluco em um bunker, decide se mudar para Nova York. Atenção para um dos melhores personagens de séries dos últimos tempos, Titus Andromedon (Tituss Burgess).

2. "Outlander"

Divulgação

Com duas temporadas disponíveis na Netflix, a série mostra as aventuras de uma enfermeira que vive em 1945 e viaja no tempo, indo parar em 1743 – quando era inclusive (mais) perigoso uma mulher saber alguma coisa.

Publicidade

3. "The Crown"

Divulgação

As duas temporadas que já estão no ar tratam da trajetória de Elizabeth, desde a morte de seu pai até sua consolidação como rainha do Reino Unido. A reconstituição histórica e a delicada relação entre os personagens são alguns dos pontos altos da série, que terá sua terceira temporada centrada na princesa Diana.

4. "As Telefonistas"

Divulgação

Quatro mulheres começam a trabalhar como telefonistas em uma empresa de telecomunicações na conturbada Espanha dos anos 20. Imagina como trabalhar fora nas empresas modernas mudou a vida das mulheres lááá no comecinho? Você tem duas temporadas no ar (e uma prometida para esse ano) para pensar com elas sobre isso.

5. "Call the Midwife"

Divulgação

Talvez você nunca tenha imaginado que uma série sobre parteiras que trabalham em parceria com freiras numa área pobre de Londres, durante o pós-guerra, podia ser tão legal. Temas como aborto, maternidade e o papel feminino em um mundo que começava a mudar são pano de fundo nessa história que tem cinco temporadas.

6. "The Good Wife"

Justin Stephens / CBS

A série começa com a "boa esposa" Alicia (Julianna Margulies) vendo seu casamento ruir quando seu marido, um poderoso procurador, é envolvido em um escândalo político e sexual. Sete temporadas depois, você vai ver onde ela está.

7. "Cara Gente Branca"

Divulgação

Tensões raciais em uma universidade são trazidas à tona e debatidas a partir do ponto de vista de uma garota que capitaneia um programa de rádio. Se você quer começar por uma maratona rápida, essa é a ideal: por enquanto, a série tem uma temporada de dez episódios – mas a segunda já foi confirmada.

Publicidade

8. "Ela Quer Tudo"

David Lee

A série, que tem uma temporada no ar e outra já encomendada pela Netflix, é estrelada por Nora Darling (DeWanda Wise), uma artista que vive um relacionamento poliamoroso e tenta buscar a sua independência no trabalho, na sociedade e nas suas relações amorosas. Dirigida por Spike Lee, tem um núcleo de mulheres fortes e é bem sincera e realista quanto aos dramas de uma mulher que deseja ser livre sexualmente.

9. "GLOW"

Divulgação

Fazendo uma crítica desde a primeira cena sobre como as mulheres são subjugadas no mundo do entretenimento, a série retrata o universo da luta livre – GLOW é uma sigla para "Gorgeous Ladies of Wrestling", ou "Belas Mulheres da Luta Livre". De quebra, é rapidinha de maratonar: é só uma temporada.

11. "The Bletchley Circle"

ITV / Rex Features

Anos depois de trabalharem para o governo britânico durante a guerra decifrando códigos, quatro mulheres foda se reúnem novamente para solucionar crimes – já que os homens envolvidos no caso não fazem nada direito. Duas temporadas são pouco.

12. "Crazy Ex Girlfriend"

Divulgação

Nessa comédia-romântica-musical com duas temporadas, Rebecca Bunch tem um emprego ótimo com um salário mais ótimo ainda, mas larga tudo para ir atrás do namoradinho que ela teve quando era adolescente, já que foi a última vez que ela se sentiu feliz. Talvez ela seja um pouco INTENSA demais, se é que você me entende, mas a série brinca com muita propriedade sobre os clichês de comédias românticas e também aborda temas de saúde mental de forma honesta, coisa rara no mundo do entretenimento.

Publicidade

13. "Alias Grace"

Divulgação

Baseada em fatos reais e em um livro premiado da Maragaret Atwood, autora do "Handmaid's Tale", a série de uma temporada conta a história de uma imigrante irlandesa pobre que migra para o Canadá e é acusada do assassinato de seus patrões.

14. "Land Girls"

Divulgação

Apesar de criticada por alguns erros históricos, a série da BBC é um programão se você não se incomodar com isso. São três temporadas com as histórias relacionadas ao envolvimento das mulheres no esforço de guerra.

15. "Hello, My Twenties"

Divulgação

O dorama (drama coreano) fala sobre a amizade de cinco garotas que moram na mesma casa. Todas elas estão na faculdade e enfrentam dramas comuns a mulheres nesta fase da vida. Ao longo das duas temporadas, elas superam as diferenças e se apoiam para enfrentar situações como relacionamentos abusivos, traumas familiares, assédio no trabalho e prostituição.

16. "Wynonna Earp"

Divulgação

Wynnona Earp é toda "errada": fala palavrão, bebe demais, pega quem ela quer, e por isso é odiada por todo mundo de sua pequena cidade natal. Mas isso não a impede de voltar para lá, para proteger a cidade de uma invasão de demônios, e se reconectar com sua irmã mais nova. Essa heroína tem duas temporadas no ar na Netflix.

Publicidade

18. "Grace and Frankie"

Divulgação

Depois de décadas de casamento, os maridos de Grace (Jane Fonda) e de Frankie (Lily Tomlin) decidem pedir o divórcio das respectivas esposas para viverem juntos. É aí que as duas vão descobrir que a vida continua, sim – em qualquer idade. Além de amigas se apoiando, a série ainda põe em destaque mulheres mais velhas, tão injustamente pouco vistas no entretenimento. São três temporadas, com a quarta chegando dia 19 deste mês.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

Em parceria com