back to top

40 memórias que vão fazer você lembrar porque as festas juninas da infância eram as melhores

Capinhas de provas com a Turma da Mônica vestida de caipira e ansiedade para descobrir quem seria seu par na quadrilha.

publicado

1. Você sabia que junho tinha chegado quando começavam os ensaios para a quadrilha e você comemorava (ou lamentava) porque tinha que sair de algumas aulas para dançar.

2. Como toda classe tinha sua quadrilha, a gente ouvia músicas de São João O DIA INTEIRO, vindas do pátio.

3. Que a esta altura, naturalmente, estava salpicado de bandeirinhas.

4. Para falar a verdade, ouvir os temas de quadrilha tocando o período inteiro enchia um pouquinho.

5. Todas as quadrilhas tinham os tradicionais passos "dama cumprimenta cavalheiro" e "cavalheiro cumprimenta dama".

6. E em TODAS, sem exceção, aparecia uma cobra e a ponte quebrava.

7. (Mas era mentira).

Publicidade

8. Você recebia a missão de levar prendas para a quermesse e ficava preocupado se as suas seriam legais.

9. Às vezes você participava de mais de uma quadrilha -- na escola e na rua, por exemplo.

10. O que fazia com que você simplesmente pudesse dançar de olhos fechados, já que todos os passos eram os mesmos nessa época.

11. Mas sempre com medo de tomar um tombão quando chegava a hora de abrir a roda e ela ficava muito rápida.

12. A definição do seu par envolvia grandes expectativas: seria um/uma coleguinha por quem você nutria uma paixão secreta ou o temido repetente?

13. As capinhas das provas do mês geralmente traziam desenhos de fogueira e do Chico Bento.

14. Ou da Turma da Mônica vestida de caipira.

15. Você passava a atormentar a família inteira para comprar rifas.

16. Ou passava bastante tempo ensaiando como abordar as pessoas, caso fosse uma criança tímida.

17. Tudo isso provavelmente em troca de um título pouco charmoso, como "Mister (ou Miss) Caipirinha".

18. Mesmo assim, você sonhava secretamente em ser eleito o "Mister (ou Miss) Caipirinha".

19. Sonho nem sempre compartilhado pela sua mãe, que muitas vezes arranjava sua roupa caipira costurando um mísero retalhinho nas suas calças.

20. Completando com o lenço (às vezes dela mesma) amarrado ao pescoço.

Publicidade

21. Por outro lado, pode ser que sua mãe caprichasse demais.

22. E aí você destoava de todos os amiguinhos e amiguinhas com o MAIS IMPRESSIONANTE TRAJE DE CAIPIRA JÁ VISTO.

23. No caso das meninas, um vestido mais vaporoso que os da Scarlett O'Hara em "E o Vento Levou".

24. No caso dos meninos, um chapéu garbosíssimo e tanta pintura facial que mal dá para se reconhecer nas fotos.

25. Falando em pintura facial… O CHEIRO DA ROLHA QUEIMADA.

26. E o belisco do lápis de olho da sua mãe, quando ela fazia as pintinhas na sua bochecha.

27. Por cima daquela belíssima bolota de rouge.

28. O que fazia com que você se sentisse totalmente maquiada e arrasando.

29. (Ou meio ressabiado, caso você fosse menino).

30. Para as meninas, era muito triste quando a lojinha do bairro não tinha um chapéu com tranças falsas que fossem minimamente da cor do seu cabelo.

31. E você, castanha, de repente se via ostentando duas belíssimas tranças loiras.

32. E às vezes aquela calçola pinicava.

33. Você saía derrubando tudo pelo caminho porque estava muito mais larga usando aquelas armações de vestido por baixo do saiote.

Publicidade

34. O correio elegante era uma verdadeira emoção.

35. Até porque recortar de antemão os coraçõezinhos dava o maior trabalho.

36. Só não era mais emocionante que a cadeia, da qual você tinha um certo medo DE VERDADE.

37. Mas todas as dificuldades eram recompensadas pelos maravilhosos quitutes à disposição: maçã do amor, pé de moleque, pipoca…

38. E se você tivesse sorte, até quentão sem álcool -- o que fazia você se sentir muito adulto com aquele copinho na mão.

39. Depois de encher a cara (de maçã-do-amor), você ia se distrair na barraca de pescaria.

40. E quem sabe recuperar alguma das prendas doadas por você mesmo.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss