Fotógrafos brasileiros escolhem as fotos mais emocionantes que já fizeram em casamentos

Separe um lencinho. Sério.

publicado

3.

Nelson Alves Jr. / Via nelsonalvesjr.com

Conta o fotógrafo Nelson Alves Jr.: "Sempre pergunto à noiva o que é essencial aparecer na cobertura. A resposta da Juliana foi enfática: meu avô. Ela o deixou próximo do altar, então logo após cumprimentar os padrinhos, ela desceu para abraçá-lo. Ele estava bastante debilitado no casamento e faleceu alguns dias depois".

4.

Nelson Alves Jr. / Via nelsonalvesjr.com

"A mãe do Theo morreu quando ele era criança, então ele entrou na cerimônia e permaneceu durante todo o casamento com a foto dela no bolso. Em determinado momento a imagem escorregou pra dentro do paletó e sumiu de vista, então a Erika parou para ajeitar de volta ao lugar".

7.

Nelson Alves Jr. / Via nelsonalvesjr.com

"O pai do Álvaro sofreu um acidente e perdeu os movimentos das pernas. Seria natural que ele entrasse sozinho, mas o noivo fez questão de empurrar a cadeira dele até o altar. Foi uma das entradas mais incríveis até hoje", diz Nelson.

8.

Nelson Alves Jr. / Via nelsonalvesjr.com

"O apelo da foto está na história, nem tanto no ato. Foi um casamento coletivo gay que aconteceu no prédio da USP no Largo São Francisco. Eram muitos casais, por isso não tenho o nome de todos, mas essas duas moças conversaram comigo antes e disseram que usar o vestido de noiva era um sonho realizado. Que finalmente elas podiam ir ao altar. Por isso esse beijo na aliança é tão tocante", conta Nelson.

12.

Alexandre Borges / Via aleborges.com.br

Na hora de entrar na igreja, o pai da Ana Carolina não resistiu. :'-) "Infelizmente, alguns meses depois do casamento, ele veio a falecer. Essa foto é muito especial para a noiva", conta o fotógrafo Alexandre Borges.

13.

Alexandre Borges / Via aleborges.com.br

Nos bastidores, a avó da noiva confere os detalhes do véu da neta. "Foi um momento super espontâneo. Por sorte eu estava bem ali no momento para registrar", conta Alexandre.

16.

Alexandre Borges / Via aleborges.com.br

E depois aconteceu de novo! "A daminha é sobrinha da noiva e se emocionou muito durante toda a cerimônia. Na hora dos cumprimentos, não aguentou… desabou de chorar", conta Alexandre.

17.

Alexandre Borges / Via aleborges.com

Conta o fotógrafo: "A noiva, Juliana Pessoa, é fotógrafa e super amiga minha. Logo após ela ficar pronta, estávamos indo fazer umas fotos e aproveitei pra perguntar como ela estava se sentindo naquele momento, o que esperava do casamento... E aí ela começou a chorar".