back to top

Uma breve análise da moda sertaneja em 20 capas de discos de Chitãozinho & Xororó

♫ Só quero ouvir você dizer que sim! ♩

publicado

1. Prazer, estes são Chitãozinho (16 anos) e Xororó (13), na ordem.

Reprodução

O primeiro disco, de 1970, tem o hit "Galopeira" -- que, naturalmente, agora não vai mais sair da sua cabeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeça.

Publicidade

5. Uma sutil aparada nos cabelos para a capa do disco seguinte.

Reprodução

"Amante", lançado em 1984, vendeu 1,8 milhão de cópias. É o mais vendido, junto a "Fotografia", de 1985, que atingiu a mesma marca.

8. Nova década, visual novo. Não, pera:

Reprodução

"Cowboy do Asfalto", de 1990, foi o último a vender 1,5 milhão. Deveria vender mais 1,5 milhão apenas por conter "Evidências", clássico máximo de qualquer dor de amor dos anos 90 até agora.

Publicidade

12. Mas foi só o Xororó botar um chapéu na capa anterior que o Chitãozinho também quis.

Reprodução

Irmão mais novo é sempre assim, né. Mas tudo bem, porque "Clássicos Sertanejos", lançado em 1996, vendeu 1,4 milhão de cópias.

Publicidade
Publicidade

Faixa-bônus: este lindo clipe de "Evidências" gravado lá:

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com