back to top

Cesar Cielo processou a marca que leva seu nome e as porteiras da zueira se escancararam

Pela primeira vez em semanas, o grande assunto do Facebook não foram as eleições.

publicado

No final da tarde de terça-feira, o Estadão deu a notícia de que a credenciadora de cartões Cielo foi condenada, em primeira instância, a deixar de usar este nome.

A Justiça entende que a empresa "roubou" o nome do nadador Cesar Cielo, ex-garoto propaganda da marca.

A notícia foi divulgada na página do jornal no Facebook...

Reprodução

E AS PORTEIRAS DA ZUEIRA SE ESCANCARARAM.

1. Começou com a família Cielo reivindicando seu quinhão...

Reprodução

2. Mas é claro que as pessoas com outros sobrenomes também tiveram ideias.

Reprodução

3. Nem precisa necessariamente ser uma empresa:

Reprodução

4. E o processo pode ser baseado apenas em uma coincidência fonética.

Reprodução

5. Tem até quem tenha mais de uma opção.

Reprodução

6. Você pode resolver a pendenga judicial no estrangeiro...

Reprodução

7. ... ou preferir uma empresa local.

Reprodução

8. Também é possível levar o conceito além:

Reprodução

9. A febre do processo ia de vento em popa quando alguém se perguntou:

Reprodução

10. EITA.

Reprodução

11. Calma aí, fera.

Reprodução

12. Ninguém escapa.

Reprodução

13. Nem grandes vultos (já mortos) da matemática.

Reprodução

14. Figuras lendárias tampouco estão a salvo.

Reprodução

15. Claro que, quanto maior for o grupo, mais chances você tem de ficar rico.

Reprodução

16. Você pode dar um jeitinho para enquadrar seu sobrenome.

Reprodução

17. Mas há limites.

Reprodução

18. Ou não.

Reprodução
Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.