back to top

Eu deixei minha cachorra me levar para passear e acabei aprendendo muito

Para e cheira as rosas (cheias de xixi) de vez em quando.

publicado

Olá, somos a Chelsea (humana) e a Hadley (cachorro).

Quase todas as manhãs, eu (Chelsea) defino aonde iremos. Se a Hadley já foi ao banheiro e fica cheirando algumas plantas por um bom tempo, eu tendo a puxá-la depois de alguns minutos. Ah, os humanos. Então, em homenagem ao Dia Nacional dos Animais de Estimação, nós decidimos fazer algo diferente: agora era ela que iria me levar para passear.
instagram.com

Quase todas as manhãs, eu (Chelsea) defino aonde iremos. Se a Hadley já foi ao banheiro e fica cheirando algumas plantas por um bom tempo, eu tendo a puxá-la depois de alguns minutos. Ah, os humanos. Então, em homenagem ao Dia Nacional dos Animais de Estimação, nós decidimos fazer algo diferente: agora era ela que iria me levar para passear.

As Regras

1. Eu sigo apenas na direção que ela puxar.

2. Eu vou tentar ao máximo deixar a coleira frouxa.

3. Obviamente, eu interfiro se ela estiver puxando para o meio da rua ou em direção a um cachorro bravo.

OK. Então, primeiro, nós fomos ao ponto de coleta da UPS porque a mamãe tem uma tarefa a fazer. Mas depois a coisa ficou toda por conta da Hadley. E ela ficou imediatamente… confusa.

Chelsea Marshall

Aqui estão algumas coisas que eu aprendi durante nossa aventura:

1. Ela me ouve muito mais do que eu pensava.

My dog is walking me this AM + I'm learning she follows my cues more than I thought: been standing here for 10 mins

A Hadley é uma Shiba Inu, como você deve ter percebido, e os Shibas são notoriamente teimosos. Honestamente, acho que na maioria das vezes ela não presta atenção no que eu quero. Mas esse exercício acabou me mostrando que ela presta atenção sim! Várias vezes ela parecia estar esperando que eu apontasse a direção para onde deveríamos ir.

2. Eu fiquei tão ORGULHOSA dela.

Quando ela escolheu ir por uma rua que tinha que cruzar uma avenida, ELA PAROU E ESPEROU PARA ATRAVESSAR. Isso provavelmente não é grande coisa para pessoas com cachorros, mas veja os comentários sobre os Shiba que eu fiz acima. Eu fiquei tão orgulhosa, eu quase chorei.
Chelsea Marshall

Quando ela escolheu ir por uma rua que tinha que cruzar uma avenida, ELA PAROU E ESPEROU PARA ATRAVESSAR. Isso provavelmente não é grande coisa para pessoas com cachorros, mas veja os comentários sobre os Shiba que eu fiz acima. Eu fiquei tão orgulhosa, eu quase chorei.

3. Deixar seu cachorro guiar você vai confundir as outras pessoas.

Algumas vezes a Hadley simplesmente parou na frente de turistas perdidos. Teve uma outra esquina em que uma pessoa achou que nós éramos potenciais clientes para passeadores de cachorros (desculpe, moça, mas espero que você consiga o trabalho!). A Hadley é um doce, mas ela não conhece muito bem as "normas sociais" e gosta de cheirar as pernas das pessoas conforme elas passam.
Chelsea Marshall

Algumas vezes a Hadley simplesmente parou na frente de turistas perdidos. Teve uma outra esquina em que uma pessoa achou que nós éramos potenciais clientes para passeadores de cachorros (desculpe, moça, mas espero que você consiga o trabalho!). A Hadley é um doce, mas ela não conhece muito bem as "normas sociais" e gosta de cheirar as pernas das pessoas conforme elas passam.

4. Ele me forçou a andar mais devagar e apreciar as pequenas coisas.

Eu achei que ela estava confusa no começo, mas a quantidade de vezes em que ela parou e olhou ao redor, para as flores e as pessoas, me fez perceber que ela estava só relaxando. Ela estava se curtindo sem pensar demais. Eu deveria fazer isso mais vezes.
Instagram: @theseamar

Eu achei que ela estava confusa no começo, mas a quantidade de vezes em que ela parou e olhou ao redor, para as flores e as pessoas, me fez perceber que ela estava só relaxando. Ela estava se curtindo sem pensar demais. Eu deveria fazer isso mais vezes.

5. Depois de um passeio tão relaxante, eu até fiquei mais calma no trabalho.

Seguir a Hadley me ajudou a desacelerar de manhã e me fez sentir mais centrada quando eu cheguei no trabalho. Talvez esse seja o efeito de deixar que seu cachorro decida onde vocês vão passear, mas também pode ser que eu simplesmente tenha parado para perceber como estão as flores primaveris. Ou talvez tenha sido a soma das duas coisas. Só sei que eu me senti melhor.

6. A Hadley sabe o caminho de casa.

Chelsea Marshall

Pelo menos eu acho. A menos que eu a tenha guiado subconscientemente (eu realmente acho que não, mas quem sabe? Talvez tenha sido alguma magia estranha), ela nos levou para casa! Eu esperava que ele me levasse para a Duane Reade, a loja favorita dela desde que ela viu um urso de pelúcia enorme lá. Mas não, ela simplesmente nos levou para casa quando estava pronta para voltar.

7. Pensamentos da Hadley (eu acho):

"Não faço ideia do que ela está fazendo, mas eu acho que foi tranquilo. Eu pude cheirar mais flores do que o normal para a manhã de um dia de semana."
instagram.com

"Não faço ideia do que ela está fazendo, mas eu acho que foi tranquilo. Eu pude cheirar mais flores do que o normal para a manhã de um dia de semana."

No geral, eu recomendo que você deixe seu cachorro te guiar pelo menos em parte do passeio, se você não tiver muito tempo disponível.

Eu sei que não posso fazer isso todos os dias. E se ela me levar para um lugar a uma hora e meia do meu apartamento?

Mas eu realmente quero tentar incorporar esse hábito a pelo menos metade dos nossos passeios matinais. É legal sentar, relaxar e apreciar as flores, antes ou depois do xixi.

Além disso, às vezes é bom não estar no comando.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.